Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNICHRISTUS 2018

Pensando em aumentar as chances de sobrevivência de bebês prematuros, cientistas desenvolveram um útero artificial e, em abril, conseguiram gerar um feto de cordeiro nascido com o equivalente a 23 semanas de gestação humana (idealmente são 38). A estrutura consistia em uma bolsa preenchida por um fluido que simulava a placenta, em que o animal permaneceu por quatro semanas e conseguiu se desenvolver normalmente.

Com o sucesso do experimento, os pesquisadores esperam realizar testes com bebês humanos no futuro.

Disponível em:Acesso em: 19 fev. 2018.

O útero artificial consistia em uma bolsa preenchida por um fluido que simulava uma estrutura que, no desenvolvimento embrionário humano, é formada

 

Escolha uma das alternativas.