Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNAMA 2012

Texto 1

 

“A cada dia o mundo fica menor. [...] Com o desenvolvimento da internet então, o mundo parece não ter mais fronteiras. Se há algumas décadas, a diferença entre cidades como Nova York e São Paulo era enorme, hoje em dia a semelhança entre as duas é bastante visível. As propagandas espalhadas pelas ruas, por exemplo, mostram os mesmos produtos e marcas [...] Todas estas tecnologias favorecem o fenômeno da globalização, no qual os elementos de uma aparente „cultura mundial‟ se integram com as culturas regionais.”

(Texto adaptado de A imposição da Liberdade, Carolina Amaral de Aguiar. IN CATELLI JÚNIOR, Roberto. História:texto e contexto:Ensino Médio.São Paulo: Scipione, 2006,p.91.)

 

Texto 2

 

“Em 1500 faz oito anos que há presença européia no Caribe: uma primeira tentativa de colonização sobre a qual ninguém na época podia imaginar que seria o prelúdio da conquista e da ocidentalização de todo um continente, e até, na realidade uma das primeiras etapas da globalização [...] Em 1500, ainda estamos bem longe de uma economia mundial. No limiar do século XVI, a globalização corresponde ao fato de setores do mundo que se ignoravam ou não se freqüentavam diretamente serem postos em contatos uns com os outros”.

(GRUZINSKI, Serge.1480-1520: a passagem do século. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.12,97-8)

 

A partir da leitura dos textos acima e dos conhecimentos que a história nos proporciona, é correto dizer que o historiador Serge Gruzinski defende a tese de que as origens históricas da globalização podem ser encontradas,

 

Escolha uma das alternativas.