Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Max Weber dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Sociologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 31. UNICENTRO
    Max Weber interessa-se não tanto pelas funções sociais, pela análise das crenças ou pelas liturgias, mas sobretudo pelas práticas e atitudes globais diante do mundo, suscitadas pelas doutrinas religiosas. Essa interrogação está diretamente ligada à maneira como as grandes religiões oferecem, com efeito, aos crentes, toda uma gama de compensações a fim de justificar as situações que ocorrem neste mundo. Essas compensações podem estar ligadas a promessas de transformação ulterior da sociedade (escatologias messiânicas), de renascimento ou ainda de redenção no além (lógica da salvação). Historicamente, há duas grandes categorias de ‘caminhos de salvação’ opostas entre si: aquelas que são função da obra pessoal de cada indivíduo e aquelas que dependem de uma salvação exterior. (LALLEMENT, M. História das ideias religiosas. Das origens a Max Weber. Petrópolis: Vozes, 2000. p.309.)   Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o que Weber pensa sobre a religião.
  2. 32. UFU 1999
    A respeito do conceito weberiano de ação social, é correto afirmar que
  3. 33. UFU 2000
    De acordo com o pensamento weberiano, é correto afirmar que
  4. 34. UEL 2007
    Para a teoria sociológica de Max Weber, em toda sociedade há dominação, que é entendida como uma “[...] probabilidade de haver obediência para ordens específicas (ou todas) dentro de um determinado grupo de pessoas [...]”. Fonte: WEBER, M. Tradução de Regis Barbosa e Karen Elsabe Barbosa. Economia e Sociedade, Brasília: Ed. UnB, 1991, p. 139.   De acordo com a teoria sociológica do autor, é correto afirmar que os três tipos puros de dominação legítima são:
  5. 35. UNIMONTES 2015
    De acordo com Max Weber (1964-1920), poder é a capacidade verificada dentro de uma relação social que permite a alguém impor a sua própria vontade, mas que, para se tornar uma forma de dominação, precisa ser legitimada pelos indivíduos que lidam com esse poder. Para compreensão da ação humana, Weber propõe tipos de dominação. Relacione as colunas, estabelecendo as correspondências indicadas pelo sociólogo alemão. 1 – Dominação legal 2 – Dominação carismática 3 – Dominação tradicional   ( ) Um tipo de dominação é aquele baseado no dom da graça ou na qualidade pessoal, determinando relação de afetividade. ( ) Dominação em valores e hábitos. ( ) Dominação baseada em regras instituídas.   A sequência CORRETA é
  6. 36. UNIMONTES 2014
    A Sociologia, como disciplina científica autônoma, desenvolve variadas abordagens e pontos de vista sobre a estrutura da sociedade e ações de indivíduos em coletividade. Dos principais intelectuais clássicos, estabeleça as seguintes relações entre autores e conceitos fundamentais: 1 – Materialismo histórico 2 – Dominação e racionalização 3 – Solidariedade e determinação social 4 – Reforma e unidade humana   ( ) Auguste Comte (1791-1857) ( ) Émile Durkheim (1858-1917) ( ) Karl Marx (1818-1883) ( ) Max Weber (1864-1920)   A sequência CORRETA é
  7. 37. UNIMONTES 2010
    Max Weber conceituou a dominação como a probabilidade de se encontrar obediência dentro de um grupo a um certo mandato, ou seja, É um estado de coisas pelo qual uma vontade manifesta (mandato) do dominador ou dos dominadores influi sobre os atos de outros (do dominado ou dos dominados). A dominação legítima pode justificar-se por três motivos de submissão ou princípios de autoridade: racionais, tradicionais ou afetivos. Leia, a seguir, os dois trechos: • A legitimidade está baseada na crença do dom da graça, do poder extraordinário e pessoal do líder, ocorrendo a dedicação absolutamente pessoal e a confiança pessoal na revelação, heroísmo ou outras qualidades da liderança individual. As relações entre dominantes e dominados costumam apoiar-se internamente em bases jurídicas nas quais se funda a sua legitimidade, correspondendo ao tipo especificamente moderno de administração, e que pode aplicar-se tanto a empreendimentos econômicos quanto políticos. Com base nos conhecimentos sobre os tipos ideais de dominação em Max Weber e levando em consideração as informações acima, assinale a única alternativa que apresenta a definição CORRETA dos dois tipos de dominação caracterizados.
  8. 38. UNIOESTE 2013
    A Sociologia de Max Weber é considerada uma ciência compreensiva e explicativa. Na sua concepção, compete ao sociólogo compreender e interpretar a ação dos indivíduos, assim como os valores pelos quais os indivíduos compreendem suas próprias intenções pela introspecção ou pela interpretação da conduta de outros indivíduos. Sobre a sociologia compreensiva de Max Weber, é correto afirmar que
  9. 39. UNIMONTES 2011
    A constituição da Sociologia como ciência ocorre a partir de um momento em que se buscam respostas para as questões humanas, pela necessidade de explicar a existência e as formas de organização da sociedade. Como tal, uma teoria “reconstrói” a realidade social, tentando dar conta dos fatores que a produziram e dos seus possíveis desdobramentos. Relacione as colunas correspondentes com os autores e respectivos modelos explicativos da Sociologia, numerando-as corretamente. 1) Análise dialética 2) Análise funcionalista 3) Análise compreensiva ( ) Max Weber (1864-1920) ( ) Émile Durkheim (1858-1917) ( ) Karl Marx (1818-1883) A sequência CORRETA é
  10. 40. UFU 2007
    Considere a citação. “[...] o racionalismo econômico, embora dependa parcialmente da técnica e do direito racional, é ao mesmo tempo determinado pela capacidade e disposição dos homens em adotar certos tipos de conduta racional. [...] Ora, as forças mágicas e religiosas, e os ideais éticos de dever deles decorrentes, sempre estiveram no passado entre os mais importantes elementos formativos da conduta.” WEBER, Max. A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo. São Paulo: Livraria Pioneira Editora,1989,  6 ed., p. 11.   A respeito das relações de causalidade que o sociólogo Max Weber propõe entre as origens do capitalismo moderno, o processo de racionalização do mundo e as religiões de salvação, assinale a alternativa correta.  
  11. 41. UEL 2003
    Por trás das disputas que os candidatos travam pela preferência do eleitorado, há uma base minuciosa de informações. Perto das eleições, os concorrentes debruçam-se sobre gráficos, planilhas e tabelas de preferências de voto, buscando descobrir quais as tendências dos eleitores. Pesquisadores, escondidos atrás de vidros espelhados, acompanham as conversas de grupos de pessoas comuns de diferentes classes que, em troca de um sanduíche e um refrigerante, comentam e debatem as campanhas políticas. Nessa técnica de pesquisa qualitativa, descobre-se, além da convergência das intenções, as motivações que se repetem nos votos dos eleitores, as razões gerais que poderiam fazê-los mudar de opção, como eles propõem e ouvem argumentos sobre o tema. A aplicação do modelo de pesquisa que aparece descrito no texto baseia-se, principalmente, na teoria sociológica de Max Weber (1864-1920). A utilização dessa teoria indica que os pesquisadores pretendem:
  12. 42. UNIMONTES 2011
    Considerando as obras dos clássicos da Sociologia e seus respectivos autores, associe a 2ª coluna com a 1ª.   1) As regras do método sociológico 2) A ética protestante e o espírito do capitalismo 3) O Capital   ( ) Karl Marx (1818-1883) ( ) Émile Durkheim (1858-1917) ( ) Max Weber (1864-1920)    A sequÍncia CORRETA È
  13. 43. UNIMONTES 2011
    A partir da obra realizada por Marx, Durkheim e Weber, a Sociologia moderna configurou-se como um campo de conhecimento com métodos e objeto próprios, implicando teorias e conceitos que até hoje são importantes para essa ciência. Considerando os respectivos conceitos desenvolvidos por esses autores, associe a 2ª coluna com a 1ª.   1) Anomia, consciência coletiva, fatos sociais, solidariedade social. 2) Materialismo histórico, relações sociais de produção, luta de classes, alienação. 3) Ação social, relação social, dominação, tipo ideal.    ( ) Max Weber (1864-1920) ( ) Émile Durkheim (1858-1917) ( ) Karl Marx (1818-1883)   A sequência CORRETA é
  14. 44. UNICENTRO 2010
    A ação social (incluindo tolerância ou omissão) orienta-se pela ação de outros, que podem ser passadas, presentes ou esperadas como futuras (vingança por ataques anteriores, réplica a ataques presentes, medidas de defesa diante de ataques futuros). Os 'outros' podem ser individualizados e conhecidos ou um pluralidade de indivíduos indeterminados e completamente desconhecidos. (Max Weber. Ação social e relação social. In M.M. Foracchi e J.S Martins. Sociologia e Sociedade. Rio de Janeiro, LTC, 1977, p.139).   Max Weber, um dos clássicos da sociologia, autor dessa definição de ação social, que para ele constitui o objeto de estudo da sociologia, apontou a existência de quatro tipos de ação social. Quais são elas?
  15. 45. UFU 2004
    Em sua teoria sociológica, Max Weber propõe quatro tipos puros ideais de ação social, que apresentam sentidos, cuja conexão cabe aos cientistas sociais captar para compreender a realidade social.   Assinale a alternativa correta sobre a articulação dos tipos de ação social propostas por Weber.
  16. 46. UEL 2008
    Leia os depoimentos a seguir: • Sou um ser livre, penso apenas com minhas idéias, da minha cabeça, faço só o que desejo, sou único, independente, autônomo. Não sigo o que me obrigam e pronto! Acredito que com a força dos meus pensamentos poderei realizar todos os meus sonhos, e o meu esforço ajuda a sociedade a progredir. (Jovem estudante e trabalhadora em uma loja de shopping). • Sou um ser social, o que penso veio da minha família, dos meus amigos e parentes, gostaria de fazer o que desejo, mas é difícil! Às vezes faço o que quero, mas na maioria das vezes sigo meu grupo, meus amigos, minha religião, minha família, a escola, sei lá... Sinto que dependo disso tudo e gostaria muito de ser livre, mas não sou! (Jovem estudante em uma escola pública que trabalha em empregos temporários). • Sinto que às vezes consigo fazer as coisas que desejo, como ir a raves, mesmo que minha mãe não permita ou concorde. Em outros momentos faço o que me mandam e acho que deve ser assim mesmo. É legal a gente viver segundo as regras e ao mesmo tempo poder mudá-las. Nas raves existem regras, muita gente não percebe, mas há toda uma estrutura, seguranças, taxas, etc. Então, sinto que sou livre, posso escolher coisas, mas com alguns limites. (Jovem estudante e Office boy). Assinale a alternativa que expressa, respectivamente, as explicações sociológicas sobre a relação entre indivíduo e sociedade presentes nas falas.
  17. 47. UEAP 2011
    Dentre os principais conceitos presentes nos considerados autores “clássicos” das Ciências Sociais (Durkheim, Marx e Weber), podemos considerar como correta a seguinte afirmação:
  18. 48. UNIMONTES 2014
    O capitalismo como modo predominante de produção no mundo moderno exerceu profunda atração entre os pensadores clássicos da Sociologia. Autores como Karl Marx, Émile Durkheim e Max Weber desenvolveram análises e teorias fundamentais sobre o mundo do trabalho. Portanto, é INCORRETO afirmar:
  19. 49. UNIMONTES 2015
    A Sociologia Clássica tem, entre os seus principais pilares teóricos, as formulações de Karl Marx (1818- 1883), Émile Durkheim (1858-1917) e Max Weber (1864-1920). Esses três grandes pensadores europeus estudaram o avanço do capitalismo, com perspectivas distintas. Em relação às concepções de sociedade de cada um deles, é correto afirmar, EXCETO
  20. 50. UNIMONTES 2013
    Para o sociólogo alemão Max Weber (1864-1920), a concepção de classe combina, na sua análise mais geral, a ação social do indivíduo no mercado e a sua posição nesse mercado. A ação econômica é definida como uma conduta humana que procura adquirir, por meios pacíficos, o controle de bens e serviços. A ação econômica competitiva, tendo em vista a obtenção de lucro, ocorre no mercado. Portanto, as classes surgem após se ter constituído esse mercado. Com base no texto e nas proposições desse autor, analise as afirmativas a seguir. I - As relações econômicas libertam-se dos laços e obrigações inerentes a uma estrutura comunitária local quando, no mercado, indivíduos desempenham ações competitivas em busca do lucro. II - Aqueles que se encontram em situações econômicas semelhantes, perante o mercado, formam um agregado de indivíduos que partilham da mesma situação de classe. III - Aqueles que possuem propriedade são classificados conforme o que possuem e a maneira como utilizam a sua propriedade para fins econômicos, como, por exemplo, os fazendeiros ou os banqueiros. IV - Mesmo com grande variedade de interesses de classes, a possibilidade de ocorrência de conflitos de classes é inexistente, pois a consciência de classe é objetivamente orientada pelo mercado. Estão CORRETAS as afirmativas
  21. 51. UFU 2007
    Sobre o legado do pensamento científico de Max Weber, Carlos B. Martins afirma que: “A obra de Weber representou uma inegável contribuição à pesquisa sociológica, abrangendo os mais variados temas, como o direito, a economia, a história, a religião, a política, a arte, de modo destacado, a música. Seus trabalhos sobre a burocracia tornaram-no um dos grandes analistas deste fenômeno.” MARTINS, Carlos B. O Que é Sociologia? São Paulo: Editora Brasiliense, 1991, 28 ed., p. 66.  A respeito das contribuições de Weber acerca dos conceitos de poder e dominação, assinale a alternativa correta.  
  22. 52. UEL 2004
    O sociólogo alemão Max Weber (1864-1920) definiu dominação como a “possibilidade de encontrar obediência para ordens específicas (ou todas) dentro de determinado grupo de pessoas” (WEBER, M. Economia e sociedade. Brasília: UnB, 1991. p. 139). Em Weber este conceito está relacionado à idéia de autoridade e a partir dele é possível analisar a estrutura das organizações e instituições como empresas, igrejas e governos. Na sociedade capitalista, dentre os vários tipos de dominação existentes, predomina a dominação burocrática ou racional. Assinale a alternativa que indica corretamente a quem se deve obediência nesse tipo de dominação.
  23. 53. UNIMONTES 2015
    A Sociologia é uma ciência moderna que prioriza estudos sobre a divisão social do trabalho, em suas diversas concepções teóricas e empíricas. Entre os estudiosos clássicos, Karl Marx (1818-1883), Émile Durkheim (1858-1917) e Max Weber (1864-1920) são apontados como grandes referências neste campo de análise na teoria social. Considerando as teses desses autores, associe a 2ª coluna com a 1ª.  1 - Pessoas que têm a mesma posição no que se refere à propriedade de bens, serviços e habilidades encontram-se numa determinada situação de classe. 2 - A história de toda sociedade tem sido a história da luta de classes. 3 - A divisão do trabalho supõe uma interdependência entre grupos sociais baseada na especialização de tarefas.   ( ) Karl Marx ( ) Émile Durkheim ( ) Max Weber   A sequência CORRETA é
  24. 54. UNIMONTES 2014
    O intelectual alemão Max Weber (1864-1920), reconhecido como um dos principais autores clássicos da Sociologia, considerou as organizações na sociedade moderna como um indício da contínua racionalização da vida cotidiana. Com base nessa análise do sociólogo clássico, é correto afirmar, EXCETO
  25. 55. UFU 2004
    Assinale a alternativa correta, quanto à teoria weberiana sobre poder e dominação.
  26. 56. UFMA 2008
    Enumere a segunda coluna, de acordo com a primeira, relacionando as obras com seus respectivos autores e em seguida marque a opção que contém a seqüência correta da segunda coluna.   Primeira Coluna (1)O suicídio (2) A ética protestante e o espírito do capitalismo (3)O capital   Segunda Coluna   ( ) Karl Marx (1818-1883) ( ) Émile Durkheim (1858-1917) ( ) Max Webber (1864-1920)
  27. 57. UNICENTRO 2009
    Émile Durkheim, Marx Weber e Karl Marx são clássicos da Sociologia não só porque suas obras apresentam embasamentos teóricos profundos para a explicação dos fenômenos sociais, mas, principalmente, porque até hoje servem de inspiração para as análises sobre a sociedade. Sobre os Clássicos da Sociologia, é correto afirmar:
  28. 58. UNICENTRO 2013
    Para a teoria Weberiana, a pesquisa histórica é
  29. 59. UEMA 2013
    Auguste Comte, Karl Marx eÉmile Durkheim são considerados os grandes pilares da Sociologia como ciência burguesa. Nessa época, a Sociologia, para se afirmar no campo das ciências, adotou o Positivismo. Assinale a assertiva que melhor expressa o sentido do Positivismo sociológico.
  30. 60. ENEM PPL 2015
    O impulso para o ganho, a perseguição do lucro, do dinheiro, da maior quantidade possível de dinheiro não tem, em si mesma, nada que ver com o capitalismo. Tal impulso existe e sempre existiu. Pode-se dizer que tem sido comum a toda sorte e condição humanas em todos os tempos e em todos os países, sempre que se tenha apresentada a possibilidade objetiva para tanto. O capitalismo, porém, identifica-se com a busca do lucro, do lucro sempre renovado por meio da empresa permanente, capitalista e racional. Pois assim deve ser: numa ordem completamente capitalista da sociedade, uma empresa individual que não tirasse vantagem das oportunidades de obter lucros estaria condenada à extinção. WEBER, M. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Martin Claret, 2001 (adaptado).     O capitalismo moderno, segundo Max Weber, apresenta como característica fundamental
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login