Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Literatura

Listagem de exercícios

UNICENTRO 2009

Leia, atentamente, este soneto e, em seguida, marque (V) para as afirmativas verdadeiras e (F) para as falsas.

 

II

Mário Quintana

Dorme ruazinha... É tudo escuro...

E os meus passos, quem é que pode ouvi-los?

Dorme o teu sono sossegado e puro,

Com teus lampiões, com teus jardins tranqüilos...

 

Dorme... Não há ladrões, eu te asseguro...

Nem guardas para acaso persegui-los...

Na noite alta, como sobre um muro.

As estrelinhas cantam como grilos...

 

O vento está dormindo na calçada.

O vento enovelou-se como um cão...

Dorme, ruazinha... Não há nada...

 

Só os meus passos... Mas tão leves são

Que até parecem, pela madrugada,

Os da minha futura assombração...

 

( ) As rimas estão alternadas ou cruzadas.

( ) Quanto à métrica, trata-se de um alexandrino.

( ) Em todos os versos, o ritmo está marcado nas sextas sílabas.

( ) Em “Nem guardas para acaso persegui-los...” – Nota-se uma aliteração.

( ) As reticências denotam sugestão pelo prolongamento imaginativo do conteúdo.

( ) Em “As estrelinhas cantam (...)” e “O vento está dormindo (...)” – Existe a figura denominada prosopopéia.

 

Assinale a opção CORRETA.

Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.