Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEL 2011

 

Nesse estágio de desenvolvimento capitalista (hoje, de um modo geral, terminado), a taxa de crescimento e lucro era proporcional ao volume de trabalho empenhado no processo produtivo. O funcionamento do mercado capitalista era notório por seus altos e baixos, por períodos de expansão seguidos de depressões proteladas; assim, nem todos os recursos laborais potencialmente disponíveis puderam ser empregados o tempo todo. Mas aqueles que estavam ociosos eram a força de trabalho ativa de amanhã: naquele momento, mas apenas de maneira temporária, estavam desempregados; pessoas em uma condição anormal, mas transitória e retificável. Eram o exercício de reserva de trabalhadores – o status deles era definido não pelo que eram no momento, mas por aquilo em que estavam dispostos a se transformar quando o tempo chegasse. Como qualquer general diria, cuidar da força militar da nação requer que os reservistas estejam nutridos e mantidos em boa saúde, a fim de que estejam prontos para enfrentar as tensões da vida no Exército quando forem chamados para o serviço ativo.

BAUMAN, Z. A Sociedade Individualizada: vidas contadas e histórias vividas. Trad. José Gradel. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008, p. 98.

 

Com base no texto, considere as afirmativas a seguir.

I. Esse estágio de desenvolvimento caracterizou-se pelo aumento gradativo dos níveis de emprego e de renda da maior parte da população urbana e, em decorrência desta dinâmica socioeconômica, houve a redução da pobreza.

II. No estágio de desenvolvimento capitalista industrial, verificava-se um excedente de mão de obra gerado pela mecanização do final do século XIX e início do XX, acentuando significativamente os níveis de desemprego, subemprego e pobreza.

III. Esse estágio de desenvolvimento pode ser considerado a fase do capitalismo flexível, pautado nos princípios de flexibilidade, concorrência e produtividade, medidos pelos custos laborais decorrentes.

IV. Nesse estágio, a pobreza e a desigualdade eram vitais para o capitalismo, pois o exército industrial de reserva era indispensável ao seu mecanismo social, tanto quanto a reserva de máquinas e de matérias-primas nas fábricas.

 

Assinale a alternativa correta.

Escolha uma das alternativas.