Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Geografia

Listagem de exercícios

UEG 2004

O novo imperialismo americano está comendo a América Latina pelas bordas. Além de bases e instalações militares por toda a região [...], que cercam em especial a Amazônia, existe o Plano Colômbia, para a Colômbia, Peru e Equador, que representa ainda um cerco à Venezuela; para o México e a América Central, há o Plano Puebla Panamá; para Cuba, persistem o embargo comercial e as ameaças de intervenção; para a Bolívia, existe o Plano Dignidade; para o Brasil, Paraguai e Argentina, além de bases como em Alcântara e no sul da Argentina, há vigilância especial da CIA [...] e da DEA [...] na chamada Tríplice Fronteira; para outros países, acordos bilaterais de livre-comércio, como com o Chile.

POMPEU, Renato. Um espectro ronda a América Latina. In.: Caros Amigos – n. 17. jun. 2003, p. 11. [Edição Especial].

 

O texto acima trata da influência militar, econômica e comercial dos EUA na América Latina. Sobre esse tema, julgue as proposições abaixo, marcando V (verdadeiro) ou F (falso).

 

( ) O Plano Colômbia teve como motivação inicial promover o desenvolvimento econômico, sanar problemas provocados pela guerra civil e combater o narcotráfico. Parte dos recursos foram cedidos pelos EUA, sendo que 20% foi destinado a ações militares.

( ) Os EUA possuem 13 bases militares na América Latina localizadas nas Bahamas, em Cuba, em Porto Rico, nas Ilhas Virgens, em Antígua, em El Salvador, em Honduras, em Aruba, em Curaçao, na Venezuela, na Colômbia, no Equador e no Peru.

( ) O plano anticoca e anti-subversão implantado na Bolívia recebeu o nome de Plano Dignidade e tem cerca de oito mil soldados armados que vigiam a região de Chapare.

( ) Empresas transnacionais americanas de petróleo e de armamento colaboram para a implantação dos planos econômicos, militares e comerciais na América Latina, já que possuem frentes de exploração petrolífera em vários desses países.

( ) O Plano Puebla Panamá abrange o sul e o sudeste do México e de toda a América Central, com investimentos em infra-estrutura aérea, terrestre e aquática para a exploração comercial da agricultura, da pesca, de madeiras, de minérios e de petróleo. Empresas transnacionais têm liberação para explorar a biodiversidade local.

( ) A economia latino-americana é controlada, quase na totalidade, pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), e pelo Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e por empresas transnacionais norte-americanas.

 

Marque a alternativa com a seqüência CORRETA:

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login