Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFJF 2014

Leia o texto a seguir.

 

O Relatório de Insegurança Alimentar no Mundo de 2014, publicado pela FAO, revela que o Brasil reduziu de forma muito expressiva a fome, a desnutrição e subalimentação nos últimos anos. O Indicador de Prevalência de Subalimentação, medida empregada pela FAO há cinquenta anos para dimensionar e acompanhar a fome em nível internacional atingiu nível abaixo de 5%, o limite estatístico da medida, abaixo do qual se considera que um país superou o problema da fome.

Fonte: O ESTADO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL NO BRASIL Um retrato multidimensional RELATÓRIO 2014 Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2014.

 

Analise as afirmativas a seguir.

 

I) Nos últimos 10 anos, o Brasil reduziu pela metade a parcela da população que sofre com a fome. Com isso, alcançou um dos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio que as Nações Unidas estabeleceram até 2015.

II) Para reduzir a fome, o Brasil revalorizou o salário mínimo, investiu em agricultura familiar e programas de transferência de renda.

III) América Latina e Caribe formam a região que tem mostrado o maior progresso na redução da fome, diminuindo a sua prevalência em quase dois terços desde o início de 1990.

IV) A fome é um estado causado por uma dieta hipocalórica e hipoproteica; pela má-absorção de nutrientes, pela anorexia, associada a determinadas doenças e por certos estados fisiológicos anormais ou pela escassez e consequente ingestão insuficiente de alimentos.

V) Quando um país fica abaixo do patamar de 5%, entende-se que ele superou a desnutrição estrutural. Isso significa que a subalimentação não é mais um problema endêmico no país, embora possam existir núcleos de desnutridos, que demandam políticas específicas.

 

A alternativa que indica todas as afirmativas verdadeiras é

Escolha uma das alternativas.