Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNB 2011

Mar

 

Fomos ver o mar. Era de manhã, fazia sol. De repente houve um grito: o mar! Era qualquer coisa de largo, de inesperado. Estava bem verde perto da terra, e mais longe estava azul. Nós todos gritamos, numa gritaria infernal, e saímos correndo para o lado do mar. As ondas batiam nas pedras e jogavam espumas que brilhavam ao sol. Ondas grandes, cheias, que explodiam com barulho. Ficamos ali parados, com a respiração apressada, vendo o mar...

 

Depois o mar entrou na minha infância e tomou conta de uma adolescência toda, com seu cheiro bom, os seus ventos, suas chuvas, seus peixes, seu barulho, sua grande e espantosa beleza.
Rubem Braga. Mar. In: O conde e o passarinho e Morro do Isolamento. Rio de Janeiro: Editora do autor, 1964, p. 155.

 

É comum que obras literárias sejam encenadas. Acerca da possibilidade de encenação do texto apresentado, assinale a opção correta.

Escolha uma das alternativas.