Nota de corte do Sisu

INTRODUÇÃO

Quem vai fazer o Enem pensando em concorrer a uma das vagas oferecidas pelas universidades públicas precisa se preocupar com as notas de corte do Sisu. Elas definem quem ingressa e quem fica de fora de cada curso.

Mas você sabe como esse processo funciona? Já entende como ela é determinada? Para ajudar a esclarecer essas questões, o Stoodi preparou este texto com as principais dúvidas dos estudantes sobre a nota de corte do Sisu. Confira cada detalhe e tire o maior proveito possível de seu resultado no Enem. Boa leitura!

Como funciona a nota de corte do Sisu?

Antes de explicar como ela é calculada, você precisa entender o que é a nota de corte do Sisu. Ela é a menor pontuação possível exigida para ocupar a vaga de um curso. Se conseguir alcançá-la (ou superá-la!) até o fim do período de inscrições, seu ingresso está garantido e basta esperar a divulgação dos resultados pelo MEC.

Por outro lado, não alcançar a nota de corte não elimina você imediatamente da disputa. Isso porque pode haver desistência dos candidatos que são aprovados na primeira chamada, e quem opta por ficar na lista de espera continua concorrendo nas posteriores.

Cálculo da nota de corte

No primeiro dia de inscrições, o MEC divulga as vagas para cada curso e instituição, e os candidatos começam a se inscrever. Nesse momento, a nota de corte ainda não está definida.

Já no segundo dia, começa a matemática. Suponha que o curso que você deseja ofereça 30 vagas e recebeu, no 1º dia, a inscrição de 100 candidatos. Eles são ordenados por nota, começando da melhor e indo até a mais baixa. Então, a nota do 30º inscrito determina a nota de corte naquele dia.

O MEC divulga a hora em que a nota é atualizada no sistema, e isso é feito diariamente. Porque, a cada dia, novos candidatos consultem a situação do curso que desejam. Se eles percebem que estão abaixo da nota de corte, muitas vezes partem para outro curso.

Oscilações da nota de corte

Imagine que um candidato fez 700 pontos e se candidatou ao curso de Psicologia no primeiro dia. Quando consultou o site do Sisu, viu que a nota de corte estava em 750. Cinquenta pontos fazem muita diferença! Então, ele preferiu garantir sua vaga e mudou sua primeira opção para Administração, que tinha uma nota de corte de 690. Esse candidato está entre os aprovados até o momento, concorda?

Por outro lado, ele ocupou uma vaga e fez alguém descer em uma colocação. Isso causa aquele típico efeito dominó, fazendo o último colocado sair do páreo. Assim, a nota acaba aumentando.

Mas a nota de corte do Sisu pode diminuir, viu? Isso acontece quando um candidato, mesmo selecionado, sai da concorrência por um curso e opta por outro. Assim, ele abre espaço para mais uma vaga e, na ordem, o próximo colocado ocupa a última posição e passa a determinar a nota de corte.

Como ver a nota de corte do Sisu?

Nota de corte Sisu

Bom, você já deve ter percebido que não há garantias de aprovação na primeira chamada até o último dia de inscrições. Por isso, é muito importante monitorar os resultados todo dia. Na verdade, parece uma imensa corrida, e você tem que garantir que vai alcançar a linha de chegada entre os primeiros.

Por isso, a cada dia, depois da hora estabelecida pelo MEC, dedique-se a fazer login no site do Sisu e dar F5 até a nota de corte ser atualizada! Abaixo das informações da sua inscrição (na primeira e segunda opções), vão estar:

  • a quantidade de vagas na modalidade que você escolheu (ampla concorrência ou qualquer uma das opções para cotistas);
  • a sua nota na modalidade escolhida;
  • a nota de corte na modalidade até a data da última atualização.

Assim, você pode saber se está na disputa. Caso não tenha alcançado a nota de corte, essa é a hora de escolher se você prefere concorrer a outro curso ou apostar na lista de espera. E mesmo que esteja classificado, lembre-se que isso não é garantia de vaga, portanto, permaneça acompanhando os resultados até o último dia!

Exemplos de notas de corte do Sisu

Para ter uma ideia, vale a pena conferir a nota de corte do Sisu 2017. Assim, você vai ter uma boa base do quanto precisa tirar para entrar no páreo em 2018. Mas é preciso lembrar que ela varia entre os diferentes:

  • cursos;
  • universidades;
  • turnos;
  • campi;
  • modalidades de ingresso.

Quer ver alguns exemplos para ampla concorrência?

Nota de corte do Sisu – Direito

  • 720 na UFRN, noturno, campus de Natal;
  • 744 na UFMG, noturno, campus de Diamantina;
  • 751 na UFF, noturno, campus de Niterói.

Nota de corte do Sisu – Medicina

  • 781, na UFMA, integral, campus de Imperatriz;
  • 787 na UFSCar, integral, campus de São Carlos;
  • 792 na UFC, integral, campus de Sobral.

Nota de corte do Sisu – Arquitetura

  • 768 na UFSC, integral, campus de Florianópolis;
  • 822 na UFPA, vespertino, campus de Belém;
  • 695 no IFBA, matutino, campus de Barreiras.

Nota de corte do Sisu – Veterinária

  • 715 na UFRS, integral, campus de Porto Alegre;
  • 701 na UFAL, integral, campus de Viçosa;
  • 695 na UFMT, integral, campus de Cuiabá.

É preciso somar os fatores corretos para a aprovação.

Menores notas de corte do Sisu

Bom, se você ainda não definiu o que quer fazer e está procurando por cursos que sejam, digamos, menos difíceis de entrar, é bom conhecer também os cursos com as menores notas de corte.

A gente já falou sobre isso, mas não custa relembrar. Se você quer ter uma ideia da nota mínima para ingressar em um curso superior pelo Sisu ou se está pensando nas suas possibilidades, confira o ranking das menores notas de corte do Sisu 2017:

  1. 547,05 no curso de Licenciatura em Física, no IFPI, período noturno;
  2. 548,42 no curso de Licenciatura em Ciências Naturais e Matemática – Física, na UFMT, período noturno;
  3. 549,29 no curso de Licenciatura em Química, no IFPI, período noturno;
  4. 549,62 no curso de Ciências Biológicas, também no IFPI, período noturno;
  5. 549,86 no curso Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, na Unipampa, período noturno;
  6. 549,96 no curso de Letras, na Unicentro, período noturno;
  7. 550,56 no curso de Ciências Exatas, na Unipampa, período integral;
  8. 550,84 no curso de Licenciatura em Física, na UEPB, período integral;
  9. 552,06 no curso de Ciências da Natureza, na Unipampa, período noturno;
  10. 552,3 no curso de Letras – Português e Espanhol, na Unipampa, período noturno.

Maiores notas de corte do Sisu

Agora, para saber o que de mais difícil espera por você, vale a pena dar uma olhadinha nas maiores notas de corte do Sisu 2017. Sem sustos, ok? Vamos lá!

  1. 902,5 (uau!) no curso de Engenharia Civil, no IFCE, período matutino;
  2. 900,34 no curso de Medicina, na UFRN, período integral;
  3. 890,47 também no curso de Medicina, na Unipampa, período integral;
  4. 880,37 no curso de Medicina (ela é mesmo hors concours, viu?), na UFPA, período integral;
  5. 872,47 no curso de Engenharia Mecânica, no IFCE, período integral, no campus de Maracanaú;
  6. 856,55 no curso de Engenharia da Computação, no IFCE, período integral;
  7. 854,71 no curso de Engenharia Mecatrônica, no IFCE, período matutino;
  8. 850,89 no curso de Engenharia Naval, na UFPA, período matutino;
  9. 847,68 no curso de Direito, na UNIFESSPA, período integral;
  10. 846,03, no curso de Direito, na UFPA, período matutino.

Agora, você já sabe o que o espera! Seja qual for o curso, a palavra-chave é estudar! A nota de corte do Sisu é apenas um norte, afinal, você precisa mirar no seu melhor resultado.

Por isso, cadastre-se gratuitamente no Stoodi e conheça as principais ferramentas do site para ajudar nos seus estudos.