Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UENP 2015

O ácido fólico ou vitamina B9 é requerida em quantidades 5 a 10 vezes maiores em mulheres grávidas do que em não grávidas. É fundamental para a síntese de purinas e pirimidinas, representando um composto especialmente importante para as células com maior poder de divisão, tais como as do tubo neural e da crista neural do embrião em formação. Deficiências na disponibilidade de ácido fólico para o embrião, consequentemente, levam a sérios problemas de má formação fetais, principalmente relacionados ao sistema nervoso, tais como a anencefalia e espinha bífida (meningomielocele). Para evitar a ocorrência de tais problemas, recomenda-se, de forma geral, que as mulheres grávidas realizem suplementação de ácido fólico durante o primeiro trimestre de gestão. 

As más formações mencionadas no texto decorrem de problemas no desenvolvimento embrionário:

Escolha uma das alternativas.