Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UFU 2002

Uma característica notável da produção capitalista é que ela se sustenta graças ao constante aperfeiçoamento técnico e ao aumento incessante da produtividade. Condição essencial para isto é uma divisão do trabalho, que acaba por tornar cada tarefa individual um ato abstrato e aparentemente sem qualquer relação com o produto final. Assim, a própria divisão capitalista do trabalho, a atribuição de tarefas ou mesmo de uma atividade profissional atendem aos interesses particulares dos grupos dominantes e só eventualmente dos produtores: seu próprio prazer está subordinado à produção.

QUINTANEIRO, Tania & outros, Um toque de clássicos: Durkheim, Marx e Weber, Belo Horizonte: Editora UFMG, 1995, p. 96.

Com base no texto acima, identifique as afirmações que podem ser consideradas teoricamente pertinentes e, a seguir, marque a alternativa correta.

I - Trata-se de um dos argumentos da teoria marxista para a análise do caráter fetichista da mercadoria e da alienação dos indivíduos submetidos às relações sociais de produção na sociedade capitalista.

II - Trata-se de um argumento comum às teorias sociológicas de Émile Durkheim, Karl Marx e Max Weber, uma vez que os três pensadores convergem inteiramente quanto aos conceitos de indivíduo, divisão social do trabalho e alienação.

III - Trata-se de um argumento pertinente da teoria marxista para a análise das relações entre o indivíduo e a sociedade, uma vez que, para Karl Marx, a formação das subjetividades individuais depende das relações sociais de produção.

IV - Trata-se de um argumento sociológico da teoria marxista que pressupõe o fim das subjetividades individuais e das identidades coletivas na sociedade capitalista, tendo em vista os fenômenos da globalização da economia.

Escolha uma das alternativas.