Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de História

Listagem de exercícios

UFSM 2015

A letra do samba de Wilson Batista e Ataulfo Alves, "O bonde de São Januário" (1940), diz o seguinte:

Quem trabalha tem razão / Eu digo / E não tenho medo de errar / O bonde de São Januário / Leva mais um operário / Sou eu que vou trabalhar / Antigamente eu não tinha juízo / Mas hoje eu penso melhor / No futuro / Graças a Deus / Sou feliz / Vivo muito bem / A boemia não dá camisa pra ninguém.

Na letra dessa música, constata-se uma mudança da perspectiva dos sambistas do início do século XX, que costumavam valorizar a vida boêmia e não o trabalho. Essa mudança deveu-se

I. à vitória paulista na Revolução Constitucionalista de 1932, que resgatou o valor do trabalho entre os operários brasileiros.
II. à instauração do Estado Novo, que implementou uma política de forte desenvolvimento industrial e mobilizou milhares de trabalhadores.
III. ao nacionalismo e desenvolvimento propagados pela ditadura getulista e ao estímulo à produção de manufaturados em substituição às importações dificultadas pela 2ª Guerra Mundial.
IV. à implementação de órgãos de repressão e censura, como o DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda), durante o governo do general Eurico Gaspar Dutra, impedindo a veiculação de produtos culturais considerados permissivos.

Está(ão) correta(s)