Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEL 2014

Leia o fragmento a seguir.

 

 

O marido reclamão comeu cinco pedaços de torresmo, bebeu mais três doses de traçado, uma cerveja para
lavar o estômago e caminhou cambaleante para casa. Abriu o portão com certa dificuldade, a vontade de
urinar era sincera, apertou o passo para o banheiro, mas a urina desceu calça abaixo molhando o tapete da
sala. Tomou banho sem tirar a roupa, estranhando a esposa quieta na cozinha. Pensou em falar alguma coisa, preferiu não puxar conversa para não desencadear uma briga, arrancou e entulhou a roupa suja e encharcada sob a pia do banheiro e deitou-se, depois de vestir uma cueca. Em poucos minutos roncava alto.
A mulher arrastou-o para a cozinha e despejou a água fervendo sobre a sua cabeça.
Foi presa por homicídio premeditado e não recebeu a quantia que esperava do seguro.

(LINS, P. Cidade de Deus. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. p.271.)

 

 

Com base na leitura prévia desse romance e do fragmento, considere as afirmativas a seguir.

 

I. Os verbos de ação provocam o efeito dinâmico e ampliam a tensão narrativa.

 

II. O fragmento retrata uma história de tragédia familiar como outras que são contadas no romance.

 

III. O crime fica subentendido pela caracterização do marido e suas ações agressivas.

 

IV. A escolha do foco narrativo centrado na esposa antecipa seus planos de matar o marido.

 

Assinale a alternativa correta.

Escolha uma das alternativas.