Tenha acesso completo aos conteúdos do Stoodi

Plano de estudos, exercícios, videoaulas, correção de redação e mais!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Arte Brasileira - Pós-1970 dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Arte com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    ENEM 2013

    A revolução estética brasiliense empurrou os designers de móveis dos anos 1950 e início dos 60 para o novo. Induzidos a abandonar o gosto rebuscado pelo colonial, a trocar Ouro Preto por Brasília, eles criaram um mobiliário contemporâneo que ainda hoje vemos nas lojas e nas salas de espera de consultórios e escritórios. Colada no uso de madeiras nobres, como o jacarandá e a peroba, e em materiais de revestimento como o couro e a palhinha, desenvolveu-se uma tendência feita de linhas retas e curvas suaves, nos moldes da capital no Cerrado. Disponível em: http://veja.abril.com.br. Acesso em: 29 jul. 2010 (adaptado). A reportagem e a fotografia apresentam os móveis elaborados pelo artista Sérgio Rodrigues, com um estilo que norteou o pensamento de uma geração, desafiando a arte a

  2. 2

    UNICAMP 2016

    A aquarela do artista João Teófilo, aqui reproduzida, dialoga com a pintura de Pedro Américo, “Tiradentes esquartejado” (1893). Sobre a obra de João Teófilo, publicada na capa de uma revista em 2015, é possível afirmar que:

  3. 3

    UEL 2015

    Leia o texto a seguir.   As neovanguardas artísticas na década de 1960 foram marcadas por uma efervescência cultural e uma posição crítica frente à hegemonia política, social e cultural. Os jovens questionaram os discursos totalitários e a repressão política e comportamental. No campo das artes plásticas, manifestou-se uma nova figuração, centrada na representação cotidiana do homem urbano, além da emergência de propostas conceituais e processuais através dos happenings, ambientes e performances. Adaptado de: RIBEIRO, M. A. Neovanguardas: Belo Horizonte anos 60. Belo Horizonte: Cia das Artes, 1997. p.35- 84. Com base no texto e nos conhecimentos sobre Arte na década de 1960, relacione os conceitos e as suas características correspondentes. I. Tropicalismo. II. Nova Objetividade Brasileira. III. Arte Ambiental. IV. Arte Guerrilha. V. Land Art. A. Suas propostas artísticas interferem no espaço circundante e instauram uma nova realidade em uma determinada situação espacial, envolvendo a atividade sensorial do público. São usados objetos e materiais que visam à exploração sensorial – tátil, auditiva, olfativa e visual – das pessoas, que se tornam coautoras da proposta do artista e participantes da exploração ambiental. B. Propõe uma nova maneira de focalizar a relação entre arte e política e pauta-se pela autonomia da linguagem artística. Tem origem em 1967, com os poemas musicais alegóricos de Gilberto Gil e Caetano Veloso, conjugados com os arranjos experimentais da música concreta e aleatória de Rogério Duprat e de Júlio Medaglia, usando a alegoria e a ironia como questionamento social. C. Inaugura-se uma nova forma de atuação por ações efêmeras de protesto político e comportamental, voltadas para experiências radicais com o corpo e as sensações, a inteligência e os conceitos. Destacam-se os trabalhos de Cildo Meirelles, Artur Barrio e Antônio Manoel. Refere- -se à libertação dos instintos vitais, em que a energia do corpo humano se revolta contra a repressão da sociedade. D. Denomina a geração de artistas brasileiros que atuou no eixo Rio-São Paulo no final dos anos 1960. Refere-se à exposição desses artistas realizada no MAM-RJ, em 1967, organizada por Hélio Oiticica e Rubens Guerchman. Enfatizava a vontade construtiva, a superação das categorias tradicionais, a tendência para o objeto e as manifestações coletivas abertas à participação do público. E. Veio reafirmar a ruptura com espaços consagrados, como as galerias e os museus, marcada pela volta do artista à natureza. Suas obras são realizadas nas montanhas, no mar, no deserto, no campo e nos parques da cidade. Retomava sua relação com o público por meio de fotografias, filmes e vídeos apresentados em galerias, museus e bienais. Destacam-se os trabalhos de Christo e Smithson. Assinale a alternativa que contém a associação correta.

  4. 4

    UEL 2008

    Leia os versos da canção chamada  "Tropicália", composta por Caetano Veloso, e observe as imagens a seguir: "No pulso esquerdo o bang-bang Em suas veias corre muito pouco sangue Mas seu coração Balança a um samba de tamborim Emite acordes dissonantes Pelos cinco mil alto-falantes Senhoras e senhores Ele põe os olhos grandes sobre mim" (a) GUERCHMAN, R. Capa do disco "Tropicália", ou "Panis anis et Circensis". 1968. (b) DIAS, A. Coração para amassar, 1966. (c) CLARK, L. Máscaras sensoriais. 1967. Com base nos versos, nas imagens e nos conhecimentos sobre o tema, é correto afirmar que o Movimento Tropicalista:

  5. 5

    UERJ 2011

    Tropicália Sobre a cabeça os aviões Sob os meus pés os caminhões Aponta contra os chapadões Meu nariz Eu organizo o movimento      Eu oriento o carnaval Eu inauguro o monumento no planalto central do país (...) O monumento não tem porta A entrada é uma rua antiga, estreita e torta E no joelho uma criança, sorridente, feia e morta Estende a mão (...) www.caetanoveloso.com.br O disco e a música Tropicália tornaram-se símbolos do “Tropicalismo”, movimento protagonizado por artistas e intelectuais, no Brasil, em finais da década de 1960. Esse movimento destacou-se, principalmente, pela seguinte proposta:

  6. 6

    ENEM 2013

    No final do século XIX, as Grandes Sociedades carnavalescas alcançaram ampla popularidade entre os foliões cariocas. Tais sociedades cultivavam um pretensioso objetivo em relação à comemoração carnavalesca em si mesma: com seus desfiles de carros enfeitados pelas principais ruas da cidade, pretendiam abolir o entrudo (brincadeira que consistia em jogar água nos foliões) e outras práticas difundidas entre a população desde os tempos coloniais, substituindo-os por formas de diversão que consideravam mais civilizadas, inspiradas nos carnavais de Veneza. Contudo, ninguém parecia disposto a abrir mão de suas diversões para assistir ao carnaval das sociedades. O entrudo, na visão dos seus animados praticantes, poderia coexistir perfeitamente com os desfiles. PEREIRA, C. S. Os senhores da alegria: a presença das mulheres nas Grandes Sociedades carnavalescas cariocas em fins do século XIX. In: CUNHA, M. C. P. Carnavais e outras frestas: ensaios de história social da cultura. Campinas: Unicamp; Cecult, 2002 (adaptado). Manifestações culturais como o carnaval também têm sua própria história, sendo constantemente reinventadas ao longo do tempo. A atuação das Grandes Sociedades, descrita no texto, mostra que o carnaval representava um momento em que as

  7. 7

    ENEM 2013

    No dia 1º de julho de 2012, a cidade do Rio de Janeiro tornou-se a primeira do mundo a receber título da Unesco de Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural. A candidatura, apresentada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), foi aprovada durante a 36ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial. O presidente do Iphan explicou que "a paisagem carioca é a imagem mais explícita do que podemos chamar de civilização brasileira, com sua originalidade, desafios, contradições e possibilidades". A partir de agora, os locais da cidade valorizados com o título da Unesco serão alvo de ações integradas visando a preservação da sua paisagem cultural. Disponível em: www.cultura.gov.br. Acesso em: 7 mar. 2013 (adaptado). O reconhecimento da paisagem em questão como patrimônio mundial deriva da

  8. 8

    UEL 2015

    Leia o texto a seguir. O Concretismo teve sua origem no Brasil a partir da I Bienal de São Paulo, em 1951, quando foram premiados artistas brasileiros e estrangeiros que desenvolviam pesquisas orientadas na direção da Arte Concreta. Max Bill recebeu o 1º prêmio de escultura com a famosa Unidade Tripartida, uma escultura em aço inoxidável estruturada no espaço através de uma forma orgânica e dinâmica. Lygia Clark e Hélio Oiticica assumiram radicalmente a ruptura com as linguagens tradicionais, integrando a participação do corpo na constituição da obra, desencadeando o movimento neoconcreto. Lygia Clark explorou a experiência tátil e Oiticica explorou formas e cores no espaço e criou os Ambientes e Parangolés. Adaptado de: RIBEIRO, M. A. Neovanguardas: Belo Horizonte anos 60. Belo Horizonte: Cia das Artes, 1997. p.58-61. Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, as obras de Max Bill, Lygia Clark e Hélio Oiticica.

  9. 9

    UNESP 2019

    Amilcar de Castro (1920-2002) foi um importante artista brasileiro que se destacou por suas esculturas em ferro. A fotografia mostra uma de suas esculturas, feita a partir de uma chapa originalmente plana e retangular, que se encontra na Praça da Sé, em São Paulo.   A escultura possui influências do movimento artístico 

  10. 10

    Stoodi 2020

    Hélio Oiticica (1937-1980) foi um artista fundamental na arte brasileira da segunda metade do século XX. Sua produção, que denominava de ‘work in progress’, foi gradualmente se inserindo no mundo fenomênico, não como representação, mas como presença material no mundo. Suas experimentações estavam na vanguarda da produção de arte mundial. Em um mapeamento de algumas de suas invenções, observamos as seguintes produções:     1 - “Objeto transformado pela necessidade de visão estética, em elemento plástico de certas obras.” H.O.   2 - “Obsessiva dissecção do espaço, espaço sem tempo: frestas no plano mudo mondrianestrutura (...).” H.O.  3 - “experiência da estrutura-cor no espaço, (...) obra total (...) aproximação com elementos da dança.” H.O. 4 - “Estruturas labirínticas no espaço, construídas de modo a serem penetradas pelo espectador (...).” H.O. Imagens disponíveis em http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa48/helio-oiticica Acesso em 25/10/2016  Identifique corretamente suas invenções 

  11. 11

    Stoodi 2020

    “Uma composição fotográfica representa o olhar do artista e a forma como ele captura o mundo ao seu redor. Em seus primórdios, a fotografia era usada para registrar a realidade de forma fiel. Hoje, os artistas usam-na para transmitir sensações ou mesmo confundir realidade e ficção, revelar novos olhares sobre momentos, pessoas e paisagens." (ROSA, Nereide Schilaro Santa; ROSA, Tatiane Schilaro Santa. Arte Contemporânea no Brasil: do final do século XX ao início do século XXI. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 2015. p. 42). Em referência à citação acima e no contexto da produção contemporânea brasileira, observe as fotografias a seguir e faça as correlações entre seus artistas e comentários críticos apresentados por Rosa (2015).  (1) Série Academia Santa Rosa, 1992.  (2) Puzzles (mulher e homem), 1991. (3) Imigrantes, 1999. (4) Guerreiro de Toototobi [Série Sonhos Yanomami], 1976   (   ) Rosângela Rennó: "... se apropria de imagens alheias para mostrar os costumes e histórias existentes por trás dos registros do tempo."  (   ) Vik Muniz: "Muitas de suas séries fotográficas podem ser vistas como críticas sociais à condição de trabalho e de vida das classes trabalhadoras e minorias."  (   ) Miguel Rio Branco: "... viajou por muitos lugares buscando imagens (...). Suas imagens geralmente têm cores quentes e intensas, com jogos de luz e contraste." (   ) Claudia Andujar: "Através das suas imagens, Claudia dá voz a um povo até hoje marginalizado, que vem tendo sua história e população dizimadas..." A sequência correta é 

  12. 12

    PUC-PR 2001

    A história da poesia brasileira no século XX pode ser dividida em cinco momentos:   I- A coexistência do Parnasianismo e do Simbolismo. II- O Modernismo, iniciado oficialmente com a Semana de Arte Moderna. III- A Geração de 45. IV- O Concretismo. V- A poesia contemporânea.   Numere as características abaixo de acordo com essa divisão e assinale a alternativa que contém a sequência encontrada:   (    ) Incorporação do espaço gráfico. (    ) Ruptura com o formalismo da estética anterior. (    ) O culto da forma, seja na técnica de composição, seja na expressividade sonora. (    ) Misticismo e retomada da tradição formal. (    ) Metapoética e experimentalismo.

  13. 13

    UFES 2000

    Texto I Destes penhascos fez a natureza O berço, em que nasci! oh queima cuidara, Que entre penhas tão duras se criara Uma alma terna, um peito sem dureza!   Amor , que vence os tigres, por empresa Tomou logo render-me; ele declara Contra o meu coração guerra tão rara, Que não me foi bastante a fortaleza.   Pois mais que eu mesmo conhecesse o dano, A que dava ocasião minha brandura, Nunca pude fugir ao cego engano:   Vós, que ostentais a condição mais dura, Temei, penhas, temei; que Amor tirano, Onde há mais resistência, mas se apura.             (Cláudio Manuel da Costa) Texto II ruaruaruasol ruaruasolrua ruasolruarua solruaruarua ruaruaruas             (Ronaldo Azeredo)   Considerando as obras supracitadas como ilustrativas da poesia árcade e da poesia concreta, assinale a opção cuja ordem preenche CORRETAMENTE  as afirmativas seguintes:   1 - "O __________ é, pois, consciência de integração: de ajustamento a uma ordem natural, social e literária, decorrendo disso a estética da imitação, por meio da qual o espírito reproduz as formas naturais, não apenas como elas aparecem à razão, mas como as conceberam e recriaram os bons autores da Antiguidade."   2 - "Os elementos de composição característicos da poesia _________ são a organização geométrica do espaço e o jogo de semelhanças de significantes."   3 - "Os ___________ se recusavam a uma exploração mais completa da psicologia humana, assim como se tinham negado a uma concepção mais imaginativa da linguagem."   4 - "Talvez se pudesse concluir que um poema __________ seja definido mais ou menos assim: um tipo de composição poética centrada na utilização de poucos elementos dispostos no papel de modo a valorizar a distribuição espacial, o tamanho e a forma dos caracteres tipográficos e as semelhanças fônicas entre as palavras."   5 - A poesia __________ significou o reconhecimento do poema como objeto também espacial, e da necessidade de procedimentos composicionais compatíveis com essa realidade."

  14. 14

    UNESPAR 2010

    Sobre a poesia concreta é correto afirmar que:

  15. 15

    PUC-CAMPINAS 2016

    A década de 1950 foi marcada pelo anseio de modernização do país, cujos reflexos se fazem sentir também no plano da cultura. É de se notar o amadurecimento da poesia de João Cabral, poeta que se rebelou contra o que considerava nosso sentimentalismo, nosso “tradicional lirismo lusitano”, bem como o surgimento de novas tendências experimentalistas, observáveis na linguagem renovadora de Ferreira Gullar e na radicalização dos poetas do Concretismo. As linhas geométricas da arquitetura de Brasília e o apego ao construtivismo que marca a criação poética parecem, de fato, tendências próximas e interligadas. (MOUTINHO, Felipe, inédito)   Constituem exemplo do construtivismo e do rigor da poesia de João Cabral os seguintes versos:

  16. 16

    PUC-CAMPINAS 2015

    O termo vanguarda designava originalmente a posição dos guerreiros que iam à frente, nas batalhas. Mais tarde, já no campo da arte, passou a identificar a posição de criadores que, preocupados com uma completa inovação estética, buscavam adiantar-se ao seu tempo e propunham, quando não impunham, novos paradigmas para a linguagem artística. No Brasil do século XX há que se destacar o papel de vanguarda cultural e artística do movimento modernista de 22, por sua vez inspirado por vanguardas europeias, e a radical atuação vanguardista dos poetas concretos, cujos manifestos datam da década de 50 − década em que a economia e a política nacional também buscaram modernizar-se. (Alcebíades Valongo, inédito)     A denominação vanguarda, tal como definida no texto, aplica-se a movimentos artísticos tão distintos quanto separados no tempo histórico. É o que se pode comprovar examinando as obras representativas

  17. 17

    UFU 2007

    Leia o poema seguinte e assinale a alternativa correta.   "Filhos               A meu filho Marcos   Daqui escutei quando eles chegaram rindo e correndo entraram na sala e logo invadiram também o escritório (onde eu trabalhava) num alvoroço e rindo e correndo se foram com sua alegria   se foram   Só então me perguntei por que não lhes dera maior atenção se há tantos e tantos anos não os via crianças já que agora estão os três com mais de trinta anos."             Ferreira Gullar. "Melhores poemas".

  18. 18

    UEL 2003

    No início do século XX muitos artistas percebiam a necessidade de uma modernização estética no país. Sobre o assunto, leia o texto a seguir. “Tal necessidade (...) seria manifestada por duas correntes distintas, mas com pontos em comum. A primeira delas era liderada por segmentos que viam na estética naturalista e na temática local uma forma de se desvencilhar dos valores acadêmicos propugnados – e raramente alcançados – pela Academia Imperial. A segunda, dentro dessa mesma necessidade, agruparia os artistas e intelectuais ligados ao Modernismo que, não acreditando mais na possibilidade de construção de uma arte nacional baseada apenas na estética naturalista, propunham na prática que a essa base já existente fossem incluídos certos postulados retirados das vanguardas históricas européias e do retorno à ordem.” CHIARELLI, Tadeu. Arte Internacional Brasileira. São Paulo: Lemos, 1999. p.18.   Assinale a alternativa que menciona somente movimentos artísticos das vanguardas históricas européias que influenciaram as obras dos modernistas brasileiros.

  19. 19

    UNESPAR 2010

    A Bienal de São Paulo é uma mostra de arte, criada em 1951, que se transformou em um evento reconhecido internacionalmente. A exposição é organizada por um conselho e dirigida por diferentes curadores a cada edição. A I Bienal reuniu e premiou “artistas concretos suíços que tiveram grande influência no Concretismo brasileiro”, conforme afirmação de Santos (2002, p. 249). Quais são as referências e artistas do movimento Concreto e do Concretismo brasileiro? Identifique e correlacione referências, artistas e cada movimento.   Referências   1) O termo arte concreta foi redefinido, em 1936, por Max Bill, como uma expressão artística construída objetivamente a partir de informações matemáticas e geométricas. 2) O Concretismo foi formado por artistas integrantes de dois grupos, localizados nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Diferenciados quanto ao entendimento da arte concreta, cada grupo desenvolveu uma produção. 3) O Grupo do Rio de Janeiro ampliou o entendimento da linguagem geométrica do concretismo. 4) O Grupo de São Paulo pregava maior rigor quanto ao entendimento das propostas do concretismo.   Artistas   I) Ivan Serpa, Lygia Clark e Helio Oiticica pertenciam ao Grupo do Rio de Janeiro. II) Max Bill, artista suíço, foi premiado na I Bienal de São Paulo com a obra Unidade Tripartida. III) Os artistas Waldemar Cordeiro, Geraldo de Barros e Lothar Charoux eram partidários e seguiam os princípios matemáticos da arte concreta. IV) O concretismo brasileiro foi um movimento artístico integrado por Ivan Serpa, Lygia Clark, Helio Oiticica, Waldemar Cordeiro, Geraldo de Barros e Lothar Charoux, entre outros participantes.   Movimento   i) Movimento Concreto. ii) Movimento Concretismo, Grupo de São Paulo. iii) Movimento Concretismo, Grupo do Rio de Janeiro. iv) Concretismo brasileiro.     A alternativa que apresenta a sequência correta é:  

  20. 20

    UFU 2007

    Leia o poema e, em seguida, marque a alternativa correta.   o cão vê a flor a flor é vermelha   anda para a flor a flor é vermelha   passa pela flor a flor é vermelha             Ferreira Gullar. "Melhores poemas".

  21. 21

    PUC-CAMPINAS 2016

    A década de 1950 foi marcada pelo anseio de modernização do país, cujos reflexos se fazem sentir também no plano da cultura. É de se notar o amadurecimento da poesia de João Cabral, poeta que se rebelou contra o que considerava nosso sentimentalismo, nosso “tradicional lirismo lusitano”, bem como o surgimento de novas tendências experimentalistas, observáveis na linguagem renovadora de Ferreira Gullar e na radicalização dos poetas do Concretismo. As linhas geométricas da arquitetura de Brasília e o apego ao construtivismo que marca a criação poética parecem, de fato, tendências próximas e interligadas. (MOUTINHO, Felipe, inédito)   O anseio pela renovação da linguagem poética ao longo da década de 50, presente tanto na poesia de Ferreira Gullar como na dos poetas concretos, manifestou-se sobretudo como um empenho em

  22. 22

    UFRGS 1996

    Considere as afirmações a seguir.   I - Na obra de Cecília Meireles os momentos de intenso intimismo, apresentados em linguagem elevada e abstrata e com imagens recorrentes (mar, areia, lua, etc.), são sobrepujados pela denúncia do cotidiano conturbado e ameaçador da grande cidade, vazada em vocabulário cotidiano e sintaxe fragmentária.   II - Ferreira Gullar publica, em 1976, POEMA SUJO, poema longo que procura incorporar o cotidiano e suas impurezas no quadro maior das recordações e da experiência do poeta, com referências à infância em São Luís, à experiência no Rio de Janeiro e ao exílio provocado pelo autoritarismo brasileiro nos anos 60 e 70.   II - O Concretismo propõe-se a valorizar o espaço visual na página, a explorar a palavra solta, fora da organização frasal, e a retomar o lirismo confessional e o subjetivismo romântico ao voltar-se para temas como a saudade e a mulher amada e inatingível.   Quais estão corretas?

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos