Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Gramática

Listagem de exercícios

MACKENZIE 2014

Distantes geograficamente, é natural que o português do Brasil e o de Portugal presentassem, desde o Período Colonial, traços linguísticos que os particularizassem e diferenciassem. Não é simples, porém, determinar em que momento isso passou a ocorrer mais fortemente.


Os primeiros colonos que para cá vieram (século XVI, principalmente) passaram quase sempre por um processo de “indianização”, dada a precariedade da estrutura colonial do período. A partir, contudo, do final do século XVI ou início do século XVII, nas áreas centrais da Colônia (Bahia e Pernambuco), houvenúcleos de colonização que não se indianizaram, ao menos não  intensamente.


Esses novos colonos sentiam-se como “exilados”, e não como brasileiros. Procuravam manter a cultura europeia, evitando as influências tropicais. Linguisticamente, essa postura parece ter desenvolvido uma norma conservadora, que manteria o falar brasileiro relativamente infensoàs inovações que se processaram em Portugal.
Adaptado de Paulo Bearzoti Filho, em Formação linguística do Brasil.

 

 

Considere as seguintes afirmações:

 

I. indianização refere-se ao processo de escravização e morte de indígenas no período colonial brasileiro.

 

II. O verbo “haver” também pode ser flexionado no plural no trecho em que está empregado.

 

III. infenso pode ser corretamente substituído por “contrário”, sem prejuízo do sentido original do texto.

 

 

Assinale a alternativa correta.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login