Exercícios de Revoluções Inglesas do Século XVII

Voltar para exercícios de História

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Revoluções Inglesas do Século XVII dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 12000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. PUC-RJ 2006
    Em 1688-1689, a sociedade inglesa vivenciou o episódio então denominado de Revolução Gloriosa. Entre suas características, destaca-se a promulgação do "Bill of Rights", uma espécie de declaração de direitos que passava a regulamentar os poderes do monarca e do Parlamento. Sobre a importância e os significados do "Bill of Rights", assinale a única afirmativa CORRETA.
  2. 2. IBMEC-RJ 2009
    Na opinião de Alexandre Delevre, a monarquia inglesa apresentava uma característica que a diferenciava das demais monarquias europeias: "Nas outras monarquias da Europa, procura-se ganhar a benevolência do rei; na Inglaterra, o rei procura ganhar a benevolência lda Câmara] dos Comuns". Esta afirmativa é o resultado:
  3. 3. UFRGS 2015
    Durante o século XVII, a Inglaterra experimentou um período de profundas e violentas transformações políticas, desde a eclosão da Guerra Civil Inglesa (1642-1651) até a Revolução Gloriosa (1688). Entre as principais consequências desse processo, podem ser enumeradas
  4. 4. UNESP 2012
    A Revolução Puritana (1640) e a Revolução Gloriosa (1688) transformaram a Inglaterra do século XVII. Sobre o conjunto de suas realizações, pode-se dizer que
  5. 5. ESPM 2005
    "O Ato de Navegação de 1651 originou um conflito contra a supremacia naval holandesa. A guerra entre a Commonwealth e a Holanda nasceu de um determinado número de incidentes provocados pela rivalidade entre as duas comunidades marítimas, não podendo ser atribuida a nenhuma causa isolada". (Fonte: G. M. Trevelyan. 'História Concisa da Inglaterra') O texto faz referência ao Ato de Navegação e a guerra entre Inglaterra e Holanda que ocorreram:
  6. 6. UPF 2012
    A Revolução Inglesa de fins do século XVII pode ser considerada como a primeira revolução burguesa no continente Europeu. Sobre esta revolução é correto afirmar
  7. 7. UFRGS 2008
    Ao longo da Revolução Inglesa, ocorrida no século XVII, emergiu um regime republicano, que durou cerca de uma década, sob o comando de Oliver Cromwell, o "Lord Protector" da Inglaterra. Sobre esse período republicano, é correto afirmar que
  8. 8. MACKENZIE 2014
    A Revolução Gloriosa, na Inglaterra (1688-1689), marcou o início de uma época de grande prosperidade para o país, lançando as bases para o desenvolvimento capitalista, e permitiu que o país fosse o pioneiro na Revolução Industrial do século XVIII. Podemos estabelecer uma relação entre os dois eventos porque
  9. 9. UFV 2010
    Sobre as Revoluções Inglesas do século XVII, é CORRETO afirmar que:
  10. 10. UFPR 2014
    Na figura abaixo vemos a esquerda uma ilustração de Guy Fawkes, inglês católico morto em 1605 após tentar explodir o Parlamento inglês na "Conspiração da Pólvora", e um manifestante inglês usando a máscara de Guy Fawkes em 2011 (inspirada na graphic novel V de Vingança, transformada em filme em 2006) e portando um cartaz no qual se lê: "O povo não deve temer seu governo". Sobre os contextos do século XVII e do século XXI em que a figura de Guy Fawkes aparece, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas: (   ) Guy Fawkes pertenceu a uma legião de opositores católicos à dinastia dos Stuart, que tentou estabelecer um regime absolutista na Inglaterra ao longo do século XVII. (   ) Atualmente, o uso da máscara de Guy Fawkes mantém o ativismo católico do personagem original, ao defender a opção preferencial pelos pobres e uma teologia de libertação através do ciberativismo. (   ) Enquanto Guy Fawkes foi demonizado como traidor à Coroa inglesa desde o século XVII, atualmente as máscaras de Guy Fawkes representam a contestação ao autoritarismo e a injustiça, como no movimento Ocupe Wall Street e em diversos protestos pelo mundo. (   ) Após a Conspiração da Pólvora, outras revoltas ocorreram no século XVII na Inglaterra, culminando na Revolução Puritana (1640) e na Revolução Gloriosa (1688), seja por questões religiosas, seja pelos cercamentos, seja disputa de poder entre a monarquia e o parlamento. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
  11. 11. ESPM 2015
    Thomas Hobbes era admirador do método matemático e da racionalidade, e crítico da democracia. Quando em 1628, observava os conflitos entre o rei e o Par­lamento, traduziu e publicou um ataque ao grego Tucídides à democracia para mos­trar, pelo exemplo de Atenas na Guerra do Peloponeso, os efeitos danosos da demo­cracia. Hobbes se empenhava em tomar o partido de Carlos I no conflito com o Parla­mento. Em 1640, diante da guerra civil, fu­giu para a França. Em 1651 publicou sua obra ‘Leviatã’, em que apresentou sua visão do Estado.   (Flávio de Campos. A escrita da História)     O inglês Thomas Hobbes deve ser relacio­nado, respectivamente, à guerra civil (men­cionada no texto) e à visão de Estado: 
  12. 12. UFRGS 1998
    O "Bill of Rights" (Declaração de Direitos) resultou de um processo histórico que apresentou importantes desdobramentos políticos na Inglaterra do século XVII e que se caracterizou
  13. 13. UNESP 2005
    Gerald Winstanley, líder dos escavadores da Revolução Puritana na Inglaterra (1640-1660), definiu a sua época como aquela em que "o velho mundo está rodopiando como pergaminho no fogo". Embora os escavadores tenham sido vencidos, a Revolução Inglesa do século XVII trouxe mudanças significativas, dentre as quais destacam-se a
  14. 14. UFU 2014
    Após a primeira onda revolucionária, em 1640, o Parlamento parecia haver triunfado sobre o rei, e a pequena nobreza e os grandes comerciantes que tinham apoiado a causa parlamentar durante a guerra civil esperavam reconstruir as instituições da sociedade segundo os seus próprios desejos e impor os seus valores. Anos depois, em 1688, após novos conflitos, vencia um projeto político baseado na soberania parlamentar, na monarquia limitada, política externa imperialista, em suma, um mundo seguro e lucrativo para os homens de negócio. Após os conflitos, em finais do século XVII, saíam vitoriosos os sagrados direitos de propriedade (com a abolição dos títulos feudais sobre a terra e o fim da taxação arbitrária) e a ideologia da ética protestante. HILL, Christopher. O mundo de ponta-cabeça. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, pp.31-32, (adaptado).   Os eventos apontados acima, no texto de Christopher Hill, e que foram de fundamental importância para o desenvolvimento do capitalismo no mundo Ocidental, são chamados de:
  15. 15. UESC 2011
    A democracia ateniense era direta. A moderna, porém, é representativa. O direito à participação tornou-se, portanto, indireto, por meio da escolha de representantes. Esse direito parece ter sofrido diminuição em lugar de ampliação. Essa aparência é falsa e verdadeira.   Falsa porque a democracia moderna foi instituída na luta contra o Antigo Regime e, portanto, em relação a esse último, ampliou a participação dos cidadãos no poder, ainda que sob a forma da representação.   Verdadeira porque a república liberal tinha a tendência de limitar os direitos políticos aos proprietários privados dos meios de produção e aos profissionais liberais da classe média, aos homens adultos “independentes”.   Todavia, as lutas socialistas e populares forçaram a ampliação dos direitos políticos com a criação do sufrágio universal (todos são cidadãos eleitores: homens, mulheres, jovens, negros, analfabetos, trabalhadores, Índios) e a garantia da elegibilidade de qualquer um que, não estando sob a suspeita de crime, se apresente para um cargo eletivo.   As lutas por igualdade e liberdade ampliaram os direitos políticos (civis) e, a partir destes, criaram os direitos sociais — trabalho, moradia, saúde, transporte, educação, lazer, cultura —, os direitos das chamadas “minorias” — mulheres, idosos, negros, homossexuais, crianças, índios — e o direito à segurança planetária — as lutas ecológicas e contra as armas nucleares. (CHAUÍ; OLIVEIRA, 2010, p. 80).     A democracia é uma conquista obtida a partir de um processo que se iniciou na Antiguidade e que, em muitas regiões, é um fato recente ou ainda não concretizado. Sobre a conquista da democracia, pode-se afirmar:
  16. 16. UDESC 2016
    “Podemos ser algo simplistas e dizer que houve duas revoluções na Inglaterra dos meados do século XVII. Uma, a que venceu, estabeleceu os sagrados direitos de propriedade (abolição dos títulos feudais sobre a terra, o fim da taxação arbitrária), conferiu poder político aos proprietários (soberania do Parlamento e da common law, supressão dos tribunais que funcionavam com base na prerrogativa e removeu tudo que impedia o triunfo da ideologia dos homens com propriedades — ou seja, da ética protestante. Houve, porém, outra revolução, que nunca chegou a se concretizar, embora de tempos em tempos ameaçasse acontecer. Ela poderia haver estabelecido um sistema comunal de propriedade e uma democracia muito mais ampla nas instituições legais e políticas; poderia, também, haver retirado da Igreja Anglicana o seu caráter oficial e repudiado a ética protestante. O objeto deste livro está em examinar essa revolta no interior da Revolução e a fascinante torrente de ideias radicais que ela desencadeou.” (Hill, p. 32). Por radicais, o autor entende grupos que elaboraram projetos de mudança drástica no sistema político, social e religioso da Inglaterra.   Assinale a opção correta acerca de dois grupos de atuação na Revolução Inglesa, cujas projetos estão inseridos nessa “outra revolução” protagonizada por movimentos radicais mencionados pelo historiador Christopher Hill.    
  17. 17. UNICENTRO 2009
    A Revolução Gloriosa, ocorrida na Inglaterra em 1688-1689, adquiriu importância fundamental porque
  18. 18. UNICENTRO 2009
    Em 1649, o rei Carlos I foi executado na Inglaterra, durante a Revolução Puritana, dando início ao período denominado Commonwealth. A principal característica desse período é a
  19. 19. UFU 2012
    Entre os eventos que merecem destaque na consolidação do absolutismo inglês, estão o embate entre os York e os Lancaster, na Guerra das Duas Rosas; o controle dos nobres por Henrique VII; e, finalmente, as ações de Henrique VIII, que rompeu com o papa e fundou a Igreja Anglicana, mantida sob sua tutela. Com a morte de Henrique VIII e a ascensão de Elizabeth I, o absolutismo inglês conheceu seu período de maturidade. As ações de Elizabeth I e de seus sucessores, adotando medidas mercantilistas, criando companhias de comércio, dissolvendo o Parlamento, exigindo pensão vitalícia e criando taxas, marcaram acontecimentos que culminaram, décadas mais tarde, numa página da história da sociedade inglesa conhecida como Revolução Gloriosa.   Neste cenário,
  20. 20. UNICENTRO 2004
    Em 1689, [na Inglaterra], o absolutismo foi substituído pela monarquia constitucional em que a realeza ficava submetida ao Parlamento. Para isso, o novo rei jurou a Declaração de Direitos, que assegurava ao Parlamento o direito de aprovar ou rejeitar impostos, garantia a liberdade individual e a propriedade privada. Estabeleceu, também, o princípio da divisão de poderes (legislativo, executivo e judiciário). Mello & Costa, p. 75   A Declaração de Direitos citada no texto
  21. 21. UNIMONTES 2009
    Durante a Revolução Gloriosa, além das reformas econômicas e políticas, surgiu(ram)
  22. 22. UNIMONTES 2010
    Numere a segunda coluna de acordo com a primeira, observando as etapas da Revolução Inglesa do século XVII.   I - A Grande Rebelião II - A Revolução Puritana III - A Guerra Civil    1. ( ) Designa tanto os conflitos religiosos entre a igreja anglicana e a ideologia religiosa protestante quanto uma das bases intelectuais do processo revolucionário.  2. ( ) Designa o período de confronto aberto entre o Parlamento e a Monarquia, em função das questões políticas exacerbadas pelas questões de caráter religioso.  3. ( ) Designa a revolta do Parlamento contra a Monarquia absolutista, após uma prolongada disputa pela posse da soberania.    A associação está CORRETA na alternativa
  23. 23. UNIMONTES 2011
    As Revoluções Inglesas do século XVII foram o meio pelo qual a Inglaterra
  24. 24. UNIOESTE 2010
    Sobre a Revolução Gloriosa na Inglaterra (1688/1689) é correto afirmar que
  25. 25. FCMS-JF 2017
    Leia o texto referente a Revolução Inglesa do século XVII: “Cromwell foi chamado, com certa razão, o Robespierre e o Napoleão da Revolução Inglesa. Como o primeiro, conduziu a revolução à vitória e, como o segundo, esmagou a democracia, preservando o seu caráter original.” Modesto florenzano. Podemos afirmar em relação ao referido processo que:  
  26. 26. UNIMONTES 2013
    Acerca das consequências da Revolução Gloriosa de 1688, na Inglaterra, marque com a letra C (CORRETA) ou com a letra I (INCORRETA) cada uma das afirmativas. (   ) Politicamente essa revolução derrubou o absolutismo, estabelecendo uma monarquia parlamentar que inseriu a burguesia na participação das decisões políticas. (   ) A Revolução Gloriosa de 1688 e considerada um modelo de Revolução burguesa, pois, além de acabar com o feudalismo, retirou completamente a nobreza e a gentrjy do Parlamento. (   ) A Revolução Gloriosa eliminou monopólios e privilégios mercantis, impulsionando o livre comércio e estabelecendo condições para o futuro desencadeamento da Revolução Industrial Inglesa.  A sequência CORRETA é
  27. 27. PUC-CAMPINAS 1993
    Os conflitos político-sociais do século XVII foram o meio pelo qual a Inglaterra
  28. 28. FAMERP 2016
    O período de 1603 a 1714 foi talvez o período mais decisivo na história da Inglaterra. […] Jaime I e seu filho [na primeira metade do século XVII] destituíram juízes que atuavam de forma muito independente, contrariando desejos da realeza; após 1701, os juízes só poderiam ser removidos de suas funções por meio de notificações de ambas as Casas do Parlamento. (Christopher S. Hill. O século das revoluções, 1603-1714, 2012.) O excerto descreve transformações ocorridas na história inglesa no sentido
  29. 29. UFJF 2014
    O processo histórico denominado Revolução Inglesa ou Revolução Gloriosa teve como palco a Inglaterra no período de 1640 a 1688, lançando as bases da Monarquia Parlamentar Inglesa. Sobre a Revolução Inglesa, assinale a alternativa INCORRETA.
  30. 30. UFJF 2012
    Leia abaixo um discurso feito na Câmara dos Comuns, em 1647, sobre os “sectários”, isto é, as seitas protestantes que reivindicavam a liberdade de consciência como fundamento da interpretação das escrituras:     [...] eles em pouco tempo virão também a saber [...] que têm por nascença um direito a se libertarem do poder dos Parlamentos e [...] reis, bem como a tomarem em armas contra ambos quando estes não votarem ou agirem de acordo com os seus humores. Isso que eles chamam, falsamente, de liberdade de consciência pode rápido converter-se em liberdade de terras, em liberdade de casas, em liberdade de esposas. Hill, Christopher. O mundo de ponta cabeça: ideias radicais durante a Revolução Inglesa de 1640. São Paulo: Cia. das Letras, 1987. p. 112.     Leia as afirmações abaixo sobre a Revolução Inglesa e assinale a alternativa CORRETA.     I) Contou com expressiva participação das classes subalternas que constituíram as bases sociais de correntes radicais como levellers e diggers, que propunham a extensão da igualdade política a todos sem distinção de nascimento e também a igualdade econômica.   II) Em sua vertente radical, muito mais do que o liberalismo político nascente, a leitura e interpretação livre das Escrituras fundamentava a ação política, levando ao questionamento da ordem social sem, contudo, atingir a igreja oficial.   III) Na crítica às instituições do absolutismo, combinaram-se as ideias religiosas radicais das seitas puritanas e o liberalismo político nascente, a interpretação livre das Escrituras e o contratualismo eram reivindicados para garantir a extensão da liberdade.
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.