Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

PUC-GO 2015

I
Corre em mim
(devastado)
um rio de revolta

e
cicio.
Por nada deste mundo
há de saber-se afogado,
senão por sua sede
e seu desvio!

 

II
Tudo que edifico
na origem milenar da espera
é poder
do que não pode
e se revela
 

ad mensuram.
(VIEIRA, Delermando. Os tambores da tempestade. Goiânia: Poligráfica, 2010. p. 23-24.)

 

 

Da leitura do texto, os trechos “rio de revolta” e “há de saber-se afogado, senão por sua sede e seu desvio!”, nos remete a uma fonte e a um recurso natural indispensável – rio e água. Nos últimos doze meses, a maior metrópole brasileira vem passando por sérios problemas advindos do esgotamento de seus reservató- rios, culminando com a instalação de uma crise hídrica. Acerca dos motivos dessa situação e suas consequências, analise a assertivas a seguir:

 

I-O baixo nível dos reservatórios tem relação com os condicionantes do clima regional, associados à falta de planejamento, especialmente de médio a longo prazo.

 

II-Embora os reservatórios estivessem com o nível baixo, na iminência da falta de água, tão logo as precipitações ocorreram, seu nível voltou a um patamar satisfatório.

 

III-Uma possível solução para a crise hídrica na região metropolitana de São Paulo seria o desvio de parte do volume do rio Paraná para o rio Tietê.

 

IV-A falta de água na cidade de São Paulo se deve tanto a variabilidades no regime pluviométrico, quanto ao quantitativo populacional associado ao consumo per capita.

 

 

Dos itens apresentados, marque a alternativa em que todos estão corretos:

Escolha uma das alternativas.