Simule agora a sua nota do Enem 2021 com o nosso gabarito clicando aqui.

Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UEMA 2010

A época cognominada de “moderna” é usualmente compreendida entre os séculos XV e XVIII, e sua compreensão é polissêmica, ou seja, possui vários significados, dentre eles, pode-se conceber:


I - Representou a ultrapassagem da Europa ante às sociedades que lhes eram paralelas, pelos significados do Renascimento e Iluminismo, pela construção dos Estados Modernos, pela expansão ultramarina, pela constituição do capitalismo.
II - Representou o “desencantamento” do mundo europeu, ou seja, com a construção dos Estados Modernos a
política passa a ser a nova engenharia social em que “magia”, “honra”, “bravura” cedem espaço à racionalidade, individualidade e competitividade.
III - Representou discursivamente a vitória do cientificismo em relação ao dogma religioso cristão medieval, o
surgimento da nova economia atrelada ao estado, o surgimento do capitalismo como sistema jurídico, político, social e cultural redesenhando as relações sociais e os paradigmas medievais, como trabalho,
tempo e riqueza.

IV - Ressignificou o papel da religião cristã com o Renascimento, estabelecendo uma fissura na teologia cristã católica com o advento da Reforma Protestante, alterando a percepção de tempo-espaço com a descoberta do novo mundo.
V - Demarcou a ascensão do capitalismo modificando as antigas organizações campesinas, alterando as formas políticas de organização social, a ascensão de um ideal burguês de vida configurado na relação trabalho-religião a partir da eclosão da Reforma Protestante.


Sobre os enunciados, pode-se afirmar:

Escolha uma das alternativas.