Ter um espírito empreendedor não é para qualquer um, não é mesmo? No entanto, algumas pessoas nascem com um verdadeiro dom para liderar e gerir os mais diversos projetos e pessoas. Se você é um desses indivíduos, a carreira em Gestão de Projetos pode ser uma boa alternativa para você!

Apesar de ser um curso relativamente difundido por todo o Brasil, a Gestão de Projetos ainda é uma área bastante desconhecida do grande público. Para mudar esse quadro, preparamos um artigo que trará as principais informações sobre essa formação e o mercado de trabalho após a conquista do diploma.

Tudo certo, então? A seguir, descobriremos mais sobre a Gestão de Projetos, suas principais características e como funciona o curso, além de mostrar informações sobre o perfil de um gestor de projetos e como ele pode obter o devido sucesso em sua carreira e vida profissional. Boa leitura!

O que é Gestão de Projetos?

A maioria de nós não faz a menor ideia de como funciona o mundo corporativo, não é mesmo? Se você é um vestibulando interessado em saber mais sobre um determinado curso que pretende estudar mais à frente, é ainda mais provável que jamais tenha tido qualquer tipo de contato com esse conceito. Certo?

Errado! A Gestão de Projetos faz parte de nosso dia a dia de maneira frequente e quase que ininterrupta. Para compreendê-la, é muito simples: basta olhar para os diferentes processos que fazem parte de seu cotidiano. Por exemplo: pare por um instante e reflita sobre a sua casa.

Há uma verdadeira gestão de projetos e processos ocorrendo a todo o tempo em seu lar, doce lar. As contas fazem parte do dia a dia; certos ingredientes precisam estar presentes na dispensa para que as refeições diárias sejam preparadas; há uma programação para a lavagem de louça e das roupas; existe uma certa delegação de tarefas etc.

De modo prático, a gestão de projetos faz justamente isso: organiza o dia a dia de uma empresa ou negócio, independentemente de seu porte, fazendo com que os processos cotidianos sejam mais eficientes e devidamente otimizados. Conhecer esses conceitos é fundamental para quem almeja ser um grande líder e ter sucesso na carreira corporativa.

A gestão de projetos, atualmente, faz um largo uso de tecnologias avançadas e muitas tendências. Por isso, estar sempre atualizado e ter uma grande sede de conhecimento também é muito importante para aqueles que buscam uma carreira nessa área que está em plena expansão e é cada dia mais requisitada pelo mercado de trabalho.

Curso de gestão de projetos

Agora que já sabemos um pouco sobre como funciona o curso de gestão de projetos (ou, pelo menos, compreendemos quais são os seus conceitos mais importantes), que tal aprendermos ainda mais características sobre essa pós-graduação tão importante para os que têm uma carreira no mundo dos negócios?

Além de ser excelente para gestores e empreendedores, a Gestão de Projetos é muito importante para sabermos lidar melhor com o nosso dia a dia no âmbito pessoal. Por isso, esse tipo de curso também é bacana para nos ajudar em outros momentos de nossa vida que vão muito além do trabalho.

Nos dias atuais, o mercado de trabalho se mostra cada vez mais competitivo e, portanto, se aperfeiçoar não é mais um luxo, e sim uma necessidade. As pessoas estão cada vez mais qualificadas e investir em uma pós-graduação como essas é uma boa maneira de conseguir destaque em meio a outros profissionais tão bons quanto você.

Gostaria de saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura e veja quais são as principais características dessa pós-graduação. Mais à frente, aprenderemos habilidades fundamentais para o profissional dessa área e muito mais!

Duração do curso

O curso de Gestão de Projetos é, na maioria das vezes, oferecido como uma pós-graduação. Isso significa que para ingressar nesse processo, é fundamental ter completado, previamente, uma graduação na área de negócios ou em segmentos semelhantes. Normalmente, aqueles que partem para esse curso são graduados em Administração ou carreiras parecidas.

Cada tipo de pós-graduação terá uma série de pré-requisitos específicos. Alguns deles, inclusive, podem determinar que o candidato seja graduado em determinados cursos. Por isso, é fundamental estar sempre atento aos editais e tirar todas as suas dúvidas antes mesmo dos processos seletivos terem início.

De modo geral, a MBA em Gestão de Projetos dura cerca de 18 meses. Algumas delas, no entanto, têm uma duração ainda maior e podem chegar até a 2 anos de curso (ou seja, 24 meses). A carga horária média gira em torno de 300 a 400 horas, mas isso também é algo que pode variar para mais.

Além disso, é pedido, ao fim da pós-graduação, a defesa de uma monografia. Esse requisito está presente em praticamente todos os cursos e marca o fim da MBA, com a defesa de um trabalho (mais ou menos nos moldes do Trabalho de Conclusão de Curso, o TCC). Por isso, parte do tempo do curso é destinado à preparação e defesa desse trabalho em frente à banca avaliadora.

Estágio em Gestão de Projetos

Praticamente todas as graduações exigem um período de estágio obrigatório em seu currículo regular. Esse momento é excelente para que o estudante possa entrar em contato com a sua futura carreira e aprender, na prática, os desafios da profissão e claro, os meios de superá-los no dia a dia profissional.

A quantidade de horas de estágio obrigatório varia muito de curso para curso (na Medicina, por exemplo, eles ocupam dois anos inteiros da graduação) e de instituição para instituição. No caso das pós-graduações, ou seja, especializações (e particularmente no caso da Gestão de Projetos), isso nem sempre é um requisito para obter o diploma.

No entanto, é fundamental salientarmos a importância dos estágios para o dia a dia de um profissional. Ainda que aqui, o estudante já seja um indivíduo graduado (e possivelmente já tenha uma carreira para chamar de sua e, com ela, muita experiência), colocar em prática o que está sendo observado nas aulas é muito importante.

Por isso, sempre que possível, a realização de estágios é recomendada para qualquer tipo de profissional, mesmo os que estão fazendo um curso além de sua graduação. Muitas coisas só podem ser observadas (e, evidentemente, aprendidas e aperfeiçoadas) na prática.

Gestão de Projetos salário

Muitas carreiras têm uma faixa salarial pré determinada por sindicatos e outras normas referentes à profissão. Esse, infelizmente, ainda não é o caso do gestor de projetos e, por isso, os salários médios para esses profissionais tendem a variar bastante de acordo com uma série de fatores.

Além de fatores comuns, como a localização da empresa, o tempo de experiência do colaborador, o número de vagas disponíveis e muitos outros, é importante salientar que há uma boa discrepância, graças à formação principal de cada profissional. Por se tratar de uma pós-graduação, é comum que pessoas de muitas áreas realizem esse tipo de curso.

Por conta disso, os salários podem sofrer uma grande flutuação e chegar a pisos de R$ 1.500,00 até tetos de mais de R$ 20.000,00. Com isso, podemos ver que é possível obter uma remuneração realmente boa, mas que isso dependerá de uma série de fatores que não podem ser fixados.

No entanto, a média salarial para essa carreira é de cerca de R$ 6.500,00. Isso garante uma certa segurança de que investir nessa pós-graduação é algo bom não apenas para o seu conhecimento e maior qualificação profissional, como também para a obtenção de uma remuneração mais expressiva.

Gestão de projetos faculdades

Escolher uma boa instituição de ensino para dar continuidade aos estudos é algo extremamente importante. Embora a maior parte da preocupação de um estudante esteja na escolha da graduação mais conceituada e que mais conversa com os objetivos daquele indivíduo, decidir por uma pós-graduação também precisa ser uma prática cautelosa.

De modo geral, há uma grande variedade de instituições que oferecem pós-graduações em Gestão de Projetos. Entre elas, há alternativas que vão desde universidades privadas até algumas estaduais ou federais. No entanto, mesmo no caso das faculdades públicas, muitas vezes as pós-graduações são pagas.

Decidir entre a melhor universidade para fazer a sua pós é algo muito pessoal. Muitos fatores podem influenciar nessa decisão, como a localização do campus, a grade curricular do curso, a modalidade do ensino (presencial ou à distância, por exemplo), entre muitos outros pontos.

A seguir, conheceremos 3 das principais opções de MBA em Gestão de Projetos do Brasil. Há, no entanto, uma grande variedade de instituições que não serão mencionadas em nossa lista. Na dúvida, pesquise bastante sobre as suas opções e decida qual delas atende mais às suas necessidades pessoais!

Mackenzie

A Universidade Presbiteriana Mackenzie, uma das instituições privadas mais conceituadas de todo o Brasil, oferece o curso de pós-graduação em Gestão de Projetos. As aulas são ministradas no campus Higienópolis em períodos diferentes, ou seja, parte no noturno e parte no vespertino.

Boa parte do curso ocorre de maneira presencial, com carga horária de 432 horas (ou 18 meses). No entanto, há ainda algumas porções da especialização que são feitas em regime à distância, além da monografia, que conclui o curso e confere o diploma ao estudante.

USP

Completamente à distância, a pós-graduação em Gestão de Projetos da tradicionalíssima Universidade de São Paulo (USP) é uma ótima opção para estudantes ocupados, mas que buscam uma especialização em uma área importante para a sua carreira e, claro, sua realização pessoal.

Com os melhores docentes do mercado, o curso de Gestão de Projetos na USP oferece uma carga horária de 360 horas distribuídas ao longo de 18 meses. As provas também são feitas pela internet. A monografia e o último exame, no entanto, são feitos de forma presencial ao fim da pós-graduação.

FGV

É praticamente impossível falar sobre boas instituições voltadas para a área da Administração de Empresas e não citar a Fundação Getúlio Vargas (FGV), um dos nomes mais importantes no segmento, sendo uma importante referência como formadora de líderes no Brasil e no mundo.

Evidentemente, a FGV não podia ficar de fora e, por isso, também oferece um curso completíssimo de Gestão de Negócios. Esse curso ocorre no período de 2 anos e, durante esse tempo, o estudante se preparará para se tornar um grande líder e para saber controlar a gestão de todo e qualquer tipo de projeto.

MBA Gestão de Projetos

Como vimos anteriormente, boa parte dos cursos de Gestão de Negócios não ocorrem na forma de graduação. Na maioria das vezes, eles estão disponíveis na forma de pós-graduação ou MBA, como são conhecidas as especializações em áreas voltadas para a engenharia, administração ou gestão em geral.

MBA é uma sigla que se refere ao termo Master Business Administration, ou em português, mestre em administração em negócios. Esses são cursos que funcionam como uma pós-graduação comum, mas voltados exclusivamente para a formação de bons gestores e líderes.

Durante a formação, o aluno de uma MBA entrará em contato aprofundado com os temas vistos em sua graduação de origem e também aprofundará os seus conhecimentos em outras áreas, que têm relação com a primeira. Por isso, esse tipo de formação não é para iniciantes e sim para aqueles que querem um algo a mais para se colocar no mercado.

O processo de seleção aqui pode funcionar de diversas maneiras, mas normalmente envolve uma prova e, por vezes, uma entrevista com a diretoria da instituição em questão. O importante é sempre conferir o edital e entrar em contato com a faculdade de sua preferência para tirar eventuais dúvidas sobre o tema.

Gestão de projetos EAD

Nos últimos anos, uma série de instituições de ensino começou a investir fortemente no ensino a distância. Embora outrora esse conceito parecesse quase impossível, hoje, com o avanço da tecnologia e a familiaridade da população com esses conceitos, aprender em casa é uma realidade muito mais palpável.

Obviamente, o ensino a distância se resume a algumas carreiras que podem ser aprendidas no conforto de nosso lar. Outras – como é o caso da Medicina, Medicina Veterinária, Enfermagem e da Fisioterapia – precisam obrigatoriamente do contato ao vivo do estudante com os objetos de estudo.

Na Gestão de Projetos, no entanto, isso não é 100% necessário. Por isso, há ótimas opções de pós-graduações nessa carreira que são completamente feitas à distância. Outras, por sua vez, ocorrem na modalidade semi-presencial, enquanto algumas delas são totalmente presenciais.

Escolher a melhor modalidade para estudar é algo muito pessoal. A decisão certa dependerá de uma série de fatores, como a disponibilidade de tempo, disciplina do estudante e capacidade de organização pessoal de cada indivíduo. Avaliar bem as necessidades e oportunidades é, portanto, fundamental para fazer uma escolha acertada.

Nota de corte

Como mencionamos em nosso bate-papo, o caminho para se tornar um Gestor de Projetos envolve muitos aspectos diferentes. Por isso, é possível ingressar nessa carreira por meio de muitas graduações. Embora a mais comum delas seja a de Administração (ou Administração de Empresas), há outros caminhos que podem ser percorridos para chegar até aqui.

Algumas das outras graduações que estão comumente associadas com essa MBA são: Engenharia de Produção, Comunicação Social, Recursos Humanos, Arquitetura e Urbanismo e muitas outras. Por isso, a nota de corte para dar o primeiro passo nessa carreira pode variar muito.

Não há, de modo geral, uma nota de corte para ingressar em uma pós-graduação. Cada instituição terá seus próprios métodos de seleção, que podem ou não incluir uma prova como a de vestibular. Além de exames padrões, outros processos seletivos podem estar inclusos, como entrevistas e avaliações gerais de currículo.

Por isso, conhecer a nota de corte específica dessa carreira não é algo possível. O ideal é investigar a nota da graduação de origem e buscar informações sobre os editais com as instituições responsáveis pela pós-graduação. Assim, você terá mais informações sobre o processo seletivo e saberá exatamente como se preparar para ele.

Grade curricular

A grade curricular do curso de Gestão de Projetos é altamente ampla e muito abrangente. O objetivo do curso é formar profissionais devidamente capacitados para lidar com o dia a dia de empresas e outros tipos de gestão. A qualificação aqui, portanto, é utilizada tanto para o âmbito profissional quanto para o pessoal.

De modo geral, há muitas disciplinas que são abordadas no decorrer do curso. A grade pode variar bastante de acordo com a instituição escolhida para a sua pós-graduação, mas em geral traz algumas matérias muito parecidas e que são fundamentais para o conhecimento de um gestor de projetos.

Entre elas, podemos citar os Fundamentos da Gestão de Projetos, Gestão Financeira, a Gestão de Qualidade, de Riscos, de Comunicação, Tributária, e, claro, a Tecnologia Aplicada à Gestão de Negócios. O objetivo é ser bastante direto, conciso e, evidentemente, aprofundado no objeto de estudo.

Ao terminar esse curso, o pós-graduando estará apto a se colocar no mercado de trabalho com a qualificação esperada pelos empregadores. Assim, poderá alçar voos em sua carreira e conquistar os objetivos almejados durante a graduação.

lâmpada gestão de projetos

O profissional de gestão de projetos

Estamos quase nos aproximando do fim de nossa conversa! Até agora, já descobrimos uma série de aspectos super importantes da carreira de um gestor de projetos, certo? Agora, que tal conferirmos algumas das características fundamentais para os profissionais dessa área?

Saber exatamente qual é o perfil profissional de determinada carreira é essencial para que o futuro pós-graduado saiba o que o espera e também possa se preparar, durante o curso, para atender melhor às demandas de sua profissão. Sim, é isso mesmo: muitas habilidades são conquistadas por meio do esforço e por isso, conhecê-las desde cedo é uma vantagem.

Pensando nisso, preparamos uma listinha com algumas das habilidades e atribuições mais buscadas e exigidas dos profissionais da área de Gestão de Projetos. Assim, você pode se programar desde já para o desenvolvimento de tais competências, entrando no curso já bem preparado e pronto para enfrentar os desafios que encontrar pela frente. Vamos lá?

Perfil do profissional

Os profissionais de cada tipo de carreira, independentemente de sua área de atuação, precisam ter características específicas para as suas atribuições. Além de tornar o dia a dia profissional muito mais simples, o desenvolvimento de tais habilidades faz com que o trabalho feito seja de qualidade muito superior.

Para o gestor de projetos, as habilidades primordiais incluem:

  • ser bem organizado;
  • ter boa capacidade de liderança;
  • ter empatia;
  • saber se comunicar;
  • ter uma boa oratória;
  • ter bastante foco;
  • saber negociar e argumentar;
  • conseguir lidar com crises e problemas variados;
  • ter raciocínio rápido;
  • ter autocontrole;
  • ser persistente;
  • saber ser objetivo;
  • identificar problemas e buscar soluções;
  • ter criatividade;
  • ser muito disciplinado.

No dia a dia de trabalho, o profissional de Gestão de Projetos lidará constantemente com uma série de desafios que devem ser rapidamente resolvidos. Por isso, saber se organizar e liderar a equipe são características indispensáveis para fazer uma boa gestão dos problemas que surgirem.

Por conta disso, além de desenvolver boas técnicas por meio de muito estudo e dedicação, o profissional dessa área também deve trabalhar constantemente as suas habilidades humanas, como a empatia e a comunicação. A gestão de pessoas está diretamente relacionada com o sucesso da gestão de projetos de uma empresa.

Mercado de trabalho

Por fim, chegou o momento de descobrirmos como é o mercado de trabalho para o profissional pós-graduado em Gestão de Projetos! Agora, você saberá um pouco mais sobre as possíveis áreas de atuação desse profissional tão importante.

O mercado atual não mostra nenhum sinal de que está sobrecarregado para esse tipo de profissional. Portanto, ainda há um bom aporte de profissionais e espaço para todos que se qualificam nessa área de atuação.

Um gestor de projetos pode trabalhar em praticamente qualquer área, embora normalmente o gerenciamento em empresas seja o caminho mais comum. Além dela, há espaço para profissionais que atuam em campos como a Engenharia e a Arquitetura, além de muitos outros.

Até mesmo hospitais, ONGs, escolas e muitos outros ambientes podem se beneficiar com os serviços oferecidos por um gestor de projetos e, ao que tudo indica, esse cenário deve melhorar ainda mais nos próximos anos. Pouco a pouco, o povo brasileiro tem se mostrado mais adepto da prevenção de problemas do que a sua remediação, especialmente nos negócios.

Gostou de conhecer mais sobre a carreira de Gestão de Projetos? Então, agora é a hora de se dedicar muito aos estudos para garantir a sua tão sonhada e desejada vaga! Para isso, que tal seguir um Plano de Estudos personalizado para as suas necessidades? Conheça o plano do Stoodi e arrase em todas as suas provas!