Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFSJ 2013

“Entretanto, a revolta não uniu toda a população gaúcha. Ela foi preparada por estancieiros da fronteira e algumas figuras da classe média das cidades, obtendo apoio principalmente nesses setores sociais. Eles pretendiam acabar com a taxação de gado na fronteira com o Uruguai ou reduzi-la, estabelecendo a livre circulação dos rebanhos que possuíam nos dois países [...]. Nas fileiras dos revoltosos, destacaram-se pelo menos duas dezenas de revolucionários italianos refugiados no Brasil, sendo o mais célebre deles Giuseppe Garibaldi”.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003, p. 169.

 

O texto refere-se a um dos períodos mais agitados da história política do país, pois estavam em jogo a unidade nacional, a centralização e a descentralização do poder, a autonomia das províncias e a organização das forças armadas. A passagem descreve a revolta da 

Escolha uma das alternativas.