Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNICENTRO 2016

Se a economia do mundo do século XIX foi constituída principalmente sob a influência da Revolução Industrial britânica, sua política e sua ideologia foram constituídas fundamentalmente pela Revolução Francesa. A Grã-Bretanha forneceu o modelo para ferrovias e fábricas, o explosivo econômico que rompeu com as estruturas socioeconômicas tradicionais do mundo não europeu. No entanto, foi a França que fez suas revoluções e a elas deu suas ideias, a ponto de bandeiras tricolores terem se tornado o emblema de praticamente todas as nações emergentes, e as políticas europeias (ou mesmo mundiais), entre 1789 e 1917, foram em grande parte lutas a favor e contra os princípios de 1789, ou os ainda mais incendiários de 1793. A França forneceu o vocabulário e os temas da política liberal e radical-democrática para a maior parte do mundo. A França deu o primeiro grande exemplo, o conceito e o vocabulário do nacionalismo.

(Adaptado de: HOBSBAWM, E. J. A Revolução Francesa. Trad. de Maria Tereza Lopes Teixeira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996. p.9 (Coleção Leitura).)

 

Com base no texto e nos conhecimentos sobre a Revolução Francesa, considere as afirmativas a seguir.

 

I. O final do século XVIII foi uma época de crise para os velhos regimes da Europa e seus sistemas econômicos. Foram décadas repletas de agitações políticas, chegando até o ponto de revoltas, de movimentos coloniais em busca de autonomia, às vezes atingindo a secessão.

II. Sua base teórica foi cunhada, entre outros, pelo filósofo e pensador suíço Jean-Jacques Rousseau, um dos nomes mais destacados do pensamento conhecido como iluminismo, que concebia o homem como um ser livre, igual a seus semelhantes, com os quais deveria conviver fraternalmente.

III. Entre todas as revoluções contemporâneas, a Revolução Francesa foi a única ecumênica. O fato de esse movimento ter rompido radicalmente com um sistema estabelecido havia pelo menos cinco séculos levou muitos pensadores a afirmar que ela não foi apenas um movimento nacional, mas uma revolução de caráter supranacional.

IV. No momento do desencadeamento da Revolução, a França vivia uma república oligárquica sob Luís XV, que detinha um poder controlado pela camada de privilegiados constituída pelo clero e pela nobreza, que vivia em torno do governante sem pagar impostos e às custas da maioria do povo francês.

 

Assinale a alternativa correta.

Escolha uma das alternativas.