Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNB 2013

Eu sou, gentil Marília, eu sou cativo;
Porém não me venceu a mão armada
De ferro, e de furor:
Uma alma sobre todas elevada
Não cede a outra força, que não seja
A tenra mão de amor.
(...)
As abelhas nas asas suspendidas
Tiram, Marília, os sucos saborosos
Das orvalhadas flores:
Pendentes dos teus beijos graciosos
O mel não chupam, chupam ambrosias
Nunca fartos Amores.
(...)
Estima, pois, os mais a liberdade;
Eu prezo o cativeiro: sim, nem chamo
À mão de amor ímpia:
Honro a virtude, e os teus dotes amo
(...)

Lucia Helena (Org.). Tomás Antônio Gonzaga. Coleção Nossos Clássicos. Rio de Janeiro: Agir, 1996, p. 85.

 

Os poemas reunidos na obra Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga, revelam um eu lírico

Escolha uma das alternativas.