Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEL 2009

Na década de 1990 aprofunda-se a relação entre o território brasileiro e o mercado externo através de um aumento intenso do fluxo de mercadorias.
Existem 46 portos, distribuídos pela costa marítima e pelas vias fluviais interiores, dos quais 36 movimentam cargas para o mercado externo. Pelos portos brasileiros fluem 96,5% em peso, das mercadorias transacionadas pelo país, dado que revela a importância destes fixos para a fluidez territorial. Fortes transformações técnicas e políticas definem a situação atual dos portos brasileiros. Novas instalações e equipamentos são incorporados de forma acelerada à sua performance operacional, como contêineres, guindastes especializados, armazéns, etc.


(Adaptado de: ARROYO, M. Fluidez e porosidade do território brasileiro no contexto da integração continental. In: SILVEIRA, M. L. Continente em chamas: globalização e território na América Latina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005. p. 211 e 218.)
 

Um dos principais aspectos da modernização dos portos brasileiros apontados pelo texto é o uso de contêineres, que exigiu a introdução nos portos brasileiros de novos requisitos técnicos para esse tipo de operação. Essa modernização provocou a concentração das operações com contêineres em sete portos responsáveis por 85% do movimento dessas unidades.

As regiões brasileiras em que se localizam esses portos são:

Escolha uma das alternativas.