Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFMG 2002

"Santa Guilhotina, protetora dos patriotas, rogai por nós;
Santa Guilhotina, terror dos aristocratas, protegei-nos.
Máquina adorável, tende piedade de nós.
Máquina admirável, tende piedade de nós.
Santa Guilhotina, livrai-nos de nossos inimigos.
(Com a melodia da Marselhesa)
Ó celeste Guilhotina,
Você abrevia rainhas e reis,
Por tua influência divina
Reconquistamos nossos direitos.(bis)
Sustenta as leis da pátria
E que teu soberbo instrumento
Torne-se sempre permanente
Para destruir uma seita ímpia.
Afia tua lâmina para Pitt e seus agentes,
Enriquece tua bagagem com cabeças de tirano!"

Citado por ARASSE, Daniel. A guilhotina e o imaginário do  Terror. São Paulo: Ática, 1989. p. 106-107.

 

Os versos acima eram cantados na França, durante a fase do Terror, ocorrida entre junho de 1793 e julho de 1794, e permitem inferir que

Escolha uma das alternativas.