Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEL 2004

“Quando a vontade é autônoma, ela pode ser vista como outorgando a si mesma a lei, pois, querendo o imperativo categórico, ela é puramente racional e não dependente de qualquer desejo ou inclinação exterior à razão. [...] Na medida em que sou autônomo, legislo para mim mesmo exatamente a mesma lei que todo outro ser racional autônomo legisla para si.”

WALKER, Ralph. Kant: Kant e a lei moral. Trad. de Oswaldo Giacóia Júnior. São Paulo: Unesp, 1999. p. 41.

 

Immanuel Kant (1724 - 1804) foi um filósofo moderno que ficou conhecido, entre outras coisas, por sua teoria ética que garante amplo espaço à racionalidade dos agentes. Nela encontramos o imperativo categórico, que tem como uma de suas formulações "Age como se a máxima de tua ação devesse tornar-se, através da tua vontade, uma lei universal". Em acordo com o texto citado, podemos identificar que, na teoria kantiana

Escolha uma das alternativas.