Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

PUC-RS 2009

TEXTO 1

 

1. Geoficção é um passatempo ou hobby que com-
2. siste na criação de lugares imaginários, como paí-
3. ses, cidades, bairros, ruas, prédios ou até mesmo
4. planetas e galáxias. Adeptos da geoficção comumente
5. imaginam  o  lugar  que  criam  num  alto  nível  de
6. detalhamento, com cada minúcia e particularidade que
7. desejam. Em geral, escrevem descrições que com-
8. têm nomes, características geográficas, culturais, so-
9. ciais, políticas, econômicas, históricas.


10. Deve-se diferenciar lugares históricos de lugares
11. fictícios, pois enquanto os primeiros podem ser sim-
12. plesmente imaginados para quaisquer fins, estes úl-
13. timos são criados necessariamente para obras de fic-
14. ção ou arte, como livros, filmes, poesias, quadrinhos,
15. etc. A criação de países e universos como suporte,
16. contexto e cenário para uma obra de ficção (como a
17. galáxia de Star Wars, por George Lucas, ou a Terra
18. Média, por J. R. R. Tolkien) costuma ser considerada
19. um ramo derivado da geoficção, já que esta abarca
20. também a invenção de lugares por puro deleite pes-
21. soal, sem aplicação determinada.

 

TEXTO 2

 

1. Quando  eu  estava  no  Curso  Colegial,  meu
2. professor de inglês fez uma pequena marca de giz
3. no quadro-negro, e perguntou à turma o que era aqui-
4. lo. Passados alguns segundos, alguém disse: ‘É uma
5. marca de giz no quadro-negro!’


6. O resto da classe suspirou de alívio, porque o
7. óbvio havia sido dito, e ninguém tinha mais nada a
8. dizer. ‘Vocês me surpreendem’, falou o professor. ‘Fiz
9. o mesmo exercício ontem, com uma turma do Jar-
10. dim de Infância, e eles pensaram em umas cinqüen-
11. ta coisas diferentes: o olho de uma coruja, um inseto
12. esmagado, e assim por diante. Eles estavam com a
13. imaginação a todo vapor’.


14. Nos dez anos que vão do Jardim ao Colegial, ha-
15. víamos aprendido a encontrar a resposta certa, mas
16. havíamos perdido a capacidade de procurar outras
17. respostas certas, e também perdido muito em capa-
18. cidade imaginativa.

 

INSTRUÇÃO: Para responder à questão, considere o que está sendo solicitado e as afirmativas, preenchendo os parênteses com V (verdadeiro) e F (falso).

Em  relação  a  certas  expressões  dos  textos  1  e  2, afirma-se:


(   ) A palavra “Geoficção” (texto 1, linha 01) resulta da aglutinação de três elementos significativos: “geo”, “fixo” e “ação”.
(   ) “lugares imaginários” (texto 1, linha 02) é qualificado por cinco palavras dispostas por gradação, do mais específico para o mais geral.
(   ) no texto 1, “lugares históricos” (linha 10) está para “quaisquer  fins”  (linha  12)  assim  como  “lugares fictícios”  (linhas  10  e  11)  está  para  “obras de ficção ou arte” (linhas 13 e 14).
(   ) “alguém”  (texto  2,  linha  04)  corresponde,  pela lógica, a “um dos alunos”.
(   ) “mesmo”  (texto  1,  linha  03)  e  “mesmo”  (texto 2, linha 09) têm valores semânticos distintos.


O preenchimento correto dos parênteses, de cima para baixo, é

Escolha uma das alternativas.