Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEAP 2013

Era uma vez... numa terra muito distante...uma princesa linda, independente e cheia de autoestima.

Ela se deparou com uma rã enquanto contemplava a natureza e pensava em como o maravilhoso lago do seu castelo era relaxante e ecológico...

Então, a rã pulou para o seu colo e disse:

Linda princesa, eu já fui um príncipe muito bonito. Uma bruxa má lançou-me um encanto e transformei-me nesta rã asquerosa. Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe e poderemos casar e constituir um lar feliz no teu lindo castelo. A tua mãe poderia vir morar conosco e tu poderias preparar o meu jantar, lavar as minhas roupas, criar os nossos filhos e seríamos felizes para sempre...

Naquela noite, enquanto saboreava pernas de rã sautée, acompanhadas de um cremoso molho acebolado e de um finíssimo vinho branco, a princesa sorria, pensando consigo mesma: - Eu, hein?... nem morta! (pensador.uol.com.br/textos_de_luis_fernando_veríssimo)

Tomando por base o texto I, analise as afirmativas e, a seguir, assinale a alternativa que contém a opção correta.

I. O texto I mescla elementos característicos dos contos de fadas tradicionais com elementos da contemporaneidade.

II. O conector no entanto, no excerto “Um beijo teu, no entanto, há de me transformar de novo num belo príncipe(...)”, pode ser substituído, sem que se faça alteração semântica, por consequentemente.

III. Semanticamente, o que estabelece a condicionalidade, no quarto parágrafo, é o uso dos verbos no futuro do pretérito. 

Escolha uma das alternativas.