Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de História

Listagem de exercícios

UFSM 2015

A letra do samba de Wilson Batista e Ataulfo Alves, "O bonde de São Januário" (1940), diz o seguinte:

Quem trabalha tem razão / Eu digo / E não tenho medo de errar / O bonde de São Januário / Leva mais um operário / Sou eu que vou trabalhar / Antigamente eu não tinha juízo / Mas hoje eu penso melhor / No futuro / Graças a Deus / Sou feliz / Vivo muito bem / A boemia não dá camisa pra ninguém.

Na letra dessa música, constata-se uma mudança da perspectiva dos sambistas do início do século XX, que costumavam valorizar a vida boêmia e não o trabalho. Essa mudança deveu-se

I. à vitória paulista na Revolução Constitucionalista de 1932, que resgatou o valor do trabalho entre os operários brasileiros.
II. à instauração do Estado Novo, que implementou uma política de forte desenvolvimento industrial e mobilizou milhares de trabalhadores.
III. ao nacionalismo e desenvolvimento propagados pela ditadura getulista e ao estímulo à produção de manufaturados em substituição às importações dificultadas pela 2ª Guerra Mundial.
IV. à implementação de órgãos de repressão e censura, como o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda), durante o governo do general Eurico Gaspar Dutra, impedindo a veiculação de produtos culturais considerados permissivos.

Está(ão) correta(s)

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login