Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFU 1998

"Dois dias depois das eleições, proclama-se a Comuna. (...) Na praça, lá na frente, não cabe mais ninguém. Batalhões da Guarda, mulheres, crianças, tambores e baionetas, entre a Marselhesa e a bandeira vermelha - que se agita em grande quantidade junto a umas poucas tricolores."

GONZÁLES, Horácio. A Comuna de Paris: os assaltantes do céu. 2a ed.São Paulo: Brasiliense, 1982. p. 64.

A respeito da Comuna de Paris (1871), podemos afirmar que

I- a Comuna, apesar de sua curta experiência de dois meses, instituiu o ensino laico, substituiu o exército permanente por milícias cidadãs, separou a Igreja do Estado, prorrogou o pagamento de aluguéis, eliminou a máquina burocrática e as indústrias passaram a ser dirigidas pelos operários.

II- a Comuna foi um movimento impulsionado pelo descontentamento do povo parisiense com a rendição francesa aos prussianos, quando as classes populares assumiram o controle da cidade e procuraram eliminar privilégios e distinções de classe.

III- a Comuna foi um movimento revolucionário de tendência socialista, sufocado por Luís Napoleão Bonaparte no chamado golpe do 18 Brumário, a partir do qual esse passou a ter o direito de reeleição a fim de instituir a Segunda República.

IV- a experiência da Comuna, de tomar ou destruir prédios e monumentos públicos, redesenhando o espaço urbano, defrontou-se com as reformas efetuadas por governos anteriores, cuja preocupação consistia em procurar controlar aglomerações e isolar bairros populares.

Assinale

Escolha uma das alternativas.