Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFPR 2009

Plantando combustível

 


É comum ouvir em qualquer faculdade de administração histórias sobre como as empresas de rádio deveriam ter dominado a indústria nascente da televisão, ou como empresas de carruagem deveriam ter dominado o mercado de trens e dos ônibus e assim por diante. Todos esses perderam o bonde da história porque não entendiam direito qual era seu papel, qual era seu negócio. Ninguém estava no mercado de transmissão de programas de rádio, estava no negócio do entretenimento. As pessoas não pagavam você para terem os melhores e mais rápidos cavalos, as carruagens mais confortáveis, pagavam para serem transportadas de um lugar para outro com eficiência.
De tanto martelar esse tipo de história, parece que a ficha caiu para as grandes empresas petrolíferas. Elas sabem que não estão no ramo do petróleo, e sim, de energia. E se for energia limpa, renovável, que não agrida o meio ambiente, melhor ainda.
Diante disso, pode-se concluir que aconteceu o fenômeno inverso. O que poderia ser uma vantagem competitiva para algumas empresas, deixa de sê-lo quando ...

 


Veja como o dicionário Aurélio apresenta o termo agredir:


Agredir. [Do lat.aggredere.] V. t. d. 1. Atacar, assaltar, acometer. 2. Provocar, injuriar, insultar: Embriagado, agredia, inconveniente, os passantes. 3. Bater em, surrar, espancar. [Irreg. Muda o e do radical em inas formas rizotônicas do pres. do ind., agrido, agrides, agride, agridem, e, portanto, em todo o pres. do subj. e nas formas do imperativo que deste derivam.]


Quanto ao uso do verbo agredir no texto, se aceitamos a descrição do dicionário como a única válida para a língua padrão, é correto afirmar:  

Escolha uma das alternativas.