Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

IFSP 2016

Considere o texto a seguir. 

“A essência de medir a passagem do tempo é comparar durações: o tempo de uma gestação, o tempo de uma colheita, o tempo de uma vida. Dentre os instrumentos de medidas mais conhecidos da antiguidade encontram-se o gnômon, ou relógio de Sol, para medir as frações do dia e a clepsidra, um relógio de fluxo de água usado principalmente para medir as frações da noite. A evolução dos medidores prosseguiu com a invenção, na idade média, da ampulheta, um relógio de fluxo de areia fina pelo orifício que separa duas câmaras de um recipiente de vidro”. 

(Fonte: RODRIGUES, Flavio Napole. A Física na Medição do Tempo. Rio de Janeiro: UFRJ, 2012, p 01 e 02. Disponível em:). 

 

Identifique as afirmações com (V) para verdadeiro ou (F) para falso, sendo a sequência de cima para baixo, e marque a alternativa correta. 

(     ) O autor sugere que existe uma limitação no tempo histórico.
(     ) A cronologia apontada pelo autor não é suficiente para medir o tempo e não soluciona totalmente a problemática do calendário histórico em questão.
(     ) O homem optou por medir o tempo e criou inúmeros instrumentos ao longo da História para esse fim.
(     ) O autor demonstra que o homem passou a medir o tempo não somente com instrumentos, mas também se apoiou nos efeitos da natureza. 
(     ) Segundo o autor, a medição do tempo foi revolucionária ao longo da Idade Média após a invenção da ampulheta e do relógio de pulso. 
(     ) O calendário explicitado pelo autor soluciona toda a problemática humana no que se refere à medição do tempo histórico.

Escolha uma das alternativas.