Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

UTFPR 2009

A segunda guerra greco-pérsica teve seu fim na Batalha de Platéia, em 479 a.C., quando os persas foram derrotados por uma confederação de cidades gregas. Em 477 a.C., Atenas firmara com as cidades jônicas uma aliança, a Liga de Delos, para protegê-las dos persas. No início, as cidades que faziam parte da liga mantiveram sua autonomia, mas Atenas desde o primeiro momento assumiu a direção militar e a administração dos recursos que os aliados haviam depositado no templo de Apolo, em Delos. Com base nesse entendimento, analise as afirmações abaixo:

I) Ao afastar-se o perigo persa, a hegemonia ateniense começou a ser discutida por algumas cidades que faziam parte da Liga do Peloponeso, à frente das quais estava Esparta.

II) Os choques entre Atenas e outras cidades se tornaram cada vez mais frequentes, o que provocou a reunião da Liga do Peloponeso, cujos membros decidiram declarar guerra a Atenas.

III) Os atenienses pouco fizeram para evitá-la, confiantes nas vultosas reservas de ouro, suficientes para financiar um longo conflito, e na frota de navios, imensamente superior aos rivais.

IV) O exército espartano era menor e estava menos preparado que o ateniense, fazendo com que a guerra durasse pouco e não causasse grandes estragos no mundo grego.

Estão corretas somente as afirmações:

Escolha uma das alternativas.