Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UP 2015

Na asa do vento


Deu meia noite, a lua faz um claro
Eu assubo nos aro, vou brincar no vento leste
A aranha tece puxando o fio da teia
A ciência da abeia, da aranha e a minha
Muita gente desconhece


Muita gente desconhece, olará, viu?
Muita gente desconhece

 

A lua é clara, o sol tem rastro vermelho
É o mar um grande espelho onde os dois vão se mirar
Rosa amarela quando murcha perde o cheiro
O amor é bandoleiro, pode inté custar dinheiro
É fulô que não tem cheiro e todo mundo quer cheirar

 

Todo mundo quer cheirar, olará, viu?
Todo mundo quer cheirar

Disponível em . Acesso em 21 maio 2014.

 

Considere a seguinte definição de metáfora: “Designação de um objeto ou qualidade mediante uma palavra que designa outro objeto ou qualidade que tem com o primeiro uma relação de semelhança” (Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa). Com base nessa definição, observa-se uma metáfora no seguinte verso de “Na asa do vento”:
 

Escolha uma das alternativas.