Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Literatura

Listagem de exercícios

UNAMA 2008

Considere os textos abaixo, todos fragmentos de famosos poemas das Literaturas Portuguesa e Brasileira.

 

Texto I

 

No mundo non me sei parelha,

Mentre me for como me vai,

Ca já moiro por vós – e ai!

Mia senhor branca e vermelha (...)

(Cantiga da Ribeirinha, Paio Soares de Taveiros)

 

Texto II

 

[...] Chamei-me Adamastor, e fui na guerra 

Contra o que vibra os raios de Vulcano;

Não que pusesse serra sobre serra, 

Mas, conquistando as ondas do Oceano,

Fui capitão do mar, por onde andava 

A armada de Netuno, que eu buscava. [...]

(Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões)

 

Texto III

 

Vem, ó Marília, vem lograr comigo 

Destes alegres campos a beleza,

Destas copadas árvores o abrigo: 

Deixa louvar da corte a vã grandeza:

Quanto me agrada mais estar contigo

Notando as perfeições da Natureza!

(Sonetos, de Manuel Maria du Bocage)

 

Texto IV

 

"Porém, se acaba o Sol, 

por que nascia? 

Se tão formosa a Luz é,  

por que não dura? 

Como a beleza assim se transfigura?  

Como o gosto da pena assim se fia?"

(Sonetos, Gregório de Matos Guerra)

 

A respeito de cada um dos fragmentos de textos poéticos apresentados acima, avalie as afirmativas a seguir:

 

I. O texto I faz parte de uma cantiga de amigo, gênero da poesia medieval escrita em galego-português, caracterizado pelo eu-lírico feminino.

II. No discurso do Gigante Adamastor – alegoria do cabo das Tormentas – no texto II, há referência à mitologia grega, marca do classicismo ao qual Camões recorre para expressar poeticamente as ações desse episódio que conta as dificuldades enfrentadas pelos marinheiros portugueses ao cruzarem com suas naus o ponto mais perigoso do percurso.

III. No texto III revelam-se especialmente o ambiente bucólico, o fugere urbem, a busca da natureza como o ideal de vida simples, a simplicidade e a clareza das idéias e da linguagem – elementos tipicamente árcades

IV. O uso das frases interrogativas, no texto IV, ajudam a expressar, pela linguagem, a dúvida e a incerteza que caracterizam os conflitos humanos do período barroco, revelados também na poesia lírica amorosa de Gregório de Matos Guerra.

 

O correto está em:

 

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login