Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UESC 2011

Vários grupos étnicos compõem a população de 1 bilhão de habitantes da África. Mesmo dentro das duas grandes regiões, a diversidade de povos é grande. Na África Setentrional, predominam os grupos — mediterrâneos brancos — caucasoide e semita, principalmente. Ao sul do Saara, a população negra compreende vários povos — os pigmeus nas selvas equatoriais, os coisans nos desertos e planaltos meridionais, os sudaneses das savanas e os bantos da África Central são os mais numerosos.

 

Do ponto de vista religioso, o islamismo (predominante no norte) tem o maior número de seguidores no continente, representando 45% da população. O cristianismo (majoritário no Sul) é praticado por cerca de 35% dos africanos. Uma das nações cristãs mais antigas do mundo, a Etiópia, é um destacado representante da religião do continente. A África ainda conta com muitos adeptos entre as inúmeras religiões nativas da população.

 

A variedade linguística também espelha a heterogeneidade africana. Entre as mais de 2 mil línguas faladas na África, estão os dialetos locais, de raiz africana, que convivem com os idiomas introduzidos pelos colonizadores europeus: inglês, francês e português são os mais comuns.

VIDAS Secas. Atualidades e Vestibular+ENEM. São Paulo: Abril, 1. sem. 2010. África.

 

 

O continente africano é o berço da humanidade e, durante o seu desenvolvimento histórico, manteve diversas relações com outros espaços, que variaram conforme a época histórica.

 

Em relação a esse processo, pode-se afirmar que a

Escolha uma das alternativas.