Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UERJ 2010

Science Fiction

 

O marciano encontrou-me na rua
e teve medo de minha impossibilidade humana.
Como pode existir, pensou consigo, um ser
que no existir põe tamanha anulação de existência?

 

Afastou-se o marciano, e persegui-o.
Precisava dele como de um testemunho.
Mas, recusando o colóquio, desintegrou-se
no ar constelado de problemas.
E fiquei só em mim, de mim ausente.
Carlos Drummond de Andrade
Nova reunião. São Paulo: José Olympio, 1983

 

A pergunta formulada pelo marciano pode ser lida como uma projeção da consciência do próprio sujeito poético.

 

Um verso que também sugere essa projeção é:

Escolha uma das alternativas.