Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Evolução dos Modelos Atômicos

Voltar para exercícios de Química

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Evolução dos Modelos Atômicos dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Química com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. Stoodi
    John Dalton (1766 -1844) elaborou uma teoria sobre a composição da matéria chegando a concepção do primeiro modelo atômico conhecido como "bola de bilhar". Segundo este modelo os átomos eram caracterizados como:
  2. 2. UERN 2012
    “O processo de emissão de luz dos vagalumes é denominado bioluminescência, que nada mais é do que uma emissão de luz visível por organismos vivos. Assim como na luminescência, a bioluminescência é resultado de um processo de excitação eletrônica, cuja fonte de excitação provém de uma reação química que ocorre no organismo vivo”. A partir da informação do texto, pode-se concluir que o modelo atômico que representa a luz visível dos vagalumes é o:
  3. 3. FTT 2016
    Na figura apresenta-se um esquema de um experimento realizado no século XX. Esse experimento empregava um material emissor de partículas alfa (α), que são partículas carregadas eletricamente e são constituídas por dois prótons e dois nêutrons. Ao se chocarem com a folha fina de ouro, parte das partículas alfa eram espalhadas e não atravessavam a lâmina metálica. A maioria das partículas alfa atravessava a folha de ouro sem sofrer espalhamento. As partículas alfa eram detectadas por um anteparo feito por uma tela de um material que se manchava ao receber o choque dessas partículas. Os resultados desse experimento foram de grande importância, pois permitiram a ________________ a proposta ________________ . As lacunas devem ser preenchidas, correta e respectivamente, por
  4. 4. UPE
    Um laboratório brasileiro desenvolveu uma técnica destinada à identificação da origem de “balas perdidas”, comuns nos confrontos entre policiais e bandidos. Trata-se de uma munição especial, fabricada com a adição de corantes fluorescentes, visíveis apenas sob luz ultravioleta. Ao se disparar a arma carregada com essa munição, são liberados os pigmentos no atirador, no alvo e em tudo o que atravessar, permitindo rastrear a trajetória do tiro. MOUTINHO, Sofia. À caça de evidências. Ciência Hoje, maio, 24-31, 2011. Adaptado. Qual dos modelos atômicos a seguir oferece melhores fundamentos para a escolha de um equipamento a ser utilizado na busca por evidências dos vestígios desse tipo de bala? 
  5. 5. UFG 2013
    Em um determinado momento histórico, o modelo atômico vigente e que explicava parte da constituição da matéria considerava que o átomo era composto de um núcleo com carga positiva. Ao redor deste, haviam partículas negativas uniformemente distribuídas. A experiência investigativa que levou à proposição desse modelo foi aquela na qual:
  6. 6. FUVEST 1998
    Thomson determinou, pela primeira vez, a relação entre a massa e a carga do elétron, o que pode ser considerado como a descoberta do elétron. É reconhecida como uma contribuição de Thomson ao modelo atômico:
  7. 7. UERJ 2015
    Com base no número de partículas subatômicas que compõem um átomo, as seguintes grandezas podem ser definidas: O oxigênio é encontrado na natureza sob a forma de três átomos: 16O, 17O e 18O. No estado fundamental, esses átomos possuem entre si quantidades iguais de duas das grandezas apresentadas. Os símbolos dessas duas grandezas são:
  8. 8. Stoodi
    A região em que ocorre uma maior probabilidade de um elétron ser encontrado em um átomo é chamada de:
  9. 9. FMJU 2014
    Platina rende oito vezes mais em células a combustível As células de combustível produzem eletricidade submetendo o hidrogênio e o oxigênio a uma reação catalítica, na qual ocatalisador é a platina. O melhor efeito é conseguido fazendo os gases fluírem através de uma película de platina, mas isso requer quantidades enormes do metal. Por isso, as células a combustível modernas são feitas com nanopartículas de platina. O que os pesquisadores demonstraram agora é que essas nanopartículas podem ser usadas de forma muito mais eficientese forem dispostas de forma precisa, controlando-se a distância entre cada nanopartícula individual. As células a combustível comercializadas hoje produzem cerca de 1 ampere para cada miligrama de platina. Os pesquisadores conseguiram produzir 8 amperes com o mesmo miligrama do metal.   (www.inovacaotecnologica.com.br) O número de elétrons presente em cada um dos átomos que constituem o metal platina é
  10. 10. Espcex (Aman) 2011
    Considere as seguintes afirmações, referentes a evolução dos modelos atômicos: I. No modelo de Dalton, o átomo é dividido em prótons e elétrons. II. No modelo de Rutherford, os átomos são constituídos por um núcleo muito pequeno e denso e carregado positivamente. Ao redor do núcleo estão distribuídos os elétrons, como planetas em torno do Sol. III. O fisico inglês Thomson afirma, em seu modelo atômico, que um elétron, ao passar de uma órbita para outra, absorve ou emite um quantum (fóton) de energia. Das afirmações feitas, está(ão) correta(s)
  11. 11. ENEM 2017
    Um fato corriqueiro ao se cozinhar arroz é o derramamento de parte da água de cozimento sobre a chama azul do fogo, mudando-a para uma chama amarela. Essa mudança de cor pode suscitar interpretações diversas, relacionadas às substâncias presentes na água de cozimento. Além do sal de cozinha (NaCl), nela se encontram carboidratos, proteínas e sais minerais. Cientificamente, sabe-se que essa mudança de cor da chama ocorre pela
  12. 12. Stoodi
    De acordo com o modelo atômico de Thomson ou também conhecido como modelo "pudim de passas" o átomo pode ser caracaterizado como:
  13. 13. Stoodi
    Baseado na Lei da Conservação da Massa, Dalton constrói sua teoria atômica definindo o átomo como sendo esferas maciças e indivísiveis, segundo a qual, átomos de tamanhos diferentes formavam elementos químicos diferentes. Além disso, Dalton caracterizou as reações químicas como sendo:
  14. 14. UFMG
    Ao resumir as características de cada um dos sucessivos modelos do átomo de hidrogênio, um estudante elaborou o seguinte resumo: Modelo atômico: Dalton Características: átomos maciços e indivisíveis. Modelo atômico: Thomson Características: elétron, de carga negativa, incrustado em uma esfera de carga positiva. A carga positiva está distribuída, homogeneamente, por toda a esfera. Modelo atômico: Rutherford Características: elétron, de carga negativa, em órbita em torno de um núcleo central, de carga positiva. O número de erros cometidos pelo estudante é:
  15. 15. UNESP 2016
    A luz branca é composta por ondas eletromagnéticas de todas as frequências do espectro visível. O espectro de radiação emitido por um elemento, quando submetido a um arco elétrico ou a altas temperaturas, é descontínuo e apresenta uma de suas linhas com maior intensidade, o que fornece “uma impressão digital” desse elemento. Quando essas linhas estão situadas na região da radiação visível, é possível identificar diferentes elementos químicos por meio dos chamados testes de chama. A tabela apresenta as cores características emitidas por alguns elementos no teste de chama: Em 1913, Niels Bohr (1885-1962) propôs um modelo que fornecia uma explicação para a origem dos espectros atômicos. Nesse modelo, Bohr introduziu uma série de postulados, dentre os quais, a energia do elétron só pode assumir certos valores discretos, ocupando níveis de energia permitidos ao redor do núcleo atômico. Considerando o modelo de Bohr, os diferentes espectros atômicos podem ser explicados em função
  16. 16. ENEM 2009
    Os núcleos dos átomos são constituídos de prótons e nêutrons, sendo ambos os principais responsáveis pela sua massa. Nota-se que, na maioria dos núcleos, essas partículas não estão presentes na mesma proporção. O gráfico mostra a quantidade de nêutrons (N) em função da quantidade de prótons (Z) para os núcleos estáveis conhecidos. O antimônio é um elemento químico que possui 50 prótons e possui vários isótopos — átomos que só se diferem pelo número de nêutrons. De acordo com o gráfico, os isótopos estáveis do antimônio possuem
  17. 17. UNESP 2015
    No ano de 2014, o Estado de São Paulo vive uma das maiores crises hídricas de sua história. A fim de elevar o nível de água de seus reservatórios, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) contratou a empresa ModClima para promover a indução de chuvas artificiais. A técnica de indução adotada, chamada de bombardeamento de nuvens ou semeadura ou, ainda, nucleação artificial, consiste no lançamento em nuvens de substâncias aglutinadoras que ajudam a formar gotas de água. (http://exame.abril.com.br. Adaptado.) Uma das substâncias aglutinadoras que pode ser utilizada para a nucleação artificial de nuvens é o sal iodeto de prata, de fórmula AgI. Utilizando os dados fornecidos na Classificação Periódica dos Elementos, é correto afirmar que o cátion e o ânion do iodeto de prata possuem, respectivamente,
  18. 18. PUC-SP 2016
    O espectro de emissão do hidrogênio apresenta uma série de linhas na região do ultravioleta, do visível e no infravermelho próximo, como ilustra a figura a seguir. Niels Bohr, físico dinamarquês, sugeriu que o espectro de emissão do hidrogênio está relacionado às transições do elétron em determinadas camadas. Bohr calculou a energia das camadas da eletrosfera do átomo de hidrogênio, representadas no diagrama de energia a seguir.Além disso, associou as transições eletrônicas entre a camada dois e as camadas de maior energia às quatro linhas observadas na região do visível do espectro do hidrogênio. Um aluno encontrou um resumo sobre o modelo atômico elaborado por Bohr e o espectro de emissão atômico do hidrogênio contendo algumas afirmações. I. A emissão de um fóton de luz decorre da transição de um elétron de uma camada de maior energia para uma camada de menor energia. II. As transições das camadas 2, 3, 4, 5 e 6 para a camada 1 correspondem às transições de maior energia e se encontram na região do infravermelho do espectro. III. Se a transição 3 → 2 corresponde a uma emissão de cor vermelha, a transição 4 → 2 está associada a uma emissão violeta e a 5 → 2 está associada a uma emissão verde. Pode-se afirmar que está(ão) correta(s)
  19. 19. Stoodi
    Segundo o modelo bola de bilhar concebido pelo cientista britânico John Dalton no século XIX, os átomos eram caracterizados como sendo esferas maciças e indivisíveis. Segundo este modelo e com base em seus conhecimentos, marque a alternativa correta.
  20. 20. ENEM 2010
    As baterias de Ni-Cd muito utilizadas no nosso cotidiano não devem ser descartadas em lixos comuns uma vez que uma considerável quantidade de cádmio é volatilizada e emitida para o meio ambiente quando as baterias gastas são incineradas como componente do lixo. Com o objetivo de evitar a emissão de cádmio para a atmosfera durante a combustão é indicado que seja feita a reciclagem dos materiais dessas baterias. Uma maneira de separar o cádmio dos demais compostos presentes na bateria é realizar o processo de lixiviação ácida. Nela, tanto os metais (Cd, Ni e eventualmente Co) como os hidróxidos de íons metálicos Cd(OH)2 (s), Ni(OH)2 (s), Co(OH)2 (s) presentes na bateria, reagem com uma mistura ácida e são solubilizados. Em função da baixa seletividade (todos os íons metálicos são solubilizados), após a digestão ácida, é realizada uma etapa de extração dos metais com solventes orgânicos de acordo com a reação: M2+ (aq) + 2 HR (org)    MR2 (org) + 2 H+(aq) Onde: M2+ = Cd2+, Ni2+ ou Co2+ HR = C16H34 –PO2H: identificado no gráfico por X HR = C12H12 –PO2H: identificado no gráfico por Y O gráfico mostra resultado da extração utilizando os solventes orgânicos X e Y em diferentes pH. A reação descrita no texto mostra o processo de extração dos metais por meio da reação com moléculas orgânicas, X e Y. Considerando-se as estruturas de X e Y e o processo de separação descrito, pode-se afirmar que
  21. 21. Stoodi
    Através de experimentos com tubos de raios catódicos, Thomson propõe que o átomo é formado por cargas elétricas positivas e negativas e deste modo é divisível ao contrário daquilo que havia sido proposto anteriormente por Dalton. De acordo com as informações e em seus conhecimentos sobre modelos atômicos, identifique a alternativa incorreta.
  22. 22. UNESP 2015
    A energia liberada pelo Sol é fundamental para a manutenção da vida no planeta Terra. Grande parte da energia produzida pelo Sol decorre do processo de fusão nuclear em que são formados átomos de hélio a partir de isótopos de hidrogênio, conforme representado no esquema: A partir das etapas consecutivas de fusão nuclear representadas no esquema, é correto afirmar que ocorre
  23. 23. UNICAMP 2016
    A comparação entre as proporções isotópicas de amostras de um mesmo material, que têm a mesma idade, encontradas em diferentes regiões, pode ser utilizada para revelar se elas têm ou não a mesma origem. Se as proporções são iguais, então é possível que tenham a mesma origem, mas se forem diferentes, é certeza que não têm a mesma origem. A tabela a seguir apresenta os dados de algumas amostras de água, incluindo a de um cometa no qual uma sonda pousou recentemente. Com base nesses dados, pode-se afirmar corretamente que a água de nosso planeta
  24. 24. UNESP 2014
    Em 2013 comemora-se o centenário do modelo atômico proposto pelo físico dinamarquês Niels Bohr para o átomo de hidrogênio, o qual incorporou o conceito de quantização da energia, possibilitando a explicação de algumas propriedades observadas experimentalmente. Embora o modelo atômico atual seja diferente, em muitos aspectos, daquele proposto por Bohr, a incorporação do conceito de quantização foi fundamental para o seu desenvolvimento. Com respeito ao modelo atômico para o átomo de hidrogênio proposto por Bohr em 1913, é correto afirmar que
  25. 25. FATEC 2014
    O radônio, símbolo Rn, pertencente à família dos gases nobres, encontrado no grupo 18 ou 8A da tabela periódica dos elementos, é usado na radioterapia e na composição de cápsulas para aplicação em pacientes com câncer. Certo isótopo desse elemento possui 86 prótons, 86 elétrons e número de massa 222, logo o número de nêutrons desse isótopo é
  26. 26. ANHEMBI MORUMBI 2014
    O oxigênio foi descoberto por Priestley em 1722. A partir de 1775, Lavoisier estabeleceu suas propriedades, mostrou que existia no ar e na água, e indicou seu papel fundamental nas combustões e na respiração. Na natureza, o elemento químico oxigênio ocorre como uma mistura de 16O, 17O e 18O. Na baixa atmosfera e à temperatura ambiente, o oxigênio está presente principalmente na forma de moléculas diatômicas (O2) que constituem um gás incolor, inodoro e insípido, essencial para os organismos vivos. São inúmeras as aplicações do oxigênio. Na medicina, o seu uso mais comum é na produção de ar enriquecido de O2. (http://tabela.oxigenio.com. Adaptado.) Sobre a ocorrência natural do elemento químico oxigênio, é correto afirmar que 16O, 17O e 18O possuem, respectivamente,
  27. 27. FAMERP 2018
    O íon  e o átomo    apresentam o mesmo número
  28. 28. UFPR 2017
    As propriedades das substâncias químicas podem ser previstas a partir das configurações eletrônicas dos seus elementos. De posse do número atômico, pode-se fazer a distribuição eletrônica e localizar a posição de um elemento na tabela periódica, ou mesmo prever as configurações dos seus íons. Sendo o cálcio pertencente ao grupo dos alcalinos terrosos e possuindo número atômico Z = 20, a configuração eletrônica do seu cátion bivalente é:  
  29. 29. PUCCAMP 2018
    A fusão nuclear é um processo em que dois núcleos se combinam para formar um único núcleo, mais pesado. Um exemplo importante de reações de fusão é o processo de produção de energia no sol, e das bombas termonucleares (bomba de hidrogênio). Podemos dizer que a fusão nuclear é a base de nossas vidas, uma vez que a energia solar, produzida por esse processo, é indispensável para a manutenção da vida na Terra. (Adaptado de: http://portal.if.usp.br) Representam isótopos, na reação de fusão nuclear apresentada, APENAS:
  30. 30. ETEC 2015
    Nas células, o transporte ativo caracteriza-se por ser o movimento de substâncias e íons de locais onde estão menos concentrados para os locais onde se encontram mais concentrados. A bomba de sódio e potássio é um exemplo de transporte ativo. A concentração do sódio é maior no meio extracelular enquanto a de potássio é maior no meio intracelular. A manutenção dessas concentrações é realizada pelas proteínas transportadoras que capturam íons sódio, Na+, no citoplasma (sequência I) e os bombeiam para fora da célula. No meio extracelular, capturam os íons potássio, K+, (sequência II) e os bombeiam para o meio interno (sequência III). Se não houvesse um transporte ativo eficiente, a concentração desses íons iria se igualar. A manutenção de alta concentração de potássio dentro da célula é importante para a síntese de proteína e a respiração, e o bombeamento de sódio para o meio extracelular permite a manutenção do equilíbrio osmótico. Acesso em: 19.03.2015. A análise da figura nos permite concluir corretamente que, nessa sequência,
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login