Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFSM 2007

Quando Deus deixava lentamente o lugar de onde tinha dirigido o universo e sua ordem de valores, separado o bem do mal e dado um sentido a cada coisa, Dom Quixote saiu de sua casa e não teve mais condições de reconhecer o mundo. Este, na ausência do Juiz supremo, surgiu subitamente numa temível ambiguidade; a única Verdade divina se decompôs em centenas de verdades relativas que os homens dividiram entre si. Assim, o mundo dos Tempos Modernos nasceu e, com ele, o romance, sua imagem e modelo.

KUNDERA, M. "A arte do romance". Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1988. p. 12.

A partir do texto, é possível afirmar:

I. Os Tempos Modernos estão relacionados à consolidação da Igreja Católica como eixo central do pensamento e da organização sociopolítica da Europa.
II. O desenvolvimento do romance, com sua ênfase no indivíduo e na subjetividade, expressa uma possibilidade de reorganização do homem moderno com a sua realidade.
III. Com os Tempos Modernos, as bases filosóficas da Civilização Ocidental entram numa crise irremediável, sem que se ergam novos valores capazes de organizar o mundo.
IV. Dom Quixote é um símbolo das incertezas do homem moderno, e sua trajetória pelo mundo é o esforço de construir uma nova ordem de valores.

Está(ão) correta(s)

Escolha uma das alternativas.