Exercícios de Segundo Governo Vargas

Voltar para exercícios de História

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Segundo Governo Vargas dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. CEFET-MG 2013
    "Senhores Membros do Congresso Nacional: Tenho a honra de submeter à consideração de Vossas Excelências o anexo projeto de lei destinado a criar a sociedade por ações Petróleo Brasileiro SA., para levar a efeito a pesquisa, a extração, o refino, o transporte de petróleo e seus derivados, bem como quaisquer atividades correlatas ou afins (..)". Mensagem do Presidente Getúlio Vargas ao Congresso Nacional, em 08 dez 1951. Apud: ALENCAR, Chico et alli. História da Sociedade Brasileira. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1996. p. 391. Esta mensagem expressa o(a)
  2. 2. UNIFESP 2008
    "... E a elevação do salário mínimo a nível que, nos grandes centros do país, quase atingirá o dos vencimentos máximos de um [militar] graduado, resultará, por certo, se não corrigida de alguma forma, em aberrante subversão de todos os valores profissionais, estancando qualquer possibilidade de recrutamento, para o Exército, de seus quadros inferiores." ("Memorial dos Coronéis", de fevereiro de 1954.) Sobre o documento, é correto afirmar que expressava
  3. 3. CEFET-MG 2014
    Analise a imagem "Cortejo Fúnebre de Getúlio Vargas", na Praia de Copacabana. A repercussão da morte de Vargas, em 24 de agosto de 1954, explica-se politicamente pela
  4. 4. IBMECRJ 2010
    Os versos a seguir são de Francisco Sales Areda, poeta popular nordestino: "E o povo em peso gritava Viva a Deus nas alturas Na terra Getúlio Vargas A mais bela das figuras Surgiu Getúlio Vargas O grande chefe brasileiro Que entre os teus filhos Como um herói foi o primeiro" Fonte: Disponível em: . Podemos definir populismo como sendo uma política que com base no apoio das camadas mais humildes da sociedade busca defender os Interesses e reivindicações populares, sendo Getúlio Vargas o mais importante representante desta prática no Brasil. Sobre o populismo são feitas as seguintes afirmativas: I) o último representante do populismo no Brasil foi Getúlio Vargas, já que depois de sua morte, em 1954, esta prática foi definitivamente abandonada em nosso país; II) uma característica tipicamente populista é a tentativa de desmobilizar politicamente a sociedade, apesar de buscar satisfazer as necessidades mais imediatas da população; III) a propaganda teve um papel fundamental na difusão do populismo, o que explica a criação, por exemplo, da "Hora do Brasil'. Assinale: 
  5. 5. ENEM 2005
    Zuenir Ventura, em seu livro Minhas memórias dos outros (São Paulo: Planeta do Brasil, 2005), referindo-se ao fim da "Era Vargas" e ao suicídio do presidente em 1954, comenta: Quase como castigo do destino, dois anos depois eu iria trabalhar no jornal de Carlos Lacerda, o inimigo mortal de Vargas (e nunca esse adjetivo foi tão próprio). Diante daquele contexto histórico, muitos estudiosos acreditam que, com o suicídio, Getúlio Vargas atingiu não apenas a si mesmo, mas o coração de seus aliados e a mente de seus inimigos. A afirmação que aparece "entre parênteses" no comentário e uma consequência política que atingiu os inimigos de Vargas aparecem, RESPECTIVAMENTE, em:
  6. 6. MACKENZIE 2004
    Durante o governo de Getúlio Vargas (1951-1954), a política econômica era marcadamente nacionalista. A adoção de uma política voltada para os interesses da nação determinou:
  7. 7. UNESP 2015
    Examine a charge do cartunista Théo, publicada na revista Careta em 27.12.1952. O apelido de "pai dos pobres", dado a Getúlio Vargas, pode ser associado
  8. 8. ESPM 2005
    Leia as afirmativas relativas ao governo de Getúlio Vargas, entre 1951 e 1954, e responda: I. Procurando retomar suas antigas linhas nacionalista e intervencionista, Vargas voltou-se em especial para a petroquímica, siderurgia, transporte, energia e técnicas agrícolas. II. Em 1952, foi fundado o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE), diretamente orientado para o propósito de acelerar o processo de diversificação industrial. III. Entre os adversários civis do governo, estava a maioria dos integrantes do PSD (Partido Social, Democrático) onde se destacava Carlos Lacerda, que a partir do seu jornal Ultima Hora iniciou violenta campanha antigetulista.
  9. 9. ESPM 2013
    A criação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE), para recolher fundos para a criação de empresas estatais de energia, transporte, siderurgia; a criação do Instituto Brasileiro do Café (IBC) e a do Ministério da Saúde (que se desliga do Ministério da Educação); a formulação de um Plano Geral de Industrialização; a criação do Serviço de Bem-Estar Social, do Instituto de Migração e Colonização, do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) foram realizações:
  10. 10. FGV 2014
    Em 3 de outubro de 1953, o presidente Getúlio Vargas sancionou a Lei n.° 2.004, que criava a Petrobras. Sobre o processo de criação dessa empresa, é correto afirmar que
  11. 11. UNEB 2014
    Os dados relativos a essa atividade [petrolífera] no Brasil apontam que ainda faltam ser explorados 90% das áreas com chance de descoberta do petróleo e gás natural. Até o fim desta década, a participação desse segmento no PIB nacional deve dobrar e chegar aos 20%. De fato, depois de quase seis décadas do início das atividades de exploração de gás e petróleo no Brasil, apenas 75% dos 7,5 milhões de km² de bacias sedimentares já foram pesquisados e, dessa área, só 4% estão submetidos à exploração. (GÁS E..., 2013. p. 15).   A criação da Petrobras se insere no contexto da relação entre o Estado e economia, cuja discussão se baseava no governo
  12. 12. UNCISAL 2010
    A criação da Petrobras, em outubro de 1953, foi apontada pelo então Presidente da República, Getúlio Vargas, como novo marco da nossa independência econômica. No trecho em destaque, Vargas se referia
  13. 13. UFMG
    Considerando-se o contexto brasileiro da década de 1950, é CORRETO afirmar que:
  14. 14. ACAFE 2014
    A 60 anos atrás, em agosto de 1954, morria Getúlio Vargas. Contestado e amado por muitos, a figura de Vargas ainda desperta o interesse da historiografia brasileira, atestado pelos constantes livros que estudam seus governos.   Acerca do seu governo de 1951 a 1954 é correto afirmar, exceto:
  15. 15. PUC-RS 2012
    Em 1950, Getúlio Vargas foi eleito pelo voto direto e implementou inúmeras medidas características de sua concepção de governo. Dentre tais medidas aprovadas no mandato 1951-1954, destacam-se:
  16. 16. UEG 2005
    O suicídio do presidente Getúlio Vargas, em agosto de 1954, foi lembrado pela grande imprensa na passagem dos 50 anos do episódio. Embora não se deva pensar na história como mestra da vida, é possível refletir sobre os impasses que levaram ao trágico desfecho. Acerca desse processo, julgue os itens:   I. O impasse entre a UDN (União Democrática Nacional) e o presidente vinculava-se ao empenho daquela agremiação em envolver Getúlio Vargas na tentativa de assassinato do jornalista Carlos Lacerda, desmoralizando não apenas o homem, mas sua trajetória e seu projeto político. II. O impasse político nos anos 50 relacionava-se ao desejo das correntes liberais de combater o autoritarismo do presidente Vargas, que se manifestava na ameaça iminente de fechamento do poder legislativo. III. O nacionalismo e o trabalhismo tornaram-se bandeiras políticas fortemente associadas a Getúlio, o que lhe conferia enorme prestígio nos embates eleitorais, razão pela qual distintas correntes políticas voltaram-se contra o presidente. IV. O suicídio foi um gesto de desespero do velho presidente que, derrotado nas disputas políticas, abandona a vida, permitindo a imediata conquista do poder político pela oposição nas eleições de 1955.   Marque a alternativa CORRETA:
  17. 17. UEMG 2015
    Logo após o golpe de 1930 Getúlio Vargas assume o poder e, em dois períodos, exerce a presidência da República Federativa do Brasil (1930 – 45 e 1951 – 54). No segundo período de seu mandato, Vargas enfrentou vários problemas, como uma crise política, a oposição da imprensa, a insatisfação dos militares e a maior de todas para um governo populista: a queixa constante dos trabalhadores. Diante de um cenário conflituoso e pressões por todos os lados, Vargas suicida-se em 24 de agosto de 1954.   Leia, abaixo, parte de sua carta testamento:   “Escolho este meio de estar sempre convosco. Quando vos humilharem, sentireis minha alma sofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vosso peito a energia para a luta por vós e vossos filhos. Quando vos vilipendiarem, sentireis no meu pensamento a força para a reação. Meu sacrifício vos manterá unidos e meu nome será a vossa bandeira de luta.” www2.uol.com.br/historiaviva/artigos/as_duas_cartas_de_getulio_vargas.html. Acesso em: 4/5/2015     O contexto político que envolvia os fatores que podem ter motivado o suicídio de Vargas estavam ligados à (ao)
  18. 18. PUC-CAMPINAS 2017
    Ao longo da década de 1950, período marcado pelo que se chamou de “desenvolvimentismo”, manifestou-se uma nova geração de escritores, bastante viva, apostando em profundo mergulho num Brasil histórico e mítico, como no caso singular de Guimarães Rosa, ou em tendências de vanguarda, como a dos poetas do “Concretismo”, que concebiam a linguagem como objeto visual, disposta na página em relação funcional com o espaço branco ou colorido, e aproveitando ainda, por vezes, o chamamento de recursos gráficos usuais nas mensagens de propaganda. (MOREIRA, Tibúrcio. Inédito) Na década de 1950, o discurso nacionalista ganhou espaço especial a partir do governo de Getúlio Vargas. Nesse período, o nacional-desenvolvimentismo
  19. 19. UNISC 2014
    Leia as frases abaixo sobre a história do século XIX. I - A década de 1850 é vista por grande parte da historiografia como um marco decisivo no processo de consolidação do Estado Imperial Brasileiro. II - Em meados do século XIX a Inglaterra estava em amplo desenvolvimento industrial, com necessidade de matéria-prima e mercado consumidor, por isso não se envolveu na questão escravista brasileira. III - Ao longo do século XIX intensificava no Brasil a luta abolicionista e, em meados do referido século, foi proibido o tráfico de escravos para o Brasil através da Lei Eusébio de Queirós. Assinale a alternativa correta.
  20. 20. PUC-RJ 2003
    "O petróleo é nosso" foi o lema da campanha que empolgou grupos políticos, associações profissionais e organizações diversas no Brasil, entre 1947 e 1953. Sobre esse tema, o episódio e suas motivações, são corretas as afirmativas, À EXCEÇÃO DE UMA. Assinale a opção que apresenta essa exceção.
  21. 21. PUC-RS 2012
    Considere as possíveis características do Governo Provisório e Constitucional (1930-1937). I. Centralização do poder e crescimento do setor industrial. II. Elaboração da Constituição de 1934 (na qual são incorporados o voto feminino e os direitos trabalhistas). III. Identificação com o socialismo e com a coletivização da produção agrícola. IV. Fortalecimento do federalismo, cabendo às polícias militares estaduais conter os extremismos dos grupos de direita. Estão corretas apenas as afirmativas
  22. 22. UFMG
    O segundo Governo Vargas (1951-1954) caracterizou-se por forte orientação nacionalista. Entre as iniciativas que marcaram esse período, destaca-se a criação da Petróleo Brasileiro S.A., a Petrobras, mediante a Lei n. 2.004, aprovada pelo Congresso em 3 de outubro de 1953.    É CORRETO afirmar que essa Lei:
  23. 23. PUC-RJ 2010
    “(...) Preciso de vós, trabalhadores do Brasil, meus amigos, meus companheiros de uma longa jornada (...). Preciso de vossa união; preciso que vos organizeis solidamente em sindicatos, preciso que formeis um bloco forte e coeso ao lado do governo (...). Preciso de vossa união para lutar contra os sabotadores, para que eu não fique prisioneiro dos interesses dos especuladores e dos gananciosos, em prejuízo dos interesses do povo.”   Getúlio Vargas, no Estádio Vasco da Gama, 01/05/1951.   Considere o segundo governo de Getúlio Vargas (1951-1954), o trecho acima e EXAMINE as afirmativas:   I – Vargas se dirige aos “trabalhadores do Brasil”, urbanos e rurais, beneficiários da legislação trabalhista implantada durante o seu primeiro governo. II – O tom de apelo para que os trabalhadores se unissem “ao lado do governo” evidencia a busca pelo apoio popular frente à oposição de setores militares e do empresariado brasileiro ligado ao capital internacional. III – Sobre a união dos trabalhadores para “lutar contra os sabotadores”, Vargas está fazendo alusão aos comunistas, que pretendiam assumir o poder no Brasil naquela época. IV – Ainda que se apresente como garantidor dos “interesses do povo”, defendendo a ampliação da legislação trabalhista, Vargas enfrenta reivindicações dos trabalhadores, então atingidos pela alta do custo de vida.   Assinale a alternativa correta:
  24. 24. ENEM 2008
    O ano de 1954 foi decisivo para Carlos Lacerda. Os que conviveram com ele em 1954, 1955, 1957 (um dos seus momentos intelectuais mais altos, quando o governo Juscelino tentou cassar o seu mandato de deputado), 1961 e 1964 tinham consciência de que Carlos Lacerda, em uma batalha política ou jornalística, era um trator em ação, era um vendaval desencadeado não se sabe como, mas que era impossível parar, fosse pelo método que fosse. Hélio Fernandes. Carlos Lacerda, a morte antes da missão cumprida. In: Tribuna da Imprensa, 22/5/2007 (com adaptações) Com base nas informações do texto acima e em aspectos relevantes da história brasileira entre 1954, quando ocorreu o suicídio de Vargas (em grande medida, devido à pressão política exercida pelo próprio Lacerda), e 1964, quando um golpe de Estado interrompe a trajetória democrática do país, conclui-se que:  
  25. 25. PUC-CAMPINAS 2015
    Reveste-se de excepcional importância a inauguração, segunda-feira próxima, do aparelhamento de televisão das Emissoras Associadas, de São Paulo [...]. Santos, Campinas, Jundiaí e demais cidades localizadas num raio de oitenta quilômetros também foram beneficiadas, e, assim, milhões de pessoas poderão ser servidas pela TV “Associada”, a primeira a entrar em funcionamento em toda a América do Sul. [...] Ligando intimamente a televisão “Associada” à poesia, será madrinha do moderno equipamento a poetisa Rosalina Coelho Lisboa Larragoiti, devendo, também, ser cantada, na ocasião, pela primeira vez a Canção da TV escrita especialmente pelo poeta Guilherme de Almeida e pelo maestro Marcelo Tupinambá. Será entregue oficialmente ao público paulista a estação televisora das "Emissoras Associadas". Diário de São Paulo, 16 de setembro de 1950. Apud CALDEIRA, Jorge (org) Brasil. A história contada por quem viu. São Paulo: Mameluco, 2008, p. 525. O início, no Brasil, da transmissão televisiva no começo da década de 1950, pode ser considerado parte de um processo de modernização que foi
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login