Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNICENTRO 2011

A raça é uma realidade natural ou biológica produzida pela diferença dos climas, da alimentação, da geografia e da reprodução sexual. Quem duvidará disso, se vemos que os africanos são negros, os asiáticos são amarelos de olhos puxados, os índios são vermelhos e os europeus, brancos? Se formos religiosos, saberemos que os negros descendem de Caim, marcado por Deus, e de Cam, o filho desobediente de Noé. Certezas como essas formam nossa vida e o senso comum de nossa sociedade, transmitido de geração a geração, e, muitas vezes, transformando-se em crenças religiosas, em doutrina inquestionável. 

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. 6. ed. São Paulo: Ática, 1995.

Sobre as relações entre o senso comum e conhecimento sociológico, identifique com V as afirmativas verdadeiras e com F, as falsas.

(     ) O saber sociológico possui disciplina, regras de verificação e um quadro de referências com limites rigorosos, que funcionam como uma moldura que o diferencia da compreensão que o senso comum tem do mesmo mundo.
(     ) O conhecimento do senso comum é acumulado pelos homens, de forma empírica e teórica porque se baseia na experiência cotidiana e na experiência científica, o que pressupõe uma postura crítica.
(     ) O pensar sociológico se assemelha ao senso comum, pois são autoevidentes, isto é, não questionam seus preceitos e não precisam de confirmação prática.
(     ) O senso comum ou o conhecimento espontâneo é rico, embora desordenado e não sistemático, geralmente desarticulado e inefável.

A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é a 

Escolha uma das alternativas.