Confira agora suas respostas com o gabarito Enem do Stoodi!

Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Gramática

Listagem de exercícios

UNB 2013

Dom Casmurro: o ciúme e a dúvida póstuma


1 Na literatura brasileira, poucos personagens têm a
força de Capitu. Continuamos naufragando em seus “olhos de
ressaca”. A questão em aparência inevitável é: Capitu traiu
4 Bento Santiago?


Reconheço que essa é uma leitura válida do romance.
Trata-se, porém, de leitura fácil, demasiadamente fácil, que
7 deixa escapar a malícia do texto. Ora, o tema central de Dom
Casmurro
não é a infidelidade, mas o ciúme. E não um ciúme
qualquer, mas o de um escritor malogrado. O ciumento, ensina
10 o Houaiss, define-se pelo “receio de que o ente amado dedique
seu afeto a outrem”, é “o medo de perder alguma coisa”.


O ciúme tem uma dimensão muito mais inquietante,
13 que, se o dicionário ignora, a literatura revela. O ciumento
nunca dispõe de prova definitiva da infidelidade. O ciumento
é um possessivo dotado de poderosa imaginação, é um escritor
16 malogrado, que, em lugar de livros, produz fantasias de
adultério. Os grandes clássicos sempre destacaram esse
aspecto. Em Hipólito, de Eurípedes, Teseu acusa o filho com
19 base em falsa evidência. Em Otelo, uma prova fraudulenta,
arquitetada por Iago, leva o mouro a assassinar Desdêmona.


O próprio Bentinho revelou a natureza do problema:
22 “Cheguei a ter ciúmes de tudo e de todos. Um vizinho, um par
de valsa, qualquer homem, moço ou maduro, me enchia de
terror ou desconfiança.” Tal sentimento associado a uma
25 fantasia indomável produz um resultado previsível: “a minha
imaginação era uma grande égua ibera; a menor brisa lhe dava
um potro, que saía logo a cavalo de Alexandre.”


28 A literatura também não dispõe de “provas”, não
expõe “evidências”; como o ciúme, a literatura é um discurso
que se alimenta da dúvida, da impossibilidade de conhecer a
31 “verdade” última do mundo. Dom Casmurro é um dos mais
poderosos elogios à força da ficção, à ideia da literatura como
uma máquina de produzir perguntas inovadoras. Por isso, não
34 há como saber se Capitu traiu Bentinho: nessa lição de Dom
Casmurro, reside a superioridade da literatura de Machado de
Assis.

João Cezar de Castro Rocha. Jornal do Brasil, 10/6/2006 (com adaptações).

 

Assinale a opção em que a afirmativa está de acordo com o descrito na norma gramatical da língua padrão.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.