Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNB 2012

O regime militar brasileiro foi mais homogêneo e atravessou crises menos agudas do que o argentino. A própria transição para a democracia mostrou diferenças sensíveis. Enquanto, no Brasil, resultou de longo processo político, que se desejava “lento, gradual e seguro”, nas palavras muito divulgadas do general Geisel, na Argentina, o regime teve um fim abrupto, precipitado pelo episódio da Guerra das Malvinas, a tal ponto que, no caso brasileiro, é possível datar de diferentes formas o início do período democrático, considerando-se várias alternativas cronológicas.

Boris Fausto e Fernando Devoto. Brasil e Argentina: um ensaio de história comparada (1850-2002). São Paulo: Editora 34, 2005, p. 396.

 

Considerando o texto acima, julgue os itens:

 

(  ) Grandes reservas de petróleo no arquipélago das Malvinas têm gerado disputas entre Argentina e Reino Unido pela soberania do território, reivindicada, na atualidade, pelo governo da presidenta Cristina Kirchner.

(  ) O “fim abrupto” do regime militar na Argentina deveu-se à derrota do país diante da Inglaterra, que, desejava abrir caminho para uma forma de governo liberal-democrático, para facilitar seu comércio com a Argentina, finalidade também presente na intervenção armada no continente, durante a Guerra do Paraguai.

 

Coloque C para Certo e E para Errado e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

Escolha uma das alternativas.