Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Literatura

Listagem de exercícios

UFLA 2014

LIRA 77

 

Eu, Marília, não fui nenhum vaqueiro,
fui honrado pastor da tua aldeia;
vestia finas lãs e tinha sempre
a minha choça do preciso cheia.
Tiraram-me o casal, e o manso gado,
nem tenho, a que me encoste, um só cajado.

 

Para ter que te dar, é que eu queria
de mor rebanho ainda ser o dono;
prezava o teu semblante, os teus cabelos
ainda muito mais que um grande Trono.
Agora que te oferte já não vejo
além de um puro amor, de um são desejo.

 

Se o rio levantado me causava,
levando a sementeira, prejuízo,
eu alegre ficava, apenas via
na tua breve boca um ar de riso.
Tudo agora perdi; nem tenho o gosto
de ver-te aos menos compassivo o rosto.

 

Propunha-me dormir no teu regaço
as quentes horas da comprida sesta,
escrever teus louvores nos olmeiros,
toucar-te de papoulas na floresta.
Julgou o justo Céu, que não convinha
que a tanto grau subisse a glória minha.
[...]

GONZAGA, Tomás Antônio. Marília de Dirceu. São Paulo: Ática, 1999.

 

O fragmento pertence à segunda parte de Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga. Sobre esse fragmento, é CORRETOafirmar que um pastor se dirige à Marília:

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login