Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de História

Listagem de exercícios

UEA 2004

“A atenção da Inglaterra em suas relações com o Brasil durante a permanência da Corte portuguesa no Rio concentrou-se em três principais correntes de interesse. Uma delas era a atitude que a monarquia portuguesa adotou em relação à Banda Oriental; a outra era comercial; e a terceira envolvia a supressão do tráfico escravo.” (Alan Manchester)


As afirmativas seguintes referem-se às negociações entre a Inglaterra e o Império brasileiro pelo reconhecimento da Independência:


I. o acordo de extinção do tráfico não chegou a ser cumprido pelo governo brasileiro, que, nesse aspecto, fez valer a soberania recém-conquistada;


II. as pressões das potências da Santa Aliança sobre o governo de Lisboa para dificultar o reconhecimento da Independência do Brasil aumentaram a vulnerabilidade de Dom Pedro I às exigências políticas e financeiras de Portugal e Inglaterra;


III. a indignação com que os deputados brasileiros reagiram à convenção de 1826, imposta pela Inglaterra para reconhecer a independência, demonstra a importância do tráfico de escravos para a classe dominante e seu peso na deposição do imperador em 1831;


IV. a Grã-Bretanha deu prioridade às discussões sobre a incorporação da Banda Oriental, dada a importância desse território como meio de estabelecer o seu controle comercial na América Latina. 

 

Assinale: 

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login