Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNICENTRO 2011

A disponibilização de informações adequadas e compreensíveis nas embalagens dos alimentos sobre o conteúdo nutricional, que não levem o consumidor a erro, pode contribuir para a promoção da saúde e a redução do risco de doenças relacionadas à alimentação e à nutrição, conforme descreve a Estratégia Global em Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde, aprovada na 57a Assembléia da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 22 de maio de 2004. Cento e quatro países membros da OMS, inclusive o Brasil, foram signatários dessa estratégia. Alguns desses países possuem legislações que preveem a rotulagem nutricional obrigatória, bem como normatizam outros aspectos acerca da comercialização dos alimentos.

(COUTINHO, J. G. & RECINE, E. Experiências internacionais de regulamentação das alegações de saúde em rótulos de alimentos. Rev Panam Salud Publica/Pan Am J Public Health, v. 22(6). p. 432-437. 2007. Adaptado.).

 

Quando a embalagem de um alimento expõe que a sua composição é rica em proteínas, significa que, durante o
processo de digestão desse alimento, o composto orgânico em questão será substrato para a ação de enzimas digestórias específicas, encontradas na composição de secreções que atuam em diferentes órgãos do sistema digestório. 

 

Considerando-se as informações, é correto afirmar que a digestão das proteínas

Escolha uma das alternativas.