Temas que podem cair no Enem 2018

Veja qual pode ser o assunto da redação do exame!

POSSÍVEIS TEMAS DE REDAÇÃO ENEM

Com o vestibular se aproximando, cria-se uma expectativa sobre o tema da redação do Enem 2018. Geralmente abordando assuntos atuais, a redação representa um total de 20% da prova, ou seja, é uma matéria que o estudante precisa focar bastante para conseguir uma boa nota final. Vale lembrar também que ela é a única disciplina do Enem que é possível consegue tirar 1000 pontos.

Sabendo disso, é importante que você fique ligado nas questões que vêm sendo debatidas pela sociedade, pois elas têm grandes chances de surgirem como tema da redação. Afinal, se você já tem familiaridade com o assunto, ficará muito mais fácil redigir um texto adequado e rápido!

A seguir, confira 16 possíveis temas da redação do Enem 2018.

1 . A importância do esporte como instrumento de inserção

O ano de 2018 foi marcado esportivamente pela Copa do Mundo de futebol, ocorrida na Rússia, no mês de julho. Como as questões de inclusão social também vêm ganhando cada vez mais espaço nos debates, o MEC pode simplesmente unir as duas temáticas para trazê-las na redação do Enem.

Sendo esse o tema abordado, você deve se preocupar em dissertar sobre o reflexo positivo dos valores do esporte como ferramenta de inserção social, como o companheirismo, trabalho em equipe, disciplina, acolhimento e principalmente o respeito para com os outros participantes.

2. Cyberbullying e crimes virtuais

Nos últimos anos, as discussões sobre crimes virtuais têm crescido muito, gerando até mesmo a tipificação deles perante à lei. No Brasil, campanhas estão sendo feitas para diminuir esse tipo de dano à sociedade.

Como a redação do ENEM procura buscar por referências recentes para discutir seus temas, é bom ficar de olho nesse assunto, já que séries como “13 Reasons Why”, da Netflix, e o “jogo” Baleia Azul movimentaram os debates sobre bullying e depressão entre jovens.

Caso o tema da redação seja esse, é uma boa opção trazer para a dissertação a importância da escola e da família como agentes no processo de conscientização.

3. Mobilidade urbana

Tema recorrente em concursos nos últimos anos, a mobilidade urbana é sempre um assunto atual no Brasil. Considerada como um dos principais desafios das grandes cidades do país, a malha de transportes públicos precária, aliada ao crescimento exponencial da quantidade de veículos particulares gera sempre grandes impasses na locomoção urbana.

É possível ainda que a prova aborde a recente crise de desabastecimento provocada pela paralisação dos caminhoneiros como um agravante das dificuldades de mobilidade no Brasil. Sem dúvidas, é um tema vasto, que tem o potencial de gerar vários desdobramentos para a redação do Enem.

4. Criminalização da homofobia

No âmbito social, poucas discussões são tão urgentes quanto a criminalização da homofobia, principalmente se levarmos em consideração o cunho de direitos humanos que recorrentemente são abordados na prova do Enem.

No final de 2017, várias discussões sobre o assunto esquentaram o debate, principalmente no meio político. O assunto ainda divide opiniões e a proposta de criminalização da homofobia continua parada no Senado.

Ainda vale lembrar que, com a tendência de aproveitar o debate em meios de entretenimento, é possível que a redação do Enem se baseie nas discussões feitas recentemente em novelas transmitidas por canais de maior circulação, as quais trazem personagens trans e homossexuais com maior frequência, debatendo o assunto com a população.

5. Família no século XXI

O conceito de família vem sendo atualizado constantemente nos últimos tempos, principalmente com a queda de vários preconceitos e barreiras. Assim, o núcleo de uma família não é mais visto apenas como a mãe, pai e os filhos, mas sim das mais diversas formas possíveis, sem definição de gênero.

A possibilidade de discutir o embate entre esse conceito atualizado com as ideias antigas e retrógradas pregadas por conservadores e grupos religiosos que tentam barrar esses avanços é grande. Dessa forma, a redação do Enem pode, ainda, abordar até mesmo os paralelos existentes entre essas conquistas sociais atuais em comparação com aquelas alcançadas nas décadas anteriores — hoje vistas como direitos fundamentais por todos.

6. A mudança das relações de trabalho no Brasil

Conforme a tecnologia avança, vários postos de trabalho tendem a ser extintos, com a mão-de-obra humana sendo substituída por máquinas. Previsões atestam que, nos próximos 30 anos, mais da metade da população dos Estados Unidos pode estar desempregada por conta da automatização.

Esse tipo de relação entre a mão-de-obra e a disponibilidade de trabalho é um tema muito importante, passível de ser cobrado no Enem. Recentemente, com a greve dos caminhoneiros, temas como a possibilidade de se substituir frentistas por serviços de self-service em postos de combustível foram muito discutidos. Com essa discussão mais próxima da realidade do Brasil, é possível que os temas sejam cobrados de maneira relacionada.

7. Crise energética

A crise energética é um tema recorrente nos concursos brasileiros. Sazonalmente, o país passa por períodos de escassez de água, o que resulta em problemas de energia elétrica, uma vez que a matriz brasileira é baseada no modelo hidrelétrico. Dessa forma, podemos usar assuntos relacionados à implementação de torres eólicas etc.

Relacionando esse cenário com o crescimento da demanda por energia, é possível que a redação do Enem aborde um assunto dentro deste tema, como já fez algumas vezes.

8. Insegurança urbana no Brasil

Não é novidade para ninguém que o nosso país enfrenta uma crise de segurança pública, agravada principalmente nos grandes centros urbanos, nos quais os roubos infelizmente fazem parte da rotina. Desencadeada de diversas formas, a violência se destaca no Brasil por alterar as relações de convivência e mobilidade urbana, ou seja, impacta diretamente na dinâmica de uma grande cidade.

Diante desse contexto, o ano de 2018 também foi marcado pela intervenção federal no estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de frear o avanço da violência. Esse fato é extremamente importante, pois, desde que promulgada a constituição brasileira de 1988, jamais ocorreu algo parecido no país. A intervenção ganhou muito espaço e visibilidade em todos os meios de comunicação, dando origem também a fortes debates sociais.

Bons argumentos para essa questão estão relacionados à desigualdade social e aos seus reflexos, direitos humanos, fragilidade na fronteira nacional, escassez de investimento em educação de base e ao recente aumento do desemprego no Brasil.

9. Meio ambiente

Se o Enem optar por um tema mais genérico, é bem provável que vá pelo caminho das discussões do meio ambiente. Já apareceu algumas vezes na redação, sempre de um ponto de vista de discussão pela busca de soluções ecologicamente corretas — e pode aparecer de novo.

Buscas por fontes alternativas de energia, como eólica e solar, podem basear a prova desse ano. Outra abordagem pode ser sobre o manejo e descarte correto do lixo, principalmente o eletrônico, que tem crescido vertiginosamente nas últimas décadas.

Tão importante quanto estar a par dos possíveis temas abordados na redação do ENEM, é se manter atualizado. Afinal de contas, todos os assuntos apontados nesse artigo demandam do aluno o poder de discutir temas atuais, que fazem parte do cotidiano da população, de maneira argumentativa e coesa.

10. O desafio da democracia na atual sociedade

No final deste ano, ocorrem as eleições em nosso país para presidente da república, governador, senador, deputado federal e estadual. Como isso é um fato muito importante e que decidirá o rumo do país pelos próximos 4 anos, não será surpresa se estiver de alguma forma como tema da redação do Enem 2018.

Cabe relembrar que as eleições passadas foram marcadas por um forte teor de polarização, dividindo a sociedade principalmente a partir de debates realizados nas redes sociais. Essa polarização de ideias ainda pode ser encontrada em parcelas da população, sendo refletida no crescimento da intolerância e atitudes radicais, seja qual for o posicionamento político.

Nesse caso, você pode dissertar sobre de qual maneira a democracia pode atuar como ferramenta de trabalho social, evitando justamente a criação de polos e divisão na sociedade. Como o período eleitoral está próximo, as chances dessa polarização voltar a crescer são grandes, justificando a relevância desse assunto.

Com essa possibilidade de tema, você pode construir o seu texto embasado em questões como a importância do diálogo, o debate saudável de ideias (vale a e pena fazer uma ponte com a importância do debate para os filósofos da Grécia antiga), o respeito à opinião alheia e as maneiras como o Poder público pode estimular a participação política da sociedade civil.

11. EUA, Coréia do Norte e a tensão mundial

Recentemente, o mundo viveu uma grande tensão a respeito de um possível conflito armado entre os Estados Unidos e a Coréia do Norte. Como são dois países que fazem parte de estratégicas relações diplomáticas, esse fato ganhou os noticiários ao redor do planeta, debatendo principalmente sobre os desdobramentos de uma possibilidade de guerra.

Essa tensão também ganhou grande destaque devido ao posicionamento diplomático de países aliados à Coréia do Norte, a Rússia e China. Sobre esse tema, é importante lembrar que foram as atividades nucleares e o tom ameaçador do ditador da Coréia do Norte que intensificaram a crise entre esses países, além, é claro, da postura nada conciliadora do presidente dos Estados Unidos.

Outro grande fato que demonstra a importância desse tema é o histórico por trás da atual tensão entre os dois países. Ou seja, vale a pena estar por dentro das causas dessa situação, com a Guerra da Coreia e a postura dos Estados Unidos.

Sendo esse o tema da redação do Enem 2018, você pode discutir a possibilidade de uma terceira guerra mundial, os prejuízos de um conflito armado para a sociedade (citando as consequências da 1° e 2° guerra mundial) e a importância de manter boas relações entre os países (trazendo questões da história e da geografia humana abordadas no ensino médio).

12. A diversidade presente na sociedade atual

Você provavelmente já deve ter a noção do quão diferente é a sociedade atual em relação à geração passada. Vários conceitos e atitudes vêm sendo revisados hoje em dia, no intuito de promover a diversidade e a relação de pessoas sob diferentes aspectos sociais.

Questões como racismo, homossexualidade e inclusão social de portadores de deficiência ganham cada vez mais espaço e consequentemente ajudam a dar visibilidade a esses assuntos. Assim, cria-se um fortalecimento para solicitar do poder público medidas que promovam a diversidade e o respeito ao indivíduo.

Caso esse seja o tema da redação do Enem 2018, você pode abordar a necessidade de mudança de alguns conceitos enraizados na sociedade, a inclusão de parcela da população, que historicamente sofre preconceito, a riqueza cultural presente na diversidade e possíveis soluções para esses problemas.

13. Imigrantes nos Brasil

A Venezuela, país da América do Sul e que faz fronteira com o Brasil, além de enfrentar uma grande crise de abastecimento alimentício, também atravessa um conturbado cenário político. Muitos de seus habitantes não têm o que comer, pois faltam itens básicos nos supermercados do país.

Aliado ao problema da perseguição política, muitos venezuelanos estão fugindo de seu país e atravessando a fronteira para o Brasil em busca de condições dignas de sobrevivência. No ano de 2018, a imigração foi intensificada e ganhou as páginas dos noticiários, devido à enorme quantidade de imigrantes venezuelanos, refugiados principalmente no estado de Roraima.

Chegando ao Brasil, muitos desses imigrantes se encontram em situação de vulnerabilidade social, ou seja, propícios à exploração do seu trabalho e em condições ruins de moradia e alimentação.

Com esse tema, é possível compor a sua dissertação com problemas sociais oriundos da imigração (pobreza, aumento da violência etc), soluções pacíficas implementadas pelo poder público e uma contextualização do tema a partir das experiências de outros países com a imigração.

14. Impunidade x condenação no Brasil

A condenação e prisão de importantes políticos e grandes empresários estamparam as manchetes de muitos meios de comunicação brasileiros no ano de 2018. Esse cenário de impunidade vem sendo aos poucos modificado nos últimos anos, principalmente devido aos desdobramentos da polícia federal na Lava Jato.

Na sua redação sobre esse tema, você pode apresentar argumentos relacionados à importância da aplicação da lei para todos, à relevância da justiça para o bem-estar da sociedade e às maneiras de como o poder público pode estimular voto consciente da população civil, uma vez que o Brasil é uma democracia representativa.

15. Representatividade e empoderamento feminino

O Brasil infelizmente ainda é um país no qual o “feminicídio” (assassinato de mulheres apenas por motivo de gênero) alcança dados alarmantes e há defasagem de remuneração salarial das mulheres no mercado de trabalho. Devido a esse cenário, cresce na sociedade a necessidade de entender esses problemas e procurar estabelecer relações de igualdade entre os gêneros.

A representatividade da mulher em todas as camadas sociais é um passo importante para acabar com a visão preconceituosa. Assuntos que promovam o empoderamento feminino são diariamente discutidos pelas redes sociais e em outros meios de comunicação. Como o Enem costuma abordar temas ligados aos direitos humanos e que estão no dia a dia do brasileiro, vale a pena não deixar esse tema de lado.

Ao criar argumentos para redigir uma redação sobre esse tema, considere os dados estatísticos sobre as desigualdades enfrentadas pelas mulheres no Brasil, a importância da educação para evitar práticas preconceituosas e a necessidade de proporcionar ambientes de debate sobre esse problema.

16. A dependência da malha rodoviária para o escoamento da produção

O Brasil enfrentou recentemente a greve dos caminhoneiros. Nesse momento, você pôde perceber o quão dependente nós somos desse tipo de serviço. Por alguns dias, faltaram, em todo o território, alimentos, artigos básicos, insumos hospitalares, etc. Essa dependência ficou ainda mais evidente quando começou a faltar combustíveis nos postos, ou seja, ficou claro que o país não funciona sem os caminhoneiros.

O modelo de escoamento da produção nacional é praticamente todo embasado nas rodovias federais, cabendo ao caminhoneiro (seja ele autônomo ou empregado por uma empresa transportadora) realizar o transporte para todo o país.

Se esse for o tema da redação, vale a pena destacar a necessidade de investimento em outros meios de escoamento (principalmente o ferroviário), o período do governo de Jucelino Kubichek, em que se foi discutida a possibilidade do Brasil adotar alternativas ao transporte rodoviário, e as condições das estradas brasileiras, as quais geram prejuízos para os motoristas.

Ser aprovado no vestibular é um processo gradual, construído desde o início da preparação. No Enem, nenhuma área do conhecimento deve ser deixada de lado, especialmente a redação. Portanto, além de ficar atento às questões gramaticais, construa os seus principais argumentos para os temas abordados neste texto.

Apenas em novembro vamos descobrir qual será o tema da redação do Enem 2018. Mas, quanto mais você estudar atualidades e construir argumentos a partir dos principais temas em debate na sociedade, maiores são as chances de detonar na hora da redação!

Ainda dá tempo de treinar a sua redação e mandar muito bem no dia do Enem. Para isso, aproveite as inúmeras sugestões de temas disponíveis no Stoodi e melhore ainda mais o seu texto!