Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNIMONTES 2011

Vivenciando as mudanças ocorridas na sociedade após as revoluções Francesa e Industrial, uma das grandes preocupações de Auguste Comte (1798-1857) era a crise de sua época, causada, segundo ele, pela desorganização social, moral e de ideias. A solução se encontraria na constituição de uma teoria apropriada - a Sociologia -, capaz de extinguir a anarquia científica vigente, origem do mal. Esse seria, precisamente, o momento em que se atingiria o estado positivo, o grau máximo de complexidade da ciência. Para isso, era indispensável aperfeiçoar os métodos de investigação das leis que regem os fenômenos sociais, ou seja, descobrir qual é a ordem contida na história humana.

QUINTANEIRO, Tânia; BARBOSA, Maria L. de O.; OLIVEIRA, Márcia G. M. de. Um toque de clássicos: Marx, Durkheim e Weber.

Considerando as reflexões do autor sobre esse tema, julgue os itens a seguir:
I - Comte postula que o desenvolvimento do espírito humano, isto é, a história das ideias humanas passa por trás estados: teológico/fictício, metafísico/abstrato e científico/positivo.
II - A chamada filosofia positiva, para Comte, é fundamentalmente um sistema geral do conhecimento humano que se antepõe à filosofia negativa e tem a pretensão de organizar, e não de destruir a sociedade.
III - Para que fosse possível a reorganização social, seria necessário reconstruir sistematicamente as opiniões e os costumes da sociedade por meio da sistematização dos pensamentos humanos e, por isso, propõe uma Sociologia científica com objeto e método claramente definidos.

Estão CORRETOS os itens

Escolha uma das alternativas.