UFMG: o guia completo!

Tudo o que você precisa saber sobre o tema!

INTRODUÇÃO

Universidade Federal de Minas Gerais — ou simplesmente UFMG — tem um dos processos seletivos mais tradicionais de todo o país e é, sem dúvidas, uma das melhores universidades do Brasil.

Seu concurso vestibular era a principal forma ingressar na universidade, sendo aberto para todos os estudantes que concluíram o Ensino Médio ou graus equivalentes. Organizado pela Copeve (Comissão Permanente do Vestibular), acontecia uma vez por ano, entre os meses de novembro e janeiro.

Apesar de acontecer anualmente, as entradas nos cursos da UFMG se davam semestralmente, com as popularmente conhecidas primeira e segunda chamadas. Era um dos vestibulares mais concorridos do Brasil, e foi extinto em 2013, seguindo a tendência nacional de ser substituído pelo Exame Nacional do Ensino Médio  o Enem.

Se você está terminando o Ensino Médio e tem muita vontade de estudar na UFMG, esse guia completo é ideal para você. Nele, tiramos todas as dúvidas sobre essa tradicional instituição de ensino para que você possa arrebentar no vestibular!

Pronto para iniciar seus estudos e passar na UFMG? Então vamos lá!

 

Como funciona o vestibular da UFMG?

Como mencionamos, o vestibular tradicional da UFMG foi extinto no ano de 2013, aderindo então ao Enem. Desde então, a universidade oferece suas vagas via Sisu, o Sistema de Seleção Unificada. Nos dois primeiros anos em que o processo seletivo ocorreu dessa maneira, o ingresso na UFMG acontecia em dois momentos, no início de cada semestre.

Entretanto, assim como acontecia antigamente, a instituição decidiu ofertar, a partir de 2016, todas as suas vagas no Sisu da primeira metade do ano, preenchendo assim todas as vagas de entradas de primeira e segunda chamada.

Isso aconteceu para corrigir um problema que apareceu nos anos seguintes à aplicação do Enem. Muitos alunos optavam por cursos do primeiro semestre e, no semestre seguinte, mudavam de opção. Isso levava a centenas de vagas que não eram preenchidas, inviabilizando assim o acesso de muitas pessoas à universidade. Dessa maneira, toda a entrada na UFMG é feita via Enem e Sisu, com a inscrição na UFMG.

Além disso, alguns cursos utilizam o vestibular de habilidades como uma espécie de segunda etapa. São eles: Artes Visuais, Cinema de Animação e Artes Digitais, Dança, Design de Moda, Bacharelado e/ou Licenciatura em Música e Teatro.

Cursos de Formação Intercultural para Educadores Indígenas e de Licenciatura em Educação do Campo têm processos seletivos diferenciados.

O que levar e o que não levar no dia da prova?

Como o ingresso na UFMG é realizado via Enem, todas as suas regras são aquelas aplicadas por esse concurso. Por isso, existem itens indispensáveis para se levar no dia da prova e, claro, outros itens que são proibidos.

O primeiro deles é o documento com foto. Carteira de identidade, CNH dentro da validade, passaporte, certificado de dispensa do exército, certificado de reservista e carteira de trabalho são todos documentos válidos.

Já o título de eleitor e o CPF não serão aceitos justamente por não terem uma fotografia anexada. Carteirinhas de estudante e outros documentos de identificação, como de empresas, não são considerados válidos.

Outro item indispensável para a realização da prova é a caneta preta. Padrão do Enem, ela precisa ser preta e ter o corpo transparente. Quaisquer outras cores impossibilitam a leitura ótica dos cartões de resposta, por isso há essa restrição. Lápis, borracha, lapiseiras e outros itens do tipo não devem ser levados.

Além disso, é fundamental se preparar o máximo possível como para qualquer outro processo seletivo. Isso inclui roupas e calçados confortáveis, uma vez que você passará algumas horas sentado fazendo a prova. Lembrando que é expressamente proibido o uso de óculos escuros, chapéus, bonés, gorros e similares.

Sobre os alimentos, a melhor opção é escolher aqueles que possam te dar o máximo de energia. Por isso, barrinhas de cereal são sempre uma ótima escolha. Lembre-se também de levar uma garrafinha d’água, evitando assim idas desnecessárias ao bebedouro.

Resultado do vestibular da UFMG: onde encontrar?

O acompanhamento das notas do Enem é feito sempre pelo site do Sisu. O Sistema de Seleção Unificada apresenta todas as informações referentes à classificação para entrada na UFMG. Já o resultado das provas de habilidades dos vestibulares específicos pode ser encontrado diretamente no site da Copeve, instituição que continua ativa e administra tanto esses concursos, quanto os de pós-graduação da instituição.

 

Como fazer sua inscrição na UFMG?

Assim como a maioria das instituições de ensino do Brasil, a inscrição para concorrer a uma vaga dos vários cursos da UFMG ocorre por meio do Sistema de Seleção Unificada.

A inscrição no Sisu é simples, rápida e gratuita. A participação demanda a realização do último Enem, com uma nota acima de zero na redação e, é claro, não ter feito a prova como treineiro. Dessa forma, você se inscreverá no sistema após a realização da prova.

Sisu funciona de maneira muito simples. Com os dados do Enem, você realiza o login assim que a próxima edição abrir. O sistema apresenta todas as opções de cursos e universidades disponíveis, sendo que você deve escolher duas. Não se esqueça de incluir detalhes como ações afirmativas e cotas, caso se apliquem a você.

Lembre-se de que, se a UFMG for sua primeira opção, ela deve constar nesse campo do sistema como sua prioridade. Ao final do período de inscrições, o Sisu automaticamente seleciona os candidatos com as melhores pontuações.

 

Nota de corte UFMG

nota de corte da UFMG é calculada de maneira simples: nada mais é do que a nota do último classificado do vestibular anterior. Se você pretende cursar Medicina na UFMG, por exemplo, deve atingir uma pontuação mínima de 811 pontos no Enem, que foi a nota de corte do candidato classificado em último lugar no ano passado.

É claro que a nota de corte nada mais é do que uma referência para o concurso do ano seguinte. Conseguir uma nota maior do que a nota de corte não necessariamente significa que você conseguirá a vaga, mas é um bom indício.

Maiores notas de corte

Levando em consideração o vestibular mais recente, do ano de 2017, veja os dez cursos com maior nota de corte na UFMG!

  • Medicina, com 811 pontos
  • Engenharia Aeroespacial, com 784 pontos
  • Direito (diurno), com 778 pontos
  • Engenharia Química, com 778 pontos
  • Engenharia Mecânica, com 771 pontos
  • Ciências Econômicas, com 769 pontos
  • Direito (noturno), com 765 pontos
  • Arquitetura e Urbanismo, com 765 pontos
  • Engenharia Elétrica, com 763 pontos
  • Jornalismo, com 759

* O levantamento não leva em consideração cursos que demandam prova de aptidão e habilidades.

Menores notas de corte

Já os dez cursos da UFMG com menor nota de corte no último vestibular são:

  • Arquivologia, com 651 pontos
  • Biblioteconomia (diurno), com 651 pontos
  • Biblioteconomia (noturno), com 658 pontos
  • Zootecnia, com 662 pontos
  • Aquacultura, com 667 pontos
  • Museologia, com 668 pontos
  • Radiologia, com 673 pontos
  • Agronomia, com 673 pontos
  • Engenharia Agrícola, com 673 pontos
  • Engenharia Florestal, com 673

* O levantamento não leva em consideração cursos que demandam prova de aptidão e habilidades.

 

Provas UFMG

Como comentamos, o vestibular da UFMG mudou e, desde 2013, aplica o processo seletivo via Enem. Assim, a maioria dos cursos tem entrada por meio da concorrência via Sisu, sendo necessário apenas atingir a pontuação requerida para cada curso na prova do Enem.

Primeira Fase

primeira fase do concurso vestibular da UFMG é, então, a prova do Enem. Para a maioria dos cursos, essa é a única etapa do vestibular, já que não existem mais as provas específicas para cada curso. Se o curso de sua escolha não tiver prova de habilidades, a concorrência por uma vaga na UFMG se dá apenas pela sua nota do Enem.

Segunda fase

Alguns cursos demandam a realização de uma segunda fase, como mencionamos. São chamadas de Provas de Habilidades Específicas e ocorrem após a classificação dos candidatos via Enem. Na UFMG, essas provas acontecem no início do ano seguinte, como era antigamente no Concurso Vestibular organizado pela Copeve.

 

Como entrar na UFMG: o que estudar para o vestibular?

universidade UFMG guia completo

A preparação para a prova do Enem, que dá acesso às vagas na UFMG, é comum a várias outras universidades. Como falamos no tópico anterior, apenas cursos de habilidades específicas demandam um estudo aprofundado em outras disciplinas. Por isso, se você quer mandar muito bem no Enem e garantir a sua vaga na UFMG, o ideal é estudar de tudo, muito!

Disciplinas UFMG

A prova do Enem é dividida em quatro grandes áreas do conhecimento. São quatro provas de múltipla escolha, além da redação. Cada um desses “cadernos” tem 45 questões.

Veja quais são essas áreas do conhecimento!

  1. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  2. Ciências Humanas e suas Tecnologias
  3. Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  4. Matemática e suas Tecnologias

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

A primeira grande área do conhecimento engloba disciplinas como Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol, dependendo da sua escolha) e Artes .

Segundo algumas pesquisas, o estudo de textos argumentativos tem uma incidência de 20% nas provas do Enem, seguido de estudo do texto (18%), aspectos linguísticos da língua portuguesa (15%), estudo do texto literário (14%), estudo dos aspectos linguísticos em diferentes textos (11%), produção e percepção de textos artísticos (10%), estudo dos gêneros digitais (8%) e estudo das práticas corporais (5%).

Assim como vem acontecendo já há alguns anos, o Enem tem sido especialmente rigoroso com a cobrança de uma boa habilidade de interpretação de texto, inclusive para a correta compreensão dos enunciados das questões. Leia muito e sempre refaça as provas antigas do Enem. Além disso, outra dica é procurar se manter o máximo atualizado possível com as regras do Novo Acordo Ortográfico, para evitar possíveis “pegadinhas”.

Ciências Humanas e suas Tecnologias

Essa área do conhecimento abrange as disciplinas de HistóriaGeografiaFilosofia e Sociologia. Segundo pesquisa do Sistema Poliedro, a incidência nas provas do Enem é grande para os seguintes assuntos:

  • formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do estado (30% de incidência);
  • diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade (26%);
  • características e transformações das estruturas produtivas (21%);
  • os domínios e a relação do ser humano com o ambiente (16%);
  • representação espacial (6%).

Nas últimas provas do Enem temas como a diversidade cultural e conflitos foram muito exigidos, bem como representatividade e luta das minorias. Relações entre conflitos atuais e históricos também são temas de grande incidência.

Para assuntos voltados para a Geografia Física, é fundamental saber ler corretamente mapas, gráficos e tabelas. Mas isso apenas não é suficiente. A capacidade de relacionar essas representações com fenômenos da natureza é crucial para uma boa prova.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Para o Enem, as ciências da natureza compreendem as disciplinas de FísicaQuímica e Biologia. O Sistema Poliedro classifica assim os assuntos mais incidentes no concurso.

Biologia:

  • ecologia e ciências ambientais (13%);
  • moléculas, tecidos e células (8%);
  • identidade dos seres vivos (6%);
  • hereditariedade e diversidade da vida (4%);
  • qualidade de vida das populações humanas (3%);
  • origem e evolução da vida (1%).

A prova de Biologia costuma cobrar temas como ecossistemas, fluxos de energia, interações entre seres, recursos naturais e os biomas brasileiros. Ecologia e sustentabilidade são assuntos recorrentes nessa prova.

Física:

  • oscilações, ondas, óptica e radiação (8%);
  • fenômenos elétricos e magnéticos (7%);
  • calor e fenômenos térmicos (6%);
  • movimento, equilíbrio e descoberta das leis físicas (5%);
  • energia, trabalho e potência (4%);
  • mecânica e funcionamento do universo (2%);
  • conhecimentos básicos e fundamentais de Física (2%).

Como é possível observar pelo levantamento do estudo, óptica, ondas, elétrica e mecânica são temas muito recorrentes na prova de Física do Enem.

Química:

  • relações da Química com as tecnologias, a sociedade e o meio ambiente (4%);
  • compostos de carbono (4%);
  • transformações químicas e energia (4%);
  • materiais, propriedades e usos (4%);
  • representação das transformações químicas (4%);
  • transformação química e equilíbrio (3%);
  • água (3%);
  • energias químicas no cotidiano (2%);
  • transformações químicas (2%);
  • dinâmica das transformações químicas (1%).

A prova de Química do Enem foca bastante em isonomia, uma vez que a Química Orgânica ocupa, geralmente, a maior parte das questões ligadas à disciplina.

Matemática e suas Tecnologias

Finalmente, a prova de matemática, terror de muitos alunos, apresenta uma alta incidência dos seguintes temas, segundo o Sistema Poliedro:

  • conhecimentos numéricos (42%);
  • conhecimentos geométricos (26%);
  • estatística e probabilidade (15%);
  • álgebra (10%);
  • álgebra/geometria (6%).

Nessa prova é muito importante saber contextualizar e interpretar as questões. Probabilidade, geometria, progressão aritmética/geométrica, percentagem e leitura de gráficos são temas muito recorrentes no Enem. Outro assunto comum e clássico, se podemos dizer assim, é aquele relativo às questões de raciocínio lógico, presentes no Enem desde o seu início.

Prova de redação UFMG

Antigamente, o vestibular da UFMG cobrava em seu concurso questões relativas a livros de literatura, além de uma redação temática. Hoje em dia, com a utilização do Enem, essa redação se mantém, mas com um peso ainda maior.

A redação do Enem tem pontuação máxima de 1.000 pontos e tem grande destaque na prova. É tão importante que, caso seja zerada, o candidato é automaticamente eliminado.

Na prova do Enem a redação tem cunho temático, ou seja, variável a cada ano. Normalmente são temas de atualidades, sociedade e cotidiano, o que demanda do candidato um conhecimento muito grande sobre os acontecimentos do Brasil e do mundo.

Além de todos os requisitos de uma boa redação, como estrutura bem definida, análise e exemplos bem trabalhados e linguagem correta, é fundamental que seu texto atinja exatamente o que foi pedido no enunciado. Se isso não acontecer, não importa quão boa esteja sua redação, sua nota será zero.

UFMG: livros do vestibular

Desde que passou a adotar o Enem como forma de ingresso, a UFMG deixou de cobrar os livros. Antigamente, era muito comum que cerca de 4 a 6 livros fossem listados como leituras obrigatórias, mas isso não acontece mais.

 

Isenção UFMG: Como solicitar isenção da taxa de inscrição?

isenção da taxa do vestibular da UFMG é a mesma para qualquer universidade ligada ao Enem. Para o ano de 2018 (Enem 2019), essa taxa é de R$82, mesmo valor do concurso anterior.

Apesar da manutenção do valor da taxa, que já foi muito maior, ainda assim muitos candidatos não têm condições de pagá-la, o que leva o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) a garantir a isenção de pagamento da taxa para alunos de baixa renda e oriundos de escola pública.

Para o próximo ano, os pedidos de isenção foram aceitos no período de 2 a 15 de abril. Candidatos que não cumpriram este prazo terão que pagar a taxa normalmente.

Em 2018, os seguintes participantes puderam solicitar a isenção da taxa de inscrição:

  • estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas — ao informar a matrícula no último ano em qualquer escola pública, o sistema considera automaticamente a isenção; esses dados não podem ser mudados após o preenchimento da solicitação;
  • candidatos que se enquadrem na Lei Federal nº 12.799/2013, que categoriza estudantes de escolas públicas ou aqueles que têm bolsa integral em instituições particulares com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa, por mês;
  • inscritos no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), que compreende os candidatos com renda familiar de meio salário mínimo por pessoa (ou renda total de até 3 salários mínimos);
  • participantes do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) que conseguiram a certificação do Ensino Médio.

 

Cursos da UFMG

aluno ufmg guia completo

UFMG oferece mais de 70 cursos em seus vários campos. Veja!

  • Administração
  • Agronomia
  • Antropologia
  • Aquacultura
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Arquivologia
  • Artes Visuais
  • Biblioteconomia
  • Biomedicina
  • Ciência da Computação
  • Ciências Atuariais
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Contábeis
  • Ciências do Estado
  • Ciências Econômicas
  • Ciências Sociais
  • Ciências Socioambientais
  • Cinema de Animação e Artes Digitais
  • Comunicação Social
  • Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis
  • Controladoria e Finanças
  • Curso Superior de Tecnologia em Radiologia
  • Dança
  • Design
  • Design de Moda
  • Direito
  • Educação Física
  • Enfermagem
  • Engenharia Aeroespacial
  • Engenharia Agrícola e Ambiental
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Alimentos
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia de Minas
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia de Sistemas
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Florestal
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Metalúrgica
  • Engenharia Química
  • Estatística
  • Farmácia
  • Filosofia
  • Física
  • Fonoaudiologia
  • Formação Intercultural para Educadores Indígenas
  • Geografia
  • Geologia
  • Gestão de Serviços de Saúde
  • Gestão Pública
  • História
  • Jornalismo
  • Letras
  • Licenciatura em Educação do Campo
  • Matemática
  • Matemática Computacional
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Museologia
  • Música
  • Nutrição
  • Odontologia
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Publicidade e Propaganda
  • Química
  • Química Tecnológica
  • Relações Econômicas Internacionais
  • Relações Públicas
  • Sistemas de Informação
  • Teatro
  • Terapia Ocupacional
  • Turismo
  • Zootecnia.

 

Pós-graduação e outros cursos

O sistema de pós-graduação da UFMG é extenso e se aplica a muitos cursos. A universidade oferece modalidades de Especialização, Mestrado e Doutorado em praticamente todos os cursos de graduação listados acima. Os concursos são geridos e organizados pela Copeve, antiga comissão de organização do vestibular da UFMG e costumam acontecer no segundo semestre de cada ano.

A universidade ainda oferece vários cursos gratuitos, tanto à distância, quanto presenciais. Os interessados devem procurar as unidades administrativas da área de interesse.

 

Provas anteriores da UFMG para você estudar

As antigas provas da UFMG já foram referência para muitos estudos, sendo obrigação para quem pretendia garantir uma vaga na instituição. Hoje, com a mudança para o Enem, essas provas continuam sendo uma referência de questões bem elaboradas, mas é interessante para qualquer candidato conhecer melhor as últimas provas do Exame Nacional do Ensino Médio.

Aqui no Stoodi você tem acesso a todas as provas do Enem desde 2012 para estudar, além das questões comentadas.

 

Calendário UFMG

Como falamos ao longo de todo o guia, a UFMG agora obedece ao calendário do Enem. Veja as dataspara o ano de 2018!

1.    Publicação do Edital: 21 de março de 2018

2.    Solicitação de isenção para o Enem 2018: 2 a 15 de abril de 2018

3.    Justificativa de ausência no Enem 2017: 2 a 15 de abril de 2018

4.    Resultado da solicitação de isenção da taxa de inscrição: 23 de abril de 2018

5.    Período de recursos para quem não conseguiu a isenção: 23 a 29 de abril de 2018

6.    Inscrições para o Enem 2018: 7 a 18 de maio de 2018

7.    Prazo para pagamento da taxa de inscrição: 7 a 23 de maio de 2018

8.    Solicitação de uso do nome social: 28 de maio a 3 de junho de 2018

9.    Divulgação dos locais de prova: outubro de 2018

10. Data das provas: 4 e 11 de novembro de 2018

11. Divulgação do resultado do Enem 2018: janeiro de 2019

 

As datas das provas específicas de habilidades são divulgadas pelo site da Copeve. Se esse for o seu caso, fique atento!

Agora que você já sabe tudo sobre a UFMG, é a hora de iniciar seus estudos e colocar a mão na massa!

Cadastre-se gratuitamente no Stoodi e tenha acesso a videoaulas que vão te garantir uma vaga no Enem!