Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFES 2009

“Tolerância, fraternidade e igualdade: foi com esses ideais em mente que, em 1892, o barão Pierre de Coubertin apresentou à comunidade esportiva internacional a idéia de ressuscitar os Jogos Olímpicos. Na Grécia Antiga, os jogos da Cidade Sagrada de Olímpia (entre os Secs. VIII e IV A.C.) enfatizavam que competir sem vencer equivalia a desonra suprema. As corridas, as lutas, os saltos e os lançamentos de disco e de dardo serviam como a coroação da superioridade de indivíduo, oferecida em homenagem ao deus Zeus.

”(VENTUROLI, Thereza. “Tudo pelos louros”. In: Revista Veja. São Paulo, nº 33, 18 Ago. 2004, p. 96.)

 

 

Segundo o texto, a diferença de motivação entre os Jogos Olímpicos da Grécia Antiga e os atuais está

Escolha uma das alternativas.