Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UNIMONTES 2015

O Norte de Minas Gerais, especificamente a região de Montes Claros, está inserido em uma área de transição entre os domínios do Cerrado e da Caatinga. A vegetação da região expressa uma condição de sobrevivência ligada à deficiência hídrica (vegetação xerófita), adaptada a um clima severo, com baixa precipitação anual distribuída em um curto período do ano (Sano & Almeida, 1998; Fernandes, 2002). A vegetação local compreende-se em uma floresta estacional decídua, abrangendo as “Matas Secas”, que, segundo Pedralli (1997), possuem estrutura e composição florística muito variadas, definidas pelo seu ritmo estacional, que se traduz por elevado grau de deciduidade foliar durante a seca. Adicionalmente, as “Matas Secas” nessa região são frequentemente cortadas por córregos intermitentes rodeados por florestas de galeria. As Matas de Galeria são perenifólias e floristicamente similares à Mata Seca, sendo a transição entre estas praticamente imperceptível na região, diferenciando-se pela estrutura, que em geral é mais densa e mais alta e pela associação ao curso de água. (Ribeiro & Walter, 1998.)

SANTOS, R. M.; VIEIRA, F. A. similaridade florística entre formações de Mata Seca e Mata de Galeria no Parque Municipal da Sapucaia, Montes Claros-MG. Revista científica eletrônica de engenharia florestal. Ano IV, N. 7, 2006.

 

Com base nas informações contidas no texto, assinale a alternativa CORRETA.

Escolha uma das alternativas.