Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEL 2012

Cosme disse para dar um tempo que depois esticaria pra todo mundo de uma vez. O intruso arriscou pedir uma dose de uísque. Silva mandou que se servisse. O bruto encheu o copo até transbordar. Bebeu tudo em dois goles, sob o olhar reprovador dos presentes acerca de sua desmesura. Permaneceram como se nada estivesse acontecendo. Fumaram outro baseado, em seguida Silva esticou cinco carreiras, consumiu a sua e passou o prato para o intruso junto com o canudo feito numa nota de cinco cruzeiros. As suas mãos bêbadas deixaram o prato cair no chão. Vacilo de morte no meio da bandidagem. Cosme fez menção de agredi-lo  porém Silva o impediu de esbofetear o intruso.

 

 

– Qualé, meu cumpádi, vai se arengar com o cara só por causa de brizola? Caiu, caiu, cumpádi... Deixa pra lá. Vamos tomar uma cerva lá embaixo pra lavar o estômago.

 

Chinelo Virado foi o primeiro a descer para ver se estava tudo limpeza. Verificou a área, acenou para os amigos. Os cinco desceram ligeiros, tomaram o rumo da birosca que havia no Bloco Nove. Andariam cem metros. Caminhavam mudos diante do pique-esconde das crianças, dos carros na pista, das janelas dos primeiros andares na hora do jantar e novela. Silva adiantou-se para ver o que havia além da esquina que iria surgir diante de todos, seus olhos viram apenas a noite também se esticando ao longo duma viela mal iluminada. Silva virou-se para os que o seguiam. O intruso ainda viu a lua cheia de Ogum esconder-se atrás duma nuvem rala, um segundo antes de receber um tiro no peito disparado do revólver do Silva. Rodopiou e caiu lentamente em decúbito frontal. Cosme deu-lhe uma geral, conseguiu apenas alguns trocados. O corpo ficou estirado em cima da grama fria. Silva ficou nervoso com a maneira como o corpo do intruso se portou após o tiro. Quem cai de bruços quer vingança.

LINS, Paulo. Cidade de Deus. São Paulo: Companhia das Letras, 2009. p.113-114.

 

 

 


Com base no texto e no romance, considere as afirmativas a seguir.

 


I. A expressão “Vacilo de morte no meio da bandidagem” assinala o rompimento, por parte do intruso, de uma norma do tráfico para a qual não se obtém perdão.
II. A presença de palavras do tipo “qualé”, “cumpadi” e “cerva” assinala que os níveis culturais do narrador e o das personagens são muito semelhantes.
III. O termo “brizola”, presente em todo o romance, faz parte da gíria utilizada pelos personagens traficantes e quer dizer “cocaína”.
IV. Ao ficar nervoso com a forma como o corpo do intruso caíra após o tiro, Silva, na verdade, temia uma possível reação armada da vítima.

 

Assinale a alternativa correta.

Escolha uma das alternativas.